1. Spirit Fanfics >
  2. New Love >
  3. Capítulo 13

História New Love - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Declaro que os personagens pertencem ao mangaká Masashi Kishimoto , porém, a estória é de minha autoria.
Peço-lhes paciência, pois é a minha primeira experiência como escritora.
TODOS OS PERSONAGENS SÃO MAIORES DE 18 ANOS.

Boa leitura ♥

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction New Love - Capítulo 13 - Capítulo 13

Kakashi.

Após se despedir da rosada e do loiro, Kakashi rumava em direção ao prédio administrativo da vila, onde a gondaime o esperava. Perdido em meio a um turbilhão de pensamentos, o prateado  punia-se  internamente por ter abaixado a guarda, a ponto de Naruto tê-lo flagrado em uma situação tão intima com Sakura, por sorte, fora o loiro quem os pegou, aceitando de bom grado o relacionamento dos seus ex companheiros de equipe, depois de uma longa conversa, além disso, todo cuidado é pouco mesmo que os boatos que circulavam nas ruas de Konohagakure terem diminuindo consideravelmente, ainda não era o momento de assumir a relação com sua ex pupila, coisa que ambos concordavam. Suspirou o experiente jounin.

Chegando ao escritório da quinta, o prateado já imaginava qual assunto seria tratado naquela noite. A sua futura nomeação como sexto hokage. Com desanimo, Kakashi batera na porta da sala da Gondaime, anunciando sua presença.

_Entre Kakashi.

_Boa noite, Tsunade. Respondeu o prateado, já sentando na cadeira indicada pela loira a sua frente.

_Kakashi, em breve nos reuniremos com conselho para tratar os assuntos burocráticos da sua posse como futuro rokudaime. Amanhã traga seus documentos para Shizune copia-los para adiantarmos o processo.  Com o olhar ainda mais sério e com os braços cruzados a quinta prosseguiu.  _ A vila conta com você, não nos decepcione.

            Ao ouvir aquelas últimas palavras, a tensão em seus ombros aumentara, uma grande responsabilidade estava sendo jogada sobre ele, apesar de honrado, Kakashi nunca ambicionou aquele cargo, amanhã o mesmo traria toda a documentação necessária que a loira havia listado. A conversa entre ambos demorara algumas horas e com o semblante estoico de sempre, o prateado ouvia cada palavra sem o mínimo interesse sobre os assuntos que seriam abordados naquela reunião.

            _Então Kakashi, por hoje é só, você está dispensado.

Dando graças a Kami , Kakashi levantou-se rumo a porta. Tudo o que ele mais desejava naquele instante era um banho quente, afim de relaxar depois daquele cansativo dia.

            Quando chegou em sua residência, o prateado realizara aquilo que mais ansiava naquele momento, com a água quente caindo sobre seus ombros, ele pensava em como sair daquela situação da melhor maneira possível, era nítido que se caso fosse necessário protegeria Konoha com sua vida. O prateado sempre fora um ninja da linha de frente, não se imaginava sentado atrás de uma mesa com pilhas e mais pilhas de documentos para serem lidos e problemas resolvidos, já que era uma das mais importantes funções de um hokage, além da proteção da vila e todos nela.

            Saindo de seus devaneios, caminhou em direção cozinha, preparou um lanche rápido para dormir logo em seguida.

            Acordei com a campainha do meu apartamento sendo tocada. Quem poderia ser tão cedo? Abrindo a porta, dou de cara com Ino e Naruto, este como sempre esboçando um gigantesco sorriso. Os dois já foram entrando antes mesmo que eu pudesse falar algo.

_Oyaho , Kakashi sensei. Disse o loiro animado.

_Oyaho Naruto, Ino. Respondeu o prateado com a voz arrastada pelo sono.

_Kakashi-san, em quatro dias será o aniversário da testuda. Com um sorriso malicioso, Ino prosseguiu. _ E como vocês estão...mais íntimos ultimamente. vim com o tapado do Naruto para você nos ajudar a organizar uma festa surpresa, com tudo que a testa tem direito.

            Visivelmente surpreso com a insinuação da jovem, antes que pudesse dizer algo, Ino deu continuidade.

            _Pensei em fazermos a festa na minha casa, a área é enorme.  Já pensei em tudo, a organização fica por minha conta. Vocês dois irão ficar responsáveis em distrair a testuda. Naruto, enquanto eu estiver no hospital, vou te passar a lista do que deve ser comprado, pedirei a Hinata-chan para ir com você. Kakashi, no dia da festa, vocês dois irão pegar a testuda na porta do hospital. Nesse dia nada de treino, ninguém irá querer parabenizar uma aniversariante suada e fedida.

