1. Spirit Fanfics >
  2. New Phase (Jaehyun - NCT) >
  3. Um dia Mágico

História New Phase (Jaehyun - NCT) - Capítulo 8


Escrita por: SUNAA

Notas do Autor


GENTE, ATENÇÃO NESSE CAPITULO QUE É AQUI QUE TUDO COMEÇA DE VERDADEEEEE! Espero que vocês gostem!

Boa leitura, desculpem qualquer erro, XOXO.

Capítulo 8 - Um dia Mágico


Dormi muito bem e acordei ainda melhor. Fiz minha rotina matinal e logo fui para o meu dia de spa. Se alguém me visse nesse empenho todo para ficar lindíssima até se surpreenderia. Quem diria, eu... me preparando toda pra ir ao evento que eu nem queria ir há uns dias. Mas na real eu só aproveitei o momento para cuidar de mim. Nada demais.
Hidratei tudo o que eu tinha pra hidratar no meu corpo, fiz pelo menos umas 3 massagens diferentes, limpeza de pele e isso e aquilo, foi ótimo, sai de lá tão leve que eu tinha que segurar em algo para não sair voando por aí. No resto do tempo que me restou, dormi. Quem dera meus domingos serem sempre assim, eu com certeza seria uma pessoa nova. Jaehyun não me mandou uma mensagem se quer e isso me deixou levemente nervosa e ansiosa. Enquanto eu me arrumava eu só sentia frio na barriga, queria receber pelo menos um "tudo certo?", me deixaria bem mais tranquila. Ir em uma festona dessas sozinha, chegar lá sem uma companhia, sei lá, me deixava um pouco insegura. O vestido era ainda mais perfeito no corpo, a maquiagem, o cabelo, o salto... realmente, se eu fosse homem ou se eu gostasse de mulher, hoje, nessa noite, eu com certeza me pegaria. Só pra entender o balanço de emoções que eu estava vivendo ali, uma hora insegura, uma hora super segura, alto estima lá em cima.
- Você está sendo muito besta. - eu disse pra mim enquanto me olhava no espelho. - Você está gatíssima e é convidada especial do "dono" do evento, não tem porque estar oscilando tanto.
"Senhorita Sun-Ah, estou a sua espera.", essa mensagem chegou em meu celular. "Que chique", pensei. Senhorita Sun-Ah, eu sorri ao ler novamente a mensagem. Pelo menos eu chegaria com classe. Sozinha, porém com classe. Eu esperava um carro bonito, não tão luxuoso, afinal... Quem eu sou? Ele não mandaria um carro super caro só pra me levar até o evento. Mas assim que eu desci, levei um enorme susto ao ver uma Limousine preta a minha espera.  O motorista me esperava na porta de trás do carro e cumprimentou formalmente.
- Pera, o Jaehyun mandou esse carro? - perguntei desacreditada.
- Sim, senhorita. - ele respondeu calmamente.
- Que desgraçado rico. - murmurei. 
- Senhorita? - senti que foi mais uma advertência por xingar o chefe dele do que um convite para entrar.
O caminho foi incrível, eu nunca tinha entrado dentro de uma limousine antes, me senti uma famosa. As pessoas na rua olhavam para o carro e alguns filmavam. Todo mundo na vida já viu uma limousine mas talvez nunca passando na sua frente, então eu compreendia aquela "admiração". Parece que o motorista recebeu ordens para passar pelos lugares mais bonitos de Seul, foi tão legal que eu já estava até me esquecendo do meu destino. Só fui me lembrar quando a limousine parou em frente ao evento, muitos fotógrafos, jornalistas, muitos fãs e um enorme frio na barriga surgiu. A atenção imediatamente se voltou para o enorme carro que havia chegado e eu demorei cerca de 30 segundos para sair do carro. Um dos funcionários do evento veio abrir a porta para mim e assim que sai muitos flashes começaram a vir em minha direção. Eu não podia fazer cara feia né. Imagina, chegar assim num evento, toda linda e poderosa e nas fotos sair igual um tribufu. Eu também não podia tirar os meus pezinhos do chão né, afinal, eu não sou nenhuma famosa, então não podia fazer carão e nem poses muito exageradas, por isso apenas mantive minha cara fechada olhando para cada uma daquelas câmeras. "Eu devia ter ensaiado isso antes", pensava naquele momento. Os jornalistas vieram como loucos em cima de mim me perguntando quem eu era, se eu conhecia o Jaehyun, perguntando se eu era amiga íntima dele, e várias outras coisas. Eu apenas caminhei pra a entrada do evento junto com os seguranças que afastavam os repórteres e fotógrafos. O que eu iria falar? Já pensou eu falo alguma besteira e acabo com a carreira do cara? Eu me conheço, era melhor ficar quieta mesmo.
