1. Spirit Fanfics >
  2. New life in Seoul (Vernon - Seventeen) >
  3. Capítulo 8

História New life in Seoul (Vernon - Seventeen) - Capítulo 8


Escrita por: yoongidallas e ThamysLoveTae

Capítulo 8 - Capítulo 8


Assim que a última aula do dia acabou, comecei a arrumar meu material em câmera lenta. 

- Lavínia, você vai comigo e com a Minah lá pra casa? - Hyu perguntou 

- Vou sim, mas eu tenho que passar na biblioteca antes de sair. Me espera lá no portão, ok? - respondi e ela confirmou, saindo da sala com Jooheon. Seungkwan também saiu. Deve estar ansioso pra aproveitar sua folga não fazendo nada. Fui até a biblioteca do colégio, devolvi o livro que peguei emprestado e fui para a saída, encontrando Minah me esperando  

- Cadê a Hyuna? - Perguntei, já que não a vi por ali. 

- Acabei de ver ela passando com o Jooheon. Ela já deve tá vindo – Mal Minah terminou de falar, e vejo Hyuna vindo em nossa direção.  

- Tudo bem? - Pergunto assim que ela se aproxima, já que estava estampado em seu rosto que tinha algo errado 

- Que? - ela olha para mim – Ah... Não é nada não, está tudo bem - pelo visto, ela não quer falar sobre o assunto. 

Nós três fomos andando em direção à casa dela. Pelo caminho, surgiram alguns assuntos aleatórios, mas não era de se esperar menos de nós três, já que sempre surgia um assunto mais estranho que o outro quando estava só nós três.   

- Então vocês acham que os gatos não sentem o sabor doce? Sinto pena deles – Minah falava, quando já estávamos na rua da casa da Hyuna 

- Imagina que triste sem chocolate, sem sorvete... Não iria aguentar essa vida sem doce. - Hyuna reclamou -Eu sei que sou bonita, mas não poderia ser uma gata não.    

- Bem convencida ela, não? - falo com minha amiga ao meu lado, enquanto a outra abria a porta 

- O que vamos ficar fazendo o dia inteiro? - Minah nos perguntou assim que entramos na casa 

- Qualquer coisa pra mim tá bom - e foi exatamente isso que fizemos pelas três horas seguintes: qualquer coisa. Ou melhor dizendo, nada, já que passamos a tarde inteira sentadas no sofá conversando e vendo tv. 

De repente, Hyuna se levanta do sofá  

- Meninas eu vou no banheiro, já volto  

Assim que a Hyuna já tinha saido da sala, Minah desliga a TV e se vira para mim 

- Você não acha que ela tá meio estranha? 

- Notei isso já faz um tempinho. Na aula ela tava normal. Deve ter acontecido alguma coisa entre a hora que ela saiu e a hora que encontrou com a gente no portão 

- Mas então seria na hora que ela conversou com o Jooheon, não? Será que ele fez alguma coisa pra ela ficar desse jeito?  

- Eu não sei, mas acho melhor a gente perguntar pra ela do que ficar tentando imaginar o que aconteceu.  

Poucos minutos depois Hyu voltou do banheiro 

- Ei, por que vocês desligaram a TV? 

- É que a gente precisa conversar, Hyuna - Disse 

- Conversar? Sobre o que?  

- Sobre você estar estranha desde que saímos do colégio - Falei, e ela pareceu entender do que se tratava, mas mesmo assim se fez de desentendida 

- É impressão de vocês. Eu estou normal! 

- Amiga, a gente viu você saindo com o Jooheon, e quando voltou estava completamente diferente de quando saiu – Minah falou, e acho que dessa vez a Hyuna acabou entendendo que não desistiríamos até ela dizer o que aconteceu. Ela suspirou, como se criando coragem para contar, e falou. 

- Tá bem... é que... o Jooheon, ele... ele se declarou pra mim  

- O QUE?? – Falamos eu e a Minah extremamente surpresas. Ok, talvez eu não estivesse tão surpresa por que eu já tinha percebido o jeito que ele ficava quando olhava e falava com ela, mas mesmo assim... 

- Pois é... E agora eu tô sem saber o que fazer. Eu não acho que eu gosto dele dessa forma, e não sei como vou encarar ele depois disso... Ele é meu amigo! E se isso acabar estragando a nossa amizade? - Por algum motivo, essa conversa acabou me lembrando do Vernon e do medo que eu fiquei de falar com ele depois do beijo. Por isso, tenho certeza que eu não sou a melhor pessoa para dar conselhos, mas não custa tentar, não é?  

- Eu acho que você devia conversar com ele. Deixar claro como você se sente em relação a isso, sabe? Eu conheço o Jooheon, e sei que ele, mesmo que fique chateado, vai entender.  

- A Lavínia tá certa, amiga. Tenta falar com ele o mais rápido possível 

- Tá bem, eu vou falar com ele e ele vai entender. Ele tem que entender... 

 

 

 

Já era por volta das oito da noite. Amanhã não vai ter aula, e por isso eu estava vendo um filme na netflix quando escuto uma notificação no meu celular. Pego-o na mesinha de centro e desbloqueio o mesmo  

*** mensagem on *** 

Vernon: Oi, o que você tá fazendo?  

Eu: Vendo um filme. E você? 

Vernon: Pensando em você, e no que poderíamos estar fazendo... 

(AI MEU CORAÇÃO) 

Eu: Você é muito fofo, sabia?  

Vernon: Isso é só com você ;) 

Vernon: Os meninos estão todos mortos de cansaço aqui 

Eu: Imagino. Vocês devem estar trabalhando muito para o comeback, não é? 