            A loira tagarelava incansavelmente, enquanto Naruto e eu nos entreolhávamos, ouvindo as inúmeras instruções da garota a nossa frente. Ino já havia planejado  tudo, os comes e bebes, decoração, convidados e por fim, a música. Sakura faria vinte anos em alguns dias, seria a oportunidade perfeita para lhe entregar aquele presente, a rosada ficaria uma delicia usando. Pensou com malícia.

Flash back on :

            Caminhando em direção ao campo de treinamento, com o seu velho companheiro de leitura em mãos, era possível notar toda a movimentação que ocorria a minha volta. De repente, ouvi um grupo de jovens conversando entre si, fofocando algo sobre um aluno estar envolvido com professor. Maldição! Repreendeu-se internamente. Mal tinha iniciado seu relacionamento com Sakura e já surgiam boatos pela vila, agora mais do que nunca deveríamos redobrar os cuidados de nossos encontros.

            Procurando afastar esses pensamentos para o fundo da mente, só agora percebi que estava parado em frente á uma loja de roupas intimas. Que mal teria em entrar naquele local? Nenhum. Refleti .

            Entrando no estabelecimento, uma jovem loira, alta, dona de orbes amarronzados viera me atender.

            _ Konnichiwa senhor, em que posso ajudá-lo? Disse curiosa.

            _ Konnichiwa. Eu gostaria de comprar aquele conjunto exposto na vitrine.

            _ A sim. É para sua namorada? Tenho certeza que ela irá adorar, por favor, me acompanhe.

            _ É para alguém especial. Limitei em falar. Em questão de minutos, saí daquela loja com um pequeno embrulho vermelho nas mãos.

Flash back off:

            _ Terra chamando Kakashi... Alô??? Você está me ouvindo? Sou acordado daquela agradável lembrança por uma loira levemente irritada, Ino já deveria estar me chamando a algum tempo.

            _ Hai, hai. Voltei a minha atenção desinteressado. Não que o aniversário da minha rosada não fosse do meu interesse, mas os assuntos referentes a organização da festa eram bem chatos ao meu ver.

            A kunoichi se despedira de Kakashi e Naruto, já estava quase dando o horário dela ir para o hospital. Sentados no sofá preto do prateado, o ninja cabeça oca número um convidara o sensei para tomar café em uma padaria próxima dali. O futuro rokudaime higienizou-se e seguiu caminho com o jovem. Durante o trajeto, o prateado notara uma inquietação peculiar de seu ex aluno, conhecendo-o bem, Naruto não o tinha chamado para aquele café por mera casualidade. Constatou o jounin.

            Adentrando a padaria, os dois homens sentaram-se perto de uma das janelas que dava a visão de um belo jardim recheado de flores distintas, ambos pediram biscoitos e chá preto naquela manhã ensolarada. De frente um para o outro, Naruto se pronunciou.

            _Kakashi sensei ... É que eu... eu estou namorando a Hina-Chan já faz algum tempo e... vou pedi-la em casamento na festa de aniversário surpresa da Sakura-chan. Gostaria que você fosse o meu padrinho de casamento junto com vovó Tsunade, já que o ero-sennin conseguirá vir somente no dia da cerimônia, talvez. Falou corado.

            Casamento? Nunca pensei que Naruto daria um passo tão importante por agora e que me faria esse convite inesperado. É claro que eu aceitei, conversamos durante toda manhã, ele estava visivelmente feliz, seus olhos brilhavam cada vez que citava o nome da herdeira do clã Hyuuga...Repentinamente, peguei-me pensando. Será que Sakura tem essa mesma vontade ...Casar, construir uma família? Nunca tinha pensado ou questionado sobre isso considerando a vida boemia que eu levava, mas com Sakura tudo agora era diferente, ela era a única mulher que despertara essa vontade em mim, com ela descobri aquilo que mais temia...O amor. Refletiu ele esboçando um sutil sorriso de canto.

            Depois de uma longa conversa matinal, o prateado despedia-se do loiro, apesar de já ter comprado o presente da rosada, não seria prudente abrir aquilo na frente de todos. Em meio a cansativa conversa de Ino, Kakashi recordou-se  que a loira dissera que era uma tradição abrir presentes na presença dos convidados, logo, ele teria de entrega-la em particular, porém, para não levantar suspeitas ou ser grosseiro, o prateado direcionou-se para uma loja de joias relativamente próxima dali. Ele escolhera um delicado colar com dois pingentes, um coração e uma cerejeira.

            Chegando em casa, Kakashi separava todos os documentos exigidos pela gondaime no dia anterior. Subiu as escadas entrando em seu quarto em busca de uma rara edição da série de livros Icha Icha, “Táticas de sedução”.