Assim que as portas do evento de abriram os olhares se voltaram imediatamente para mim. Quase que todo mundo parou de conversar e aquele enorme salão ficou em um silêncio constrangedor, avistei meus colegas de trabalho que estavam realmente muito surpresos em me ver ali, algumas outras pessoas eu conhecia por causa do meu trabalho, mas ainda assim eu estava bem nervosa com aquela situação. Só consegui relaxar quando vi Jaehyun vindo em minha direção com um enorme sorriso. Ele estava deslumbrante em um terno caro, com certeza mais do que o meu salário. Ele parou bem em minha frente e me analisou calmamente.
- Eu sabia que ficaria perfeito em você. - ele disse enquanto olhava em meus olhos.
- Obrigada. - respondi um pouco tímida com os olhares que ainda recebíamos.
- A atenção está toda para você agora! - ele olhou em volta.
- Infelizmente. - respondi.
- Quer ver tudo piorar? - ele perguntou e eu imediatamente neguei com a cabeça, mas ele ignorou e estendeu o braço para mim e eu relutante cruzei meu braço com o dele e fomos caminhando pelo meio do salão para onde Jaehyun estava sentado
- Eu quero te matar. - eu murmurei entre os dentes enquanto sorria para cumprimentar umas pessoas.
- Não seja exagerada. Imagina quantas pessoas gostariam de estar no seu lugar. - ele fez o mesmo.
- Você realmente é um completo idiota.
Eu até que me acostumei a ficar ao lado dele no evento. Eu fui apresentada para muita gente importante só durante o início desse evento, já tinha até me acostumado com a sensação. Meus colegas de trabalho pareciam ficar no seguindo, todo lugar que eu ia eles estavam ali nos observando. Que gente chata. Jaehyun finalmente se sentou e podemos comer algumas coisinhas, até a comida daquele lugar era maravilhosa. Eu não conseguia parar de observar cada detalhe daquele espaço, as pessoas que passavam, o que serviam, a arquitetura do lugar e como uma boa profissional da área era quase inevitável não observar os penteados e maquiagens das mulheres que andavam pra lá e pra cá.
- No que você tá pensando? - Jaehyun perguntou me analisando.
- E-eu? - perguntei saindo dos meus pensamentos. - Ah... Eu só estava analisando as maquiagens e penteados.
- Presa no trabalho ainda? - ele perguntou sorrindo. - Se divirta, esquece o trabalho.
- Como eu vou me divertir com todo mundo me olhando de cima a baixo?
- Se arrependeu de ter vindo? - ele arqueou uma sobrancelha.
Até parece né. Se eu não tivesse vindo eu não teria vivido as coisas que vivi só no início dessa noite. Sem dizer da lindíssima companhia que eu tinha ao meu lado. Eu praticamente esquecia da minha lei de não gostar de famosos quando Jaehyun estava perto, conhecer ele mais de perto me fez mudar um pouco minhas idéias.
- Não. - eu disse depois de um tempo olhando para ele em silêncio. - Não me arrependi.
Assim que os outros meninos do grupo de Jaehyun chegou, ele foi para o palco e apresentou a sua coleção. Havia mesas atrás da mesa que em que eu estava e eram mesas "enormes" e eu só entendi o porquê depois que vi os 22 membros do grupo chegando e se sentando atrás de mim. Minha irmã com certeza choraria igual uma louca no meu lugar. E eu com certeza pediria para que Jaehyun fizesse um vídeo de todos eles para mandar para minha irmã. Enfim, assistimos a um desfile da marca e da coleção de Jaehyun e foi lindo, um maravilhoso trabalho. Depois disso, foi só comemoração.
Eu ainda estava meio deslocada, mas Jaehyun fazia questão de me fazer ficar bem perto de todo mundo. Nessa horas que sentia vontade de xingar ele e de socar a cara dele. Mas no fundo, eu sabia que era melhor do que ficar sentada sozinha na mesa. Eu conversei com alguns dos meninos do NCT e nem me pergunte os nomes, não faço ideia de quem era quem ali, mas de todos que eu conversei, todos foram bem legais comigo. "Viu, ninguém aqui é um completo idiota", Jaehyun sussurrou depois que conversei com eles, ele sabia do meu pé atrás com idols e famosos. Mas ele tinha razão, não foi nada como eu imaginava que seria. Eu já estava bem tranquila e todos já tinha se acostumado com a presença de uma menina "misteriosa" ao lado do idol da coleção, estava tido indo bem até que Jaehyun me chama para da uma volta.
