História New Life - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Nash Grier, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Nash Grier, Taylor Caniff
Tags Grier, Magcon, Nash, Nashgrier
Visualizações 141
Palavras 1.326
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amo essa foto, é tãaao fofa <3
Uma boa leitura pra vocês ❤

Capítulo 9 - Chapter Nine


Fanfic / Fanfiction New Life - Capítulo 9 - Chapter Nine

-Melanie! -Ouvi Nash gritar porém continuei andando. -Hey, não me ouviu?

Levei um susto com Nash parando ao meu lado e ele riu da minha cara de espanto.

-Ouvi sim, mas você tem que ir lá beijar as meninas.

-Dar uma pausa pra respirar é bom.

-Já deve ter pegado todo tipo de baba, ne? -Ri.

-Principalmente das meninas do 7° ano, tem umas que pelo amor, da vontade de ensinar como é que se beija.

-Sétimo ano Nash? - O olhei espantada, qual é, Nash está a 5 anos na frente.

-É, fazer o quê.

-Vai lá que elas tão ficando bravas já. - Apontei com a minha cabeça.

-Tá bom, se cuida. - Beijou minha testa e sorri com o ato inesperado.

-Cuidado pra não pegar sapinho! - Gritei já de longe e ele apenas riu.

Coloquei meus fones de ouvido e fui escutando minhas músicas favoritas até chegar em casa. Chegando na mesma logo fui para meu quarto, estava sem fome alguma. Troquei de roupa, coloquei um shorts jeans curtinho e uma blusa comprida preta.

Resolvi tirar a tarde para repor minhas séries favoritas e talvez começar uma nova. Minha vida aqui em Los Angeles finalmente estava começando a dar certo.

NASH POVS

Já havia uma hora que estava aqui no estacionamento da escola beijando as meninas, por quê eu fui inventar de fazer isso?  Tinha umas que beijavam bem, mas tinha umas que só Jesus na causa. Eu preferiria muito mais ter passado essa uma hora com a Melanie do quê com essas gurias, na real, eu poderia ficar 24 horas com a Melanie que não me cansaria nunca. Que isso Nash? Até parece, eu falando essas coisas? Porra.

-Nash que coisa é essa? - Stassy apareceu com uma cara de cu.

-Ué, ta tão difícil de decifrar?

-Vai se ferrar, Grier. Você é meu. Você nao pode ficar por ai vendendo votos por beijos! 

-Epa, eu não sou de ninguém. - Mas queria muito. Cala a boca subconsciente.

-É meu sim, Nash, você sabe disso. - Chata da porra.

-Sim, sim; nos teus sonhos.

-Ai Nash! Passa depois na minha casa, bebê. - Piscou de um olho.

-Na real, já tenho planos para tarde.

Eu não fazia a mínima ideia do que eu iria fazer a tarde, mas eu queria muito passar ela com certa pessoa chamada Melanie.

-Ah, ta bom. - Me deu um selinho. - Se prepara que amanhã vou fazer uma surpresa para você, meu amor.

Amor? Ela ta ficando é louca.

-Ok. - Disse e sai de lá.

Ainda bem que eu ja havia beijado todas as gurias da fila, não aguentava mais. Ao chegar em casa lavarei minha boca até com detergente se for preciso. Entrei em meu carro e dei partida.

Ao chegar em casa, almocei a deliciosa macarronada de minha mãe e subi para meu quarto. Escovei meus dentes e tomei um banho quente. Fui até o armário, peguei uma calça jeans preta e uma blusa azul, calcei meu Vans e borrifei um pouco de perfume em mim. Peguei as chaves do meu carro e desci as escadas, encontrei Sky assistindo um desenho.

-Nashy!

-Oi meu anjo, quer algo?

-Eu quero que você peça para a tia Mel vir aqui brincar comigo! Ela falou que quando eu quisesse brincar com ela era só eu pedir pra você chamar ela.

-Melanie?

-Sim! - Disse animada.

-Da onde conhece ela? - Estranhei.

-Quando eu fui no parquinho com Hayes, quando eu fuji, lembra? Então, ela cuidou de mim e ficou brincando comigo, até que o Hayes chegou e...

-Já entendi. Vou pedir para ela vir amanhã aqui, Ok?

-Okay!! - Respondeu animada. Crianças.

-Tchau Sky, qualquer coisa vai falar com o Hayes.

-Ta bom.