Vernon: Sim sim, já gravamos todas as músicas do repackage, e agora falta só aprendermos a coreografia  

Vernon: Mas eu tô entediado agora. Você não quer fazer alguma coisa? Sair, sei lá...  

Eu: Agora??? 

Vernon: Sim 

Eu: Tá meio tarde, não?  

Vernon: Assim é melhor, porque não vai ter chance de encontrar ninguém conhecido na rua 

Eu: Vernon 

Eu: Tá frio! 

Eu: E eu tô quentinha debaixo da coberta  

Eu: Você vai realmente me fazer sair de casa?  

Vernon: Tudo bem 

Vernon: A gente fica aí então, e você pode ficar quentinha comigo  

Vernon: Já tô saindo aqui 

Eu: Okk 

*** mensagem off *** 

 

Por impulso vou me olhar no espelho, e dou uma arrumada no meu cabelo, que estava mais parecido com um ninho de pássaros. Alguns minutos mais tarde escuto a campainha tocar. 

- Oi – ele fala assim que eu abro a porta  

- Oi – digo dando espaço pra ele entrar. Assim que eu fecho a porta percebo que o garoto já não está mais ao meu lado, e sim jogado no meu sofá 

- E os seus pais? – perguntou quando eu tirei a perna dele do lugar para eu poder sentar 

- Viajando como sempre. Vão voltar só semana que vem 

- Hum, e você vai ficar sozinha a semana inteira? – perguntou se virando e deitando a cabeça no meu colo 

- Provavelmente. Pra que esse interrogatório todo? 

- Curiosidade.  

- Sei – Peguei o controle da TV e a liguei – Quer escolher?  

- Tanto faz pra mim 

- Beleza – entrei na netflix e coloquei onde eu tinha parado em Brooklyn Nine-Nine. Fiquei mexendo no cabelo do garoto até que percebi que ele tinha dormido. Pelo visto, ele estava cansado mesmo. Nem sei por que o doido veio pra cá então. Devia ter ficado descansando. Agora ele vai ter que ir embora a pé, e no frio.  

Quase meia hora depois alguém toca a campainha, tirando a minha atenção da TV. Tento levantar sem acordar Vernon, o que acaba não dando muito certo, e vou até a porta. Ao abri-la, acabo me surpreendendo ao dar de cara com o Jeonghan e S.Coups 

- Er... Oi gente... O que vocês dois estão fazendo aqui a essa hora?  

- O Woozi largou uma pasta dele aqui, e como tava ocupado, pediu pra gente buscar... - Coups respondeu, e os dois entraram na casa. POR QUE EU FUI DEIXAR OS DOIS ENTRAREM? Assim que eles passaram pela porta, deram de cara com o Vernon, que já estava de pé, olhando para os dois confuso, e tendo o olhar retribuído pelos amigos. 

- Eu... Vou buscar a pasta. Já volto – Resolvo deixar eles conversarem sem estar por perto. Se eu ficar aqui e o Vernon inventar alguma história, a chance de nos confundirmos em nossas versões do porque ele estar aqui é enorme. Enquanto subia, ainda deu para ouvir uma parte da conversa 

- Você não disse que ia para a casa de um amigo do colégio? - O líder do grupo perguntou 

- Tecnicamente, ela é minha amiga e estuda no mesmo colégio que eu 

- Você me entendeu, Hansol. Por que não disse que ia vir pra cá? - Ele não parecia irritado, e sem confuso, o que foi um alívio. Porém, ao entrar no quarto do Jihoon, não consegui ouvi mais nada do que eles falavam. Não demorei muito tempo para encontrar a tal pasta, e quando desci, encontrei os três em silêncio 

- Aqui, acho que foi essa que ele trouxe na última vez – Entreguei a pasta para o Jeonghan 

- Tudo bem... - Ele disse, mas parecia que não era isso o que ele queria dizer, e não demorei muito para descobrir o que era - Tá, eu ainda tô um pouco confuso. Desde quando vocês estão juntos? E por que vocês não contaram para ninguém? Somos amigos! - Olho para Vernon na hora 

- Você contou para eles?  

- Eles iam descobrir de qualquer jeito! - Reviro os olhos, e me viro para responder à pergunta 

- Não faz muito tempo. E a gente não contou por simplesmente não ter achado o momento certo para isso 

- E o Woozi sabe? - Jeonghan provavelmente já sabia a resposta, mas perguntou mesmo assim 

- Ainda não - Falei de cabeça baixa, e os dois assentiram  

- A gente não vai falar nada, mas tentem ser pelo menos discretos daqui pra frente, tá. Do mesmo jeito que a gente descobriu, os outros também podem... - Coups disse saindo, e Han deu só um tchauzinho sorrindo pra mim. Já Vernon deu um beijo demorado em minha testa.  

- Amanhã a gente conversa 

- Tudo bem  

Assim que eles foram embora entrei em casa e fui ver alguma coisa na TV para tentar me distrair e não pensar no que acabou de acontecer. E se o Woozi tivesse aparecido, e não os meninos? Será que ele surtaria? Não, isso não é algo que ele faria. O Jihoon não é do tipo de pessoa que expressa muito seus sentimentos... Mas eu espero, do fundo do meu coração, que ele aceite o nosso relacionamento quando eu souber definir exatamente o que temos e resolver contar para todo mundo. 

Acabou que eu perdi o sono completamente por causa disso, e quando eu percebi já estava amanhecendo e eu ainda estava na sala "assistindo" TV. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...