- Está gostando do evento? - ele me perguntou enquanto caminhávamos.
- Até que não está ruim! - eu disse tirando um sorriso dos lábios de Jaehyun. 
- Até mesmo com os olhares todos direcionados para você?
- Essa foi a parte que eu quis sair correndo, mas acho que já se acostumaram comigo. - eu disse.
- Eu ainda não. - ele disse e eu o olhei sem entender. - Ainda não acostumei com você.
- Isso é ruim?
- Com toda certeza não.  - ele caminhava com as mãos para trás e olhava para o céu.  - Não é  nem um pouco ruim.
Eu não sabia o que falar. Se eu tivesse escutado aquilo em outro tempo, eu com certeza teria xingado ele, mas eu não sabia o que falar, meu coração me impedia de ser idiota com ele. Quando eu olhava para Jaehyun, eu sentia a confiança dele em estar ao lado de uma mulher e em dar cantadas, mas eu também sentia um nervosismo lá no fundo, o que me fazia pensar que ele estava sendo sincero.
- Posso te perguntar uma coisa?
- Sim! - eu respondi o olhando com atenção.
- Naquele dia na boate... - eu senti meu estômago embrulhar na mesma hora. "Droga, esse assunto", pensei comigo mesma. - Pensei que você não era muito de ir a esses lugares...
- Eu não sou. - respondi imediatamente e sinceramente.
- Tudo bem! - ele disse sorrindo tentando me tranquilizar. Sei lá o que ele pensava de mim. - É que eu fiquei pensando por muitos e muitos dias e hoje eu queria te perguntar uma coisa... é que você estava falando de um garoto que você gosta e que esse garoto estava na festa... isso me preocupou um pouco, e-eu devo parar de... Eu devo parar de gostar de você?
AI MEU CORAÇÃO. Eu senti a flecha do cupido. Estou ferrada. Como eu posso ser tão fácil assim? Meu Deus. Não deu outra. Eu senti minhas mãos tremerem ao ouvir Jaehyun admitir que gosta de mim. Ele me olhava diretamente nos olhos esperando uma resposta.
- N-não... - eu consegui dizer depois do meu quase infarto. E ele se impressionou com a resposta.
- Não é pra eu me afastar? Você quer que eu continue gostando de você? - ele perguntou desacreditado.
- Isso. - respondi confirmando com a cabeça.
- Então o cara era... - ele não terminou a frase e eu confirmei com a cabeça.
- Sim. - o nervosismo estava de mãos dadas comigo ali. - Eu acho que estou gostando de você também.
Esse momento me prendeu de uma forma que eu nem sei explicar. Nós estávamos em uma espécie de jardim interno, as estrelas pareciam brilhar ainda mais e a lua parecia estar mais perto da terra. O cenário tinha ficado perfeito para aquelas declarações, mesmo assim eu só conseguia manter meus olhos nos olhos de Jaehyun.
- Jeon Yoon-oh. - um staff o chamou pelo nome e ao ouvir isso ele segurou o sorriso. Soou mais como uma advertência, mas o staff o chamou para dentro, "os membros estavam procurando por ele". Eu senti que o Staff só estava o impedindo de se meter em mais uma "polêmica", no fundo eu me senti mal por isso, mas era só o trabalho daquele homem. Eu queria ter aproveitado mais aquele tempo com Jaehyun, mas aquele momento só me fez perceber o erro que eu podia ser na vida desse homem.
Foi divertido, foi um mix de sensações, foi luxuoso e muito legal conhecer o tanto de gente que conheci, mas será que seria bom para nós que isso se torne real? Famosos sempre terminam em poucos meses, eu só sairia machucada disso. Eu fui sincera ao dizer que não queria que ele se afastasse, mas talvez seja melhor que eu me afaste. Ou vou acabar atrapalhando o trabalho dele, gerando polêmica, contribuindo para uma visão negativa dele, sei lá. Uma hora ou outra ele vai se esquecer de mim e achar uma outra mulher, rica, gostosa e que tenha uma vida agitada e importante como a dele, talvez uma outra idol, uma atriz, talvez modelo e não uma maquiadora... Eu jamais vou me esquecer da sensação de estar com Jaehyun, mas vou ter que me acostumar a não tê-lo por perto. 


Notas Finais


VOCÊS GOSTARAM???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...