História New Life - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Nash Grier, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Nash Grier, Taylor Caniff
Tags Grier, Magcon, Nash, Nashgrier
Visualizações 79
Palavras 1.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey my babys ❤

Boa Leitura <3

Capítulo 11 - Chapter Eleven


Fanfic / Fanfiction New Life - Capítulo 11 - Chapter Eleven

Acordei com Amora me lambendo, sorri para a pequena e comecei a fazer carinho na própria.   Olhei em meu celular e já marcavam 6:38 AM. Como Amora tirou meu sono resolvi me levantar, fui até o banheiro e tomei um banho gelado. Que calor dos infernos! Me sequei e fui para o closet, peguei um shorts jeans curtinho e uma blusa preta que tampava ele totalmente, os vesti e calcei meu queridíssimo Vans preto. Eu tenho vários pares de sapatos mas eu uso sempre os mesmos, vai entender. Arrumei meu material na mochila e brinquei um pouco com Amora; logo meu celular despertou indicando o horário para eu me levantar. Desliguei o alarme, penteei meus cabelos e passei rímel nos olhos. Ao descer as escadas encontrei Taylor e aquela menina saindo do quarto, safados. 

Fiz uma torrada para eu comer e passei Nutella, tomei meu suco de laranja e arrumei as coisas em seus devidos lugares.

-Bom dia Taytay e moça bonita. - Taylor apareceu na cozinha junto à morena.

-Um ótimo dia. - Sorriu para a morena e ela devolveu o sorriso. Aí que fofinho, parece que meu maninho está apaixonado.

-Já vou indo, beijo. - Dei um beijo na bochecha de cada.

-Não quer carona? - Taylor falou.

-Não, valeu.

-Aliás, meu nome é Alicia! - A morena falou.

-Melanie! - Tive que falar um pouco alto pois ja estava quase saindo de casa.

Conectei meus fones de ouvido no celular e fui escutando minhas músicas até chegar na escola.

Ao chegar lá avistei Nash com Stassy se beijando no estacionamento, eca. Já ia entrando na escola quando vi Connor escorado no meu armário, eu paralisei na hora. O que esse desgraçado está fazendo aqui?

-Oi mel! - Nash apareceu ao meu lado e me deu um beijo na bochecha. Não me movi, apenas fiquei encarando Connor que estava com um sorriso de canto no rosto. Cretino.

Senti que Nash seguiu com o olhar o lugar para onde eu estava olhando, ele logo caminhou até Connor o quê me fez entrar pra realidade.

-Espera Nash! - Corri em sua direção.

-Que porra tu tá fazendo aqui Connor? - Falou  exaltado.

-Estou apenas cuidando do que é meu. - Quem ele pensa que é pra me chamar de sua?

-Que eu saiba não sou de ninguém! Você deveria estar na cadeia!

-Oh meu amor, lamento em lhe informar mas meus pais subornaram os policiais. - Piscou de um olho só.

Que raiva!

-Connor, vaza daqui. - Nash falou um pouco alto, atraindo olhares para nós.

-Vai se foder seu resto de aborto. - Cameron chegou perto de nós e eu segurei a risada.

-Tu é doente cara. - Taylor chegou ao nosso lado com Alicia, eles estavam de mãos dadas. Fofos!

-Depois eu te encontro, meu anjo. - Connor deu um selinho em mim e saiu dali, esfreguei as costas da minha mão na minha boca repetidas vezes pra ver se eu conseguia tirar qualquer vestigio dele. Eca.

-Se encostar algum dedo nela, tu morre! - Nash gritou, pois Connor já estava longe e ele apenas sorriu.

-Sério, alguém devia internar ele em um manicômio. - Falei frustrada.

-Deviam é matar logo uma praga dessas. - Matthew falou e só agora pude perceber sua presença. Fui até la e o abracei com força.

-Matthew, eu estou com medo. - Sussurrei em seu ouvido.

-Ei relaxa, Connor não vai encostar um dedo se quer em você. - Ele falou e começou a fazer cafuné em mim.

-Quero vocês amanhã de tarde la em casa! - Cameron falou animado. - Festa na piscina!

Bastou isso para todos ficarem alegres e falantes, mas eu continuava com medo e quieta. "Depois te encontro", o quê isso quer dizer? Eu não faço a mínima ideia e não quero nem descobrir, isso está me assombrando.

-Relaxa Mel. - Nash me abraçou de lado. -Eu vou ficar grudado em você o dia inteiro.

-Não tem como relaxar Nash. Isso é apavorante, ainda mais pra quem é ansiosa. Eu morro de ansiedade, você não tem noção.

-Calma. Eu vou te proteger, vou grudar meus olhos em você 24 horas, vai ficar tudo bem.

-Obrigada Nash! - Dei um abraço apertado no mesmo.

