História New Man: University Life - Pelos Olhos de Nathaniel (Bônus) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Nathaniel
Tags Amor Doce, Docete, Nathaniel, Paquera, University Life
Visualizações 114
Palavras 714
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Notas finais são importantes.

Capítulo 2 - Segunda Escolha: Empurrar


Fanfic / Fanfiction New Man: University Life - Pelos Olhos de Nathaniel (Bônus) - Capítulo 2 - Segunda Escolha: Empurrar

Apressei meus passos, na direção do quarto de Ashley. O corredor estava tranquilo, silencioso. Me aproximei da porta do seu quarto, encostando minha orelha, tentando ouvir algum som. Ouvi alguns suspiros irritados seguidos de grunhidos. Levei minha mão até a maçaneta, girando-a e entrando no quarto, em silêncio. 

Ashley estava de costas para mim, sentada em sua cama. Ela balançava o corpo enquanto mexia em seu celular. Em seguida, soltou um grunhido baixo, pronunciando algumas palavras as quais eu não consegui compreender. A observei por um tempo antes de chamar a sua atenção.

- Eu te ouvi respirar. - Falei.

Ashley saltou da cama, lançando em minha direção olhares mortais. Ela estava furiosa. Com os dentes cerrados, ela me respondeu:

- Eu fiquei te esperando, Nath!

Olhei para ela, tentando entender o motivo de tanta fúria. Afinal, eu estava ali. Havia cumprido com minha palavra. Sabia que estava um pouco atrasado, mas não era pra tanto.

- Sério? Mas acho que não estou tão atrasado assim. 

Irritada, Ashley pegou a sua bolsa em cima da sua cama e respirou fundo, tentando se controlar. Com a testa franzida, peguei o meu celular, ligando-o rapidamente. Quando a tela ligou, meus olhos foram de imediato para a hora. Droga, estava mais atrasado do que pensava. 

- Entendi o que você quis dizer. - Falei, observando-a enquanto colocava meu celular no bolso.

Ela me ignorou. Em seus olhos estava claro o quão chateada ela estava. Ela virou o rosto, ignorando completamente o meu olhar. Suspirei. 

- Não faz essa cara. Foi mal. De verdade. - Falei, enquanto me aproximava dela. 

Ashley soltou um longo suspiro e me respondeu, ainda sem me olhar.

- Foi mesmo? Não parece. 

- Foi sim. Por favor, estou pedindo para você me desculpar.

Relutante, ela ergueu seu rosto na minha direção, finalmente me olhando nos olhos. A mágoa continuava lá. Comecei a me sentir verdadeiramente culpado.

- Vem, vamos. Agora já estou aqui.

- Acho que eu preferia ver você respeitar o que disse.

- Vou saber compensar isso. Estou vendo que você ficou realmente chateada, e não era isso que eu queria. Não vi a hora passar e não tenho desculpa. Eu te prometo que a noite vai te fazer mudar de ideia. Vem.

Estendi o braço na direção dela, aguardando. Ela olhou para a minha mão, em dúvida. Com um suspiro, ela finalmente deslizou sua mão na minha. Seu toque era quente, seu aperto era firme. Sua pele era suave, macia. Era muito bom. Com cuidado, a puxei em minha direção. Ela me lançou um olhar estranho, mas continuou em silêncio.

- Desculpe. - Sussurrei. 

- Agora você me dá ordens para te desculpar?

Estávamos tão próximos agora. Se eu me abaixasse, poderia muito bem beijá-la. Beijar cada parte do seu rosto. Mas tinha que me contentar em apenas observá-la. Observar sua reação. Seus olhos. No entanto, podia muito bem desfrutar do seu perfume, um aroma tão doce... me senti embriagado pelo seu cheiro.

- Ashley, eu te apresento minhas mais sinceras desculpas. Você poderia aceitá-las?

- Dessa vez, tudo bem. Mas, por favor, não faça isso de novo. Pensei que fosse ficar como uma idiota a noite inteira sentada na minha cama.

- Ah, mas se você preferir, nós podemos ficar na sua cama... - Sorri, maliciosamente.

Ela se afastou rapidamente, me empurrando com força. Eu a olhei, surpreso. 

- Vamos, antes que eu mude de ideia. - Ela falou, enquanto arrumava seu vestido.

- Você tem razão em se fazer de difícil. - Respondi, rindo. 

- "Se fazer de difícil?" Você pode esperar sentado! Estamos indo a um show, nada além disso.

Nós trocamos um longo olhar. Ela não estava brincando. Estava falando sério. Com um suspiro, dei de ombros e a respondi:

- Ok, ok. Já vi que está claro. Respeito suas decisões. 

- Melhor assim, porque você não tem escolha. - Ela me deu um longo olhar significativo. - Vem, vamos logo. 

- Você vai me deixar nessa pilha ainda por muito tempo? - Perguntei. 

- Não estou fazendo nada.

- Vou te falar... Você me deixa louco. - Confessei.

Ela não respondeu, porém mordeu os lábios e se virou, indo em direção a porta. Com um sorriso nos lábios, a segui. Tínhamos um show para ir. 


 


Notas Finais


Bem, aí está mais uma escolha disponível no jogo na visão do Nath. A que eu escolhi para deixar na história completa, você encontra em New Man (https://www.spiritfanfiction.com/historia/new-man-university-life--pelos-olhos-de-nathaniel-13612309/capitulo8), mas aparentemente, a desse capítulo é a resposta certa (sobe o loveô com ele). Segue o vídeo da escolha desse capítulo:
https://www.youtube.com/watch?v=4Dh7EVNUICQ&lc=z233ghbhurafcjju4acdp4300ykjw12b2nfpgxdgm3dw03c010c

Qual das três versões vocês preferem? A cena no quarto da docete, ele de joelhos ou essa? ^^
Obrigada por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...