História New Life New Lucy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Aquarius, Aries, Brandish μ, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erza Scarlet, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Irene Belserion, Jellal Fernandes, Jura Neekis, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Lector, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Metalicana, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Ophiuchus, Pantherlily, Personagens Originais, Pisces, Rogue Cheney, Scorpio, Skiadrum, Sting Eucliffe, Taurus, Ultear Milkovich, Virgo, Weisslogia, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Visualizações 107
Palavras 1.249
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Magia, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Era o dia que a Lucy iria começar a treinar, estava nervosa e ansiosa, rapidamente fez as suas higienes e colocou uma roupa para facilitar os seus movimentos. Desceu correndo e encontrou quase todos na sala esperando o café.

— Bom dia! – Fala ela animada.

— Bom dia! – Acnologia, Igneel e Mavis respondem também animados.

— Pronta para começar o treinamento? – Pergunta o dragão do apocalipse.

— Sim! Qual magia vamos começar?

— Vamos começar com a magia celestial e combate corpo-a-corpo. – Responde Mavis. – Decidimos começar assim porquê tem uma magia chamada Star Dress. Ela permite que você use uma parte dos poderes dos espíritos e que você lute corpo-a-corpo, e quando você tiver uma boa forma física vai ser um pouco mais fácil controlar a magia Dragon Slayer.

— Ok. Cadê o Zeref?

— Preparando o café. – Responde Igneel impaciente.

— Alguém me ajuda a levar café pra mesa? – Grita Zeref na cozinha.

"Falando do demônio." Esse foi o pensamento de todos da sala.

— Eu vou! – Anuncia Mavis que vai correndo pra cozinha.

Mavis e Zeref trouxeram vários pratos com ovos, bacon, queijo, presunto, cestas com pães feitos em casa, duas jarras de suco de maçã e laranja e bolo de cenoura com cobertura de chocolate.

Lucy e os dragões atacaram a comida com voracidade. A maga celestial estranha de como está comendo, deve ser ela ficou muito tempo sem comer ou é porquê a comida estava deliciosa. Quando terminaram limparam e arrumaram as coisas e foram pra fora.

— Bom Lucy antes de começarmos poderia nos contar como você invocou o Rei dos Espíritos? – Pergunta Mavis.

Todos se sentaram no chão e a loira de cabelos curtos conta tudo o que aconteceu na batalha em que ela quebrou a chave de Aquarius.

— Bom... – A Primeira Mestra foi a primeira falar depois de alguns segundos após a narração. – ao que me aprece você já tem uma certa experiência com o Star Dress. Você tem mais alguma chave que pertencia a sua mãe?

— Sim.

— Ótimo! Quais são as douradas?

— Taurus e Câncer.

— Vamos começar com o Taurus. – Ela deu as instruções de como conseguir fazer Star Dress.

Horas se passaram e ela ainda não conseguiu fazer a magia. Acnologia e Igneel decidiram começar logo o treinamento de corpo-a-corpo. A loira sentiu falta do chicote que a Virgo lhe deu, perguntou onde estava e responderam que tinham destruído. Ela ficou abalada por seu presente, que foi dado com tanto carinho, foi destruído e nesse momento a Virgo aparece falando que não tinha problema e que iria melhorar o chicote.

Ao fim do treino a loira estava deitada na grama com os olhos fechados, gostava de ficar assim. Era tranqüilo e prazeroso, ficou assim por um momento até que escuta passos vindo na sua direção.

— Para seu primeiro dia de treino até que você foi bem. – Ela abre os olhos e vê o dragão do apocalipse sorrindo. Ele deita ao seu lado e ela percebe que os raios solares ao por do sol o deixavam ainda mais bonito.

— Nee Acno. Você acha que vou terminar o treinamento até no final do ano?

— Não, vai demorar uns longos anos para você completar o treinamento. Mas isso você não tem com que se preocupar, o tempo aqui passa mais rápido do que na sua dimensão. Por exemplo: você tá aqui já uns 3 dias então lá talvez esteja anoitecendo.

— Entendi. – Ela olha pro céu onde as primeiras estrelas começaram a aparecer, sorriu e se perguntou o que estava por vir nessa nova aventura.