Bateu o sinal. O resto das aulas foi normal, comecei a ter intimidade com Sammy e na hora do recreio senti o olhar ameaçador de Connor sobre mim. Confesso que eu estou morrendo de medo. Nash ficou grudado em mim a aula inteira.

-Vem, eu vou te levar pra minha casa. - Nash falou caminhando ao meu lado.

-Okay, só vou avisar o Taylor.

Avistei Taylor com Alicia e o avisei de que iria ir na casa de Nash brincar com Sky: 

-Juízo hein mocinha. - Falou brincando.

-Juízo vocês! Não quero ser tia tão cedo ein - Ri e Alicia virou um pimentão. - Brincadeira, eu amo crianças.

Sai rindo de lá. O caminho inteiro pra casa de Nash fomos conversando e rindo. Cada vez me surpreendia mais com a pessoa incrível que era.

Ao entrar na casa de Nash, Sky logo correu pra me abraçar; peguei ela no meu colo e comecei a girar ela no ar.

-Hey my little princes, como você está? - Falei colocando ela no chão.

-Eu estou bem! Ontem eu fiquei triste por você não ter vindo aqui me ver.

-Eu acabei esquecendo, fui cortar meu cabelo. - Falei passando a mão no mesmo.

-Uau, está linda!

-Obrigada meu amor. - Sorri para a pequena.

-Quando eu crescer eu quero ser linda igual você. - Falou com os olhos brilhando.

-Você já é linda, Sky. - Sorri para a pequena.

-Crianças, o almoço está pronto! - Uma mulher apareceu na sala. - Ah olá, sou a mãe dessas crianças.

-Prazer, Melanie. - Sorri para ela e dei um beijo em sua bochecha.

Nash murmurou apenas "Não sou mais criança" e Elizabeth apenas riu. Sky correu para a cozinha e sobrou apenas Nash e eu na sala.

-Você realmente está muito linda, Melanie. - Nash falou chegando perto de mim, sua respiração ja batia em minha cara.

-Obrigada. - Minhas pernas já haviam ficado bambas com tamanha proximidade.

-Você me prende a ti, mesmo sem querer. - Ele sussurrava. 

-Co-como assim? - Gaguejei, droga.

-A cada dia que passa eu só quero me manter mais perto de você, droga Melanie.

Sem nem esperar, ele grudou seus lábios aos meus. No começo era pra ser só um selinho, mas ele logo pediu passagem com a língua e eu logo cedi; o beijo era calmo e nossas línguas dançavam em perfeita sincronia. Uau Nash Grier. Seu beijo era bom e tinha gosto de "quero mais".

Me separei dele rapidamente quando escutei alguém coçando a garganta.

-Vamos almoçar. - Hayes falou nos encarando.

-Oi Hayes. - Falei tímida e fui dar um beijo em sua bochecha.

Na hora do almoço eu fiquei quieta o tempo inteiro, só falava quando me perguntavam algo.

-Vamos brincar! - Sky falou animada e já saindo da sala de jantar.

Coloquei meu prato e copo na pia e acompanhei ela até a sala.

-Vamos assistir um filme da Barbie e depois vamos brincar la no meu quarto!

-Okay. - Falei colocando o filme e me deitando ao seu lado no sofá.

Sky ria de algumas cenas do filme e eu apenas acompanhava sua risada de tão contagiante que era.

-Mel, vai lá no meu quarto e pega uma Barbie pra mim? -Falou manhosa.

-Claro princesa. -Sorri para a fofura ao meu lado.

Subi as escadas e logo dei de cara com um corredor, como não sabia qual era seu quarto abri porta por porta até encontrar seu quarto. Porém, no meio de abre portas encontrei uma cena indesejável.

Stassy estava apenas de lingerie deitada na cama que deduzi ser de Nash. Ele vem com um papinho estranho comigo e depois já está pegando Stassy? Isso é sério? Eu não devia me importar com isso, mas porra, ele está mexendo com meus sentimentos. Fechei a porta com força nem ligando para as piadinhas de Stassy e fui em busca ao quarto de Sky, sem querer deixei uma lágrima escapar mas logo a limpei. O quarto dela era todo rosa com vários desenhos de cavalos feitos por ela, peguei na estante duas Barbies e fui descer as escadas. Encontrei Nash no meio da escada, ja que ele estava subindo.

-Você não presta. - Falei.

-O quê? Por que?

-É Nash, não se faz de tanso. Vai rápido que a Stassy vai se cansar de esperar la em cima. - Bufei.

-Stassy? -Perguntou confuso.

-Só vai, Nash. - Falei já descendo as escadas. Idiota.

Fingi um sorriso e voltei para brincar com Skylynn.


Notas Finais


Comentem/Favoritem <333
*Criem um shipp pra Melanie e Nash, podia ser Mesh (estranho KDJDKDJDK mas ok)
Beijossss ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...