            Por anos fui chamado de pervertido pela rosada e de maneira inesperada descobrir que a mulher da minha vida também era uma leitora árdua dos livros de Jiraya-San. Era o momento ideal para usar aquilo contra ela. Sorri maldoso.

            Indo para escritório da gondaime, o prateado deixara as cópias dos documentos necessários com Shizune, em seu bolso esquerdo, guardava o livro xerocado que seria destinado a dona de lindos cabelos róseos. Passando pelo Ichiraku, Kakashi pedira um ensopado de legumes com frango para viagem, após isso, rumou para o campo de treinamento, devido ao calor escaldante ele passaria o resto do dia deitado debaixo de uma das diversas árvores do lugar, relendo “Táticas de Sedução”, que mais tarde usaria com Sakura.

            Distraído com a leitura, Kakashi não percebera a presença da médica parada à sua frente observando-o com um sorriso travesso nos lábios. Já se passavam das dezessete horas.

              _Esse livro deve ser muito educativo pra você não ter notado que eu estou aqui a cinco minutos, amor. Provocou debochada a kunoichi.

            Fechando o livro e levantando-se rapidamente, o prateado roçou seus lábios aos dela. Com o olhar curioso, notou que em uma das pequeninas mãos da rosada ela segurava uma espécie de cesta de piqueniques. Abraçada ao prateado e reparando a direção dos olhos do amado, Sakura prosseguiu.

            _Hoje não vamos treinar querido, quero te apresentar um lugar especial. Segurando as mãos do jounin, os dois dispuseram a andar. Kakashi reparava no local ao seu redor, uma mata coberta por grandes árvores robustas inviabilizando parcialmente a visão do entardecer do céu.

            Ao passar dos minutos, escutei o barulho leve de uma correnteza. Sakura desvinculou nossas mãos me dando passagem para aquele maravilhoso lugar. A grama macia cujo tamanho era ideal para repousar, o rio com as águas tão azuis e cristalinas enriqueciam a beleza lugar, podia-se ver algumas rochas na outra margem rodeadas por formosas cerejeiras rosas com árvores de folhagem de um verde vivo ao lado, por fim, a visibilidade total do pôr do sol era esplendida.

            Maravilhado com a paisagem do local, o prateado perguntou.

            _Como você descobriu esse lugar? Falou deslumbrado.

            Aproximando-se e rodeando os braços em volta do pescoço do amado, a rosada respondera.

            _Descobri quando parei de treinar com Tsunade-sama e passei a treinar sozinha. Um dia resolvi mudar o local dos meus treinos e acabei encontrando esse lugar, desde então, venho aqui sempre que preciso por meus pensamentos em ordem... acabou se tornando um lugar muito especial pra mim... E queria compartilhar com você... Incrível, não é?

            _Sim... incrível. Respondeu ele com um terno sorriso.

            Sakura retirara da cesta uma toalha com listras azuis, esticando-a sobre a grama, comentando a seguir

            _Está calor, não acha amor? Falei maliciosa.

           Antes que ele me respondesse, levantei retirando a roupa, ficando apenas com a minha calcinha e sutiã de renda da mesma tonalidade dos meus cabelos e caminhei em direção ao rio. Em meio a água perguntei:

            _Você não vai vir amor? A água está uma delícia.

            Sakura é uma mulher que enlouquecia os meus sentidos, minha excitação crescera quando ela retirava cada peça de roupa com luxúria e atrevimento em seus orbes esmeraldinos. Sem perder tempo, logo já estava apenas com minha roupa intima , caminhando em direção a ela.

          _Você é uma garota muito levada, Haruno. Disse, mordendo com leveza o lóbulo de sua orelha, sugando sua boca em seguida.

            Sedentos um pelo outro, fomos de encontro a margem do rio, meu pau pulsava junto a onda de prazer que passava por entre nossos corpos. Fizemos amor como nunca havíamos feito, em meio ao desejo, demonstrávamos a intensidade dos sentimentos que compartilhavamos  um pelo outro , o quanto nos amamos..

            Com os dedos nos fios sedosos e desgrenhados do prateado, a rosada chegara ao ápice seguida por ele. Com a respiração e os batimentos cardíacos desregulados, Sakura declarara.

            _Eu te amo Kakashi. Declarou fitando-o com doçura.

            _Eu também te amo Sakura. Beijando-a com ternura.

         Recompondo-se, o casal deliciava-se com a refeição preparada por ela, conversando e desfrutando da companhia que um proporcionava ao outro, naquele gracioso lugar.


Notas Finais


E ai meus melzin. Tudo bem com vocês ?
Espero que gostem desse capítulo, escrevi com muito carinho pra vocês ♥
O que será que vai rolar nessa festa de aniversário hein ? 😈😈
Aguardo o feedback de vocês e ... boa leitura. ❤️

See you soon. 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...