                                 ******* 15 anos depois ********

Já se passaram 15 anos em que a Lucy começou a treinar. Durante 10 anos ela aprendeu várias magias celestiais fortes, ela conseguiu fazer com que os dragões que foram mortos por Acnologia tivessem sua própria chave e fez contrato com vários deles. Os outros que não queriam fazer contrato ficaram vagando por aquela dimensão. Nos últimos 5 anos ela estava treinando a sua magia Dragon Slayer, que por sinal estava bem forte mas não o suficiente.

Nesses anos que se passaram a aparência de Lucy mudou. Estava com o corpo mais desenvolvido, com seios mais fardos, os cabelos mais loiros batendo na cintura e graças a magia Dragon Slayer os seus cinco sentidos ficaram mais apurados. O novo chicote que Virgo lhe deu podia controlar os quarto elementos mais lava, fazer terremotos, tsunamis, raios, trovões, tornados e ciclones. Sabia manejar uma espada tão bem quanto Erza. Apesar de ter passado 15 anos ela não envelheceu nada, por conta de um dos efeitos que aquela dimensão possuía mas isso não impediu com que o corpo ficasse mais desenvolvido e quanto ao cabelo ela pediu para Câncer deixasse mais comprido.

Nesse momento ela estava em Fiore comprando comida junto com Grandine, Igneel e Metalicana. Grandine é parecida com a Polyushka mas só que mais jovem e estava usando uma saia branca com uma blusa vermelha e uma sapatilha também vermelha. Metalicana tinha cabelos negros lisos, olhos prateados, cheio de piercings no rosto e usava roupa de roqueiro. Igneel estava usando uma camisa preta em chamas, uma calça jeans escura e um all star preto.

Eles estavam no caixa pagando e arrumando as compras, depois de pagar e arrumar tudo foram em direção à floresta quando ouviram um choro que é seguido de um uivo. Mandaram às compras para a cabana (segurança da comida em primeiro lugar) e foram correndo para onde ouviram o choro.

Lá eles encontram um lobo branco que nem a neve com olhos fechados deitado na base de uma árvore e um filhote também branco como a neve estava lambendo a cabeça da maior. Ele percebeu a presença deles virou a cabeça revelando os olhos tão azuis quanto o céu.

— Por favor! – Ele fala e todos se assustam. – Eu imploro ajudem a minha mãe! – Eles percebem que o lobinho estava chorando.

A loira foi a primeira a correr para ajudar, sendo seguida por Grandine, os homens não moveram um músculo por ainda estar surpresos com o fato do lobo ter falado. A dragonesa do céu ensinou algumas magias de cura pra a loira e então estava a ajudando a curar a mãe loba.

Os seus tremem e ela os abre, revelando um par de olhos dourados.

— Will... – Fala com dificuldade. – por... favor... cuide... dele. – Pede a loba olhando nos olhos castanhos de Lucy. – Ele é... tudo o que tenho.

— Eu prometo que vou cuidar dele. – Fala ela com uma voz rouca por conta do bolo que estava na sua garganta.

A loira e a dragonesa pararam de usar magia de cura porque a loba branca tinha a mesma doença que Layla Heartfilia. Finalmente a mãe de Will fecha os olhos para nunca mais abri-los de novo. Will desabou em lágrimas e foi acolhido nos braços da maga celestial que também chorava. Ela ficou consolando ele até o mesmo pegar no sono.

Após de notar que o lobinho adormeceu a loira falou que iria levar para a cabana, Grandine avisou que iria acompanhá-la. Igneel falou que ele e Metalicana iriam procurar um bom lugar para enterrar a loba mãe. Depois que meia hora procurando, eles acharam um campo de sakuras e foi lá onde a enterram.

Quando elas chegaram na cabana todos ficaram curiosos quando viram o lobinho e Lucy deixou que a dragonesa do céu explicasse o que aconteceu. Foi direto para o quarto, onde colocou ele na cama, tomou um banho demorado, colocou uma camisola, deitou na cama fazendo com que o filhote se aconchegasse nos braços dela e dormiu imediatamente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! ;D
Até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...