História New life in Seoul (Seventeen) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyerin, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", SinB, Soonyoung "Hoshi", Umji, Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Visualizações 24
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Cap. 6


Já se passavam da meia noite quando eles terminaram de escrever a letra e gravaram a coreografia. Eu e os três mais novos fomos dormir e os outros ficaram terminando uns arranjos para tudo ficar perfeito.

***na manhã seguinte***

Acordei com meu celular vibrando. SinB tinha me mandado uma mensagem.

***mensagem on***

SinB: https://www.youtube.com/watch?v=vKMeRMAVaDw

Eu: o q eh isso

SinB: MEU DEBUT

SinB: EU TÔ TÃO FELIZ

Eu: Imagino

Eu: vou ouvir e te falo o que achei no colégio

SinB: Okkk

***mensagem off***

Assim, eu estava muito ansiosa para ver esse debut, mas faltavam ainda 20 minutos para meu despertador tocar, então voltei a dormir. Acordei pela segunda vez naquela manhã, dessa vez ao som de Sleep Talking do Nu’est.

Me levantei e fui fazer minhas higienes. Coloquei o uniforme e desci as escadas, indo para a cozinha. Enquanto eu e os meninos tomávamos café, assistíamos o vídeo do gfriend, que estava muito fofo. MUITO mesmo.

Após o vídeo acabar, ficamos conversando até a hora de ir para o colégio, já que tínhamos nos arrumado rápido demais. Quando faltavam por volta de 15 minutos para o início da aula, saímos de casa.

No caminho, como os meninos tinham saído andando na frente, peguei meu celular, coloquei os fones e fui andando o caminho todo ao som de EXO.

Cheguei no colégio e fui na direção das meninas (Hyuna e Minah).

- Como os meninos estão? – Minah perguntos assim que me sentei ao lado delas

- Bem ué. A empresa liberou eles mais cedo ontem, esqueceu? – falei, como se fosse obvio, já que eu tinha falado isso pra elas ontem

- Mas não é disso que estamos falando – Hyuna entrou na conversa

- Como os meninos estão sobre o cancelamento do debut? – Minah perguntou

- Ah isso! Pera, como vocês sabem que o debut foi adiado? – fiquei curiosa

- Estava no site da pledis hoje de manhã – Hyuna explicou. Se elas já viram, provavelmente o resto do colégio também.

O sinal bateu, estão decidimos continuar conversando na sala. Entrando no cômodo, vi SinB com Umji, então fui até elas para parabenizá-las pelo debut. Falei para elas sobre como eu tinha adorado e que o vídeo tinha ficado maravilhoso. Elas estavam muito felizes, já que muita gente tinha gostado do vídeo.

Voltei para onde Hyu e Min estavam. Ficamos conversando até o professor entrar em sala. A aula era de matemática e o professor passou uma lista de exercícios para entregarmos segunda. Como não deixaram que fizéssemos em sala, o jeito vai ser passar a tarde inteira resolvendo equações, sistemas e sei lá mais o que que tinha naquelas 20 páginas. E não, eu não estou exagerando. Ele realmente passou 20 páginas de exercício sem nenhum texto ou espaço em branco, só números mesmo.

Depois de longos 50 minutos, a aula de matemática acabou e a de coreano começou. Estou começando a me arrepender de ter aceitado vir para a Coréia. Essa língua é muito difícil de escrever com aqueles desenhos. Não entendo absolutamente nada.

Logo depois veio a aula de geografia, e o professor falou sobre a América Latina. Adivinha qual foi o primeiro país de ele falou? Se a sua resposta foi Brasil, acertou!

Ele falou da política e da economia do país, dando ênfase na crise e na corrupção. A aula acabou e fomos para o pátio. Peguei meu lanche na cantina e me sentei na mesa com as meninas.

- Já pensaram em roupas para elefantes? – Hyuna perguntou a coisa mais aleatória que veio em sua cabeça para acabar com o silêncio que havia se formado entre nós

- Claro! Claro! – respondi rindo

- É sério gente. Imagina o tamanho desse troço – ela disse pensativa – E os elefantes poderiam se vestir de girafa ou avestruz se existisse

- Só você para ter essas ideias estranhas – Min Ah comentou com a menina

- Cuidado que a minha loucura é transmissível – Hyuna comentou com a amiga, como se quisesse a assustar

- Se fosse eu já seria retardada a anos – Min Ah argumentou

- Você ACHA que não é, mas as vezes é pior que eu – Hyu tentou jogar a culpa na outra

- Não sou nada – Min se “defendeu”

- É sim – Hyu e eu falamos ao mesmo tempo, o que nos fez rir

- Ninguém te supera garota – as duas começaram uma pequena discussão por causa disso

Nesse momento, já não prestava mais atenção no que as meninas diziam e me focava em um par de olhos que me encaravam de longe. Jooheon.

Não sei qual tá sendo a cisma desse moleque com a minha pessoa. A única coisa que eu fiz foi sentar na “mesa dele” e não querer mais sair. Talvez ele tenha ficado irritadinho ou sei lá. Tanto faz. Não ligo mesmo. Vou voltar a conversar com as meninas que eu ganho mais.

De roupas para elefante, o assunto virou coalas bebendo tequila no México, o que gerou muitas risadas nossas pelas merdas que a Hyuna dizia (e depois não quer que a gente chame de louca).

O sino bateu e nós três voltamos para a sala. A aula de física foi uma bosta assim como todas as outras do dia, mas isso a gente releva, né? Pelo menos ela acabou rápido e logo começou a aula de biologia.

Ficamos desenhando águas vivas e esponjas durante a aula inteira e, como não deu tempo de terminar em sala, o professor pediu para a gente classificar aqueles animais em casa, colocando respiração, alimentação, meios de proteção contra predadores e umas outras coisas lá que eu não me lembro (Já deu pra perceber que eu sou bem esquecida, né?)

O sino tocou indicando o final das aulas. Arrumei a mochila e saí de sala, já colocando meus fones no ouvido e colocando BTS no volume máximo para tocar.

Passei pelo portão e fui caminhando lentamente de volta para casa. Passei em frente a uma padaria e resolvi parar para comprar alguma torta ou bolo lá, que aí não teria que me preocupar com comida para os meninos hoje.

Decidi pegar um bolo de chocolate com recheio de trufa que era muito bonito e cheio de granulado. Paguei no caixa e saí da loja, voltando para a rua principal do bairro.

Estava distraída com “Boy In Luv” tocando na minha cabeça. Só voltei a prestar atenção no que acontecia ao meu redor quando meu braço foi puxado com força, me fazendo voltar para trás.

- Que que você está fazendo? – perguntei, gritando por causa do volume da música, a Jooheon, que ainda segurava meu braço.

- Salvando a sua vida ué – ele respondeu, me soltando e vendo a marca vermelha que tinha ficado. Um carro passa por nós em alta velocidade, me fazendo entender essa história de salvar vidas.

- Obrigada – digo após tirar meus fones, abaixando minha cabeça em um rápido agradecimento.

- Tá, tá. A gente precisa conversar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...