História New Feelings - Ziam Mayne - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Liam Payne, Zayn Malik
Personagens Liam Payne, Zayn Malik
Visualizações 56
Palavras 790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Chapter IV


Fico um tempo ainda caído no chão,o cheiro de sangue toma conta do lugar e eu me levanto logo pra limpar aquela sujeira


Assim que termino eu entro no banheiro e pego um analgésico que eu tomo junto com a água da torneira mesmo,lavo meu rosto e encaro meu reflexo no espelho vendo meu rosto inchado,meu nariz provavelmente quebrado e roxo


Volto para o quarto e começo a arrumar as minhas malas,escuto a maçaneta fazer barulho e eu só fecho os olhos esperando levar outra surra,mas nada vem,só que mesmo assim o medo ainda toma conta de mim


-Comprei passagem só de ida pra Londres. Espero nunca mais te ver e que assim que conseguir dinheiro vá pra bem longe daqui e seja muito infeliz todos os dias da sua vida inútil- ele joga a passagem no chão 


-Até nunca mais aberração- ele fecha a porta é fechada com força o que me faz ficar assustado


Me viro e pego a passagem do chão -É,agora eu to sozinho nesse mundo- suspiro e termino de arrumar as malas,guardo embaixo da cama e entro no banheiro


Fico olhando meu reflexo no espelho e toco nas marcas recém feitas,mas que pelo força o tom eram de como marcas feitas à tempos,suspiro mais uma vez naquele dia e retiro a última peça de roupa antes de entrar debaixo da água morna


*******


Não sei quanto tempo permaneci ali,pensando,mas sei que foi um tempo relativamente longo,pois a voz da minha mãe e minhas irmãs já podiam ser ouvidas,ignoro o nó na garganta e me seco logo me vestindo e indo em direção à sala


-Oi meu amor!- minha mãe me comprimenta e assim que ela me olha seus olhos quase saltam pra fora pela surpresa


-Filho,o que foi isso???- ela vem até mim e toca meu nariz se desculpando assim que solto um gemido de dor


-Foi só uma briga com um garoto idiota da escola,nada demais mãe- nega e logo sua expressão muda pra uma de raiva


-Como assim nada demais Liam??? Seu nariz tá quebrado e sangrando- nessa hora meu pai aparece na sala e eu gelo completamente 


-Geoff,olha o que fizeram com o Liam. Aqueles garotos são uns babacas por fazerem isso com ele!


-Isso que dá não saber se defender,deve bater igual uma mulherzinha- me olha feio ,como se fosse me ameaçar caso eu contasse algo pra minha mãe


tento não parecer assustado mas sei que falhei assim que ele sorri satisfeito e vai até a cozinha


-Não liga para o seu pai,uh? Eu sei que você consegue se defender deles- sorrio fraco quando ela acaricia meu rosto


-Eu estava pensando em sairmos hoje,o que você acha?- meu pai faz a proposta após voltar da cozinha com um copo de água na mão e eu peço mentalmente para que minha mãe recuse


-Claro,seria ótimo. Assim podíamos comemorar que a Nicola foi aceita na faculdade que ela queria- sorrio por imaginar a felicidade dela,entrar nessa faculdade é o maior sonho dela


-Você vem com a gente filho?- olho pelo canto de olho para o meu pai que me olhava fixamente


-An... Não, eu to com muita dor- meu pai sorri satisfeito discretamente e minha mãe faz um bico triste


-Então eu fico...


-Não precisa mãe, é uma comemoração em família, vai lá eu fico aqui. Juro que vou ficar bem- falo interrompendo ela


-Tem certeza?- assinto e tento sorrir normalmente


-Então tudo bem,qualquer coisa liga pra mim okay?- concordo e me sinto mal por mentir pra ela


-Vou me arrumar- ela sobe animada e eu sorrio a primeira vez naquele dia,animado por ela estar animada e pela Nicola ter entrado na faculadade que tanto queria e se esforçou pra entrar


-Você se lembra do nosso acordo né? Assim que sumirmos da sua vista você some daqui- meu pai fala sério e eu assinto tentando não parecer assustado


Subo para o meu quarto e fico pensando em como minha vida será daqui pra frente enquanto espero minha mãe aparecer aqui no meu quatro pra se despedir


*******


Minha mãe entra e beija minha testa,ela estava linda. Sorrio observando ela


-Você tá linda mãe- acaricio o cabelo dela


-Obrigada bebê,eu amo você- beija minha testa e abraço ela,tenho que me segurar pra não chorar


-Eu também amo você mãe, espero que você nunca se decepcione comigo- ela se afasta um pouco pra poder me olhar


-Jamais,você é o meu maior orgulho bebê- volta a me abraçar e ela acena assim que meu pai a chama


Fico esperando escutar o barulho do carro bem longe e pego minhas malas,minha passagem e suspiro olhando tudo pela última vez


Pego um táxi e o pago com o dinheiro das minhas economias,tinha que economizar esse dinheiro agora


Chego no aeroporto e espero mais ou menos meia hora pra embracar,pego minhas malas e embraco no avião


-Espero ser bem vindo em Londres- suspiro e fico pensando novamente na minha vida enquanto o avião decola





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...