Sai de casa e entrei no carro, eu não tinha lugar exato para ir e eu não fazia a mínima ideia de onde iria.

MELANIE POVS

Estava quase terminando a 4°temporada de Friends, quando alguém bate na porta. Me levantei e fui atender.

-Connor? - Fiquei surpresa.

-Oi Melanie, seu irmão está?

-Nem voltou pra casa ainda. Por quê?

-Nada, era contigo mesmo que eu queria falar.

Eu era ingênua de mais para perceber a maliciosidade em sua voz. Aconteceu tudo muito rápido, em um simples gesto ele adentrou em casa e logo fechou a porta atrás de si. A cada passo que eu dava para trás ele dava dois para frente. Senti minhas costas enconstando em algo reto, a parede. Não tinha mais fuga, pedi varias e varias vezes para ele parar com o que estava tentando fazer, porém ele apenas me prendeu mais contra a parede. Ele beijava meu pescoço e tentou me beijar, porém eu não cedi, mas ele mordeu meu lábio e eu fiquei intacta. Ele tinha gosto de álcool, muito álcool. Ele apalpava todas as partes do meu corpo. Tentou tirar minha blusa, e eu tentei negar isso, eu não tinha falas, a única coisa que eu sabia fazer era falar "Para, para, para" e chorar. Chorar muito. Ele conseguiu rasgar minha blusa, a blusa que minha mãe havia me dado; eu só chorei mais, se isso ainda era possível. Eu não sabia o quê estava acontecendo, eu não sabia o que ele estava fazendo e muito menos o que eu estava fazendo.

Ouvi a porta bater e logo o monstro, chamado Connor, me soltou no mesmo instante e eu caí de bunda ao chão; só agora pude perceber o quão minhas pernas estavam tremendo, eu não soube nem ficar em pé. Eu não sabia quem havia entrado, não sabia se essa pessoa me ajudaria ou apenas me prejudicaria mais; eu espero muito que seja Taylor. Eu estou com medo, assustada de mais para pensar em algo além de estupro. Estupro, estupro, estupro. O menino que havia sido legal comigo no outro dia tentou me estuprar. Ouvi gritos, um berrando contra o outro. Eu apenas chorava mais e mais abraçada ao meu corpo. Eu vi a imagem de alguém sendo derrubada ao chão, socos e mais socos eram dados. E logo alguém saiu mancando de casa, batendo a porta com força o quê me assustou.

-Você está bem?

Alguém chegou perto de mim e falou algo, porém eu apenas ouvi "Você" e "bem". Meu choro havia ficado mais fraco do que antes, agora pude perceber que eu soluçava, conseguia nem respirar direito. Encarei a pessoa a minha frente, tentei descobrir quem era, mas da última coisa que me lembro era de seus olhos azuis.

-Nash? - Falei fraca de mais, saiu como um sussurro.

Não pude ouvir sua resposta, simplesmente apaguei.

***

Abri meus olhos com calma, piscando várias vezes para ver se aquilo tinha sido real ou apenas mais um pesadelo. Tentei me sentar na cama, minha bunda estava doendo.

-Você está bem? - Nash apareceu no quarto e logo correndo para meu lado. Ele continha um corte ao lado da boca e um leve roxo em sua bochecha. Isso não foi um pesadelo.

-E-eu to.

-Certeza? Não parece.

-Óbvio que não estou bem, um cara acabou de tentar me estuprar, é óbvio que eu não estou nada bem Nash. Ele apareceu no nada, entrou na minha casa e tentou me...

-Ei, relaxa. Tá tudo bem agora. - Falou me fazendo cafuné.

-Está tudo bem porquê você me salvou. Obrigada Nash, você não sabe o quão grata eu estou por isso. Se você não tivesse aparecido, sabe se lá o quê teria acontecido comigo.

-Era o máximo que eu podia fazer por você.

-Eu não sei como posso te retribuir nisso Nash.

-Aceite isso como meu pedido de desculpas por ter falado aquelas coisas pra você e que possamos ser amigos.

-Tudo bem. - Como ele estava parado em pé ao meu lado,me encaixei nele e dei um abraço apertado. - Obrigada.

-Melanie?

-Oi?

-Sky pediu pra você ir la em casa amanhã, tudo bem pra você?

-Ah sim, distrair um pouco minha cabeça.

-Ok.

Meu psicológico estava uma merda.


Notas Finais


Eai, tem alguma opinião sobre a fanfic? Estão gostando??
Beijooos my babys ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...