História New Rules - Capítulo 9


Escrita por:

Visualizações 44
Palavras 1.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei❤
Eu amei escrever esse cap e espero que vocês gostem de ler!
A partir do proximo capítulo a fanfic entra em uma nova fase, onde a estoria ira começar a se desenrolar.
Obrigado pelos 50+ favs, isso significa muito para mim!
Hoje eo aniversário do nosso Shawn, vinte anos, passou tão rapido.

Boa leitura!

Capítulo 9 - Dusk till dawn


Fanfic / Fanfiction New Rules - Capítulo 9 - Dusk till dawn

Pessoas que tem que ficar juntas se separam e descobrem um jeito de voltar para o seu primeiro amor - Hannah Marin, Pretty little liars.

                       Maggie Argent
 
 Estamos no jatinho do Taylor voltando para San Francisco. Falta apenas uma hora para pousarmos e meus olhos quase se fecham, mas tenho medo de dormir durante a viagem, Froy está do meu lado e segura minha mão. Encosto minha cabeça no seu ombro.

- Está com medo não é? - Ele me pergunta.
Balanço a cabeça em afirmação e ele acaricia meus cabelos.

- Froy? - depois de um tempo o chamo, ele me olha. - Você gosta de alguém?- seus olhos azuis se iluminam de tristeza.

- Eu ja gostei há muito tempo - ele diz meio para ele - Mas ela se foi, para longe de mim e nunca mais a vi.

Aperto sua mão e me encosto em seu peito, levo sua mão até meu coração.

- Obrigado por estar comigo, meu melhor amigo- digo sorrindo.

Ele beija minha testa.

- Você também e minha melhor amiga.

                                    ○●○

  Estamos a caminho da fraternidade, o carro está silencioso a não ser por a música que toca no rádio. Froy escreve algo em seu caderninho ao meu lado, Clara dorme, Cameron dirige e Shawn está ao seu lado, calado. Não falei com ele depois de ontem e nem pretendo, não fiz nada que o deixasse interessado, afinal faço o que quero.

  De uns dias para cá, comecei a desconfiar que ele sofre de Bipolaridade, confesso em ter reparado que ele toma comprimidos para ansiedade, Shawn e um garoto ótimo, mas seu humor se vai tão rápido quanto seu sorriso. Reparei também que ele e bem reservado, ele parece ter uma confiança em Cameron e uma amizade forte. Os dois começam um assunto sobre o time de lacrosse da Universidade.

      Froy escreve versos, parece uma música.

  Minutos depois chegamos, e confesso que senti saudade, Jack está sentado nos degraus da casa e veem até nois.

- Cheguei hoje de manhã - ele diz sorrindo - A casa estava vazia.

  O abraço e ele me gira no ar, Jack estudou comigo todo o colegial, mas eramos de mundos totalmentes diferentes.

  Guardo minhas malas no quarto junto com as meninas, e vamos todos para a piscina que fica nos fundos da casa. A noite chega ea temperatura da água ja não e agradável. Tomo um banho e quando saio do quarto me assusto com Shawn.

- Você tem que parar de me assustar - digo sorrindo.

- E você tem que parar de se assustar comigo, eu não sou tão feio, ou sou? - balanço a ccabeça.

- Não, não é - ele sorrir, a propósito deveria sorrir mais - Mas o que você quer?

- Quero te mostrar um lugar - ele penteia o cabelo com as mãos e depois as coloca no bolso da calça- Você vêem?

- Claro - digo curiosa.

  Eu irei dar uma chance para ele se mostrar diferente desses dias que a gente ficou em Miami, e também sera bom descobrir mais sobre ele e seu humor.

  Caminhamos pelas ruas iluminada pela lua cheia e pelos postes. Ele caminha olhando seus pés e percebe que estou o observando.

- Está curiosa para saber para onde estamos indo? - me pergunta. Dou de ombros.

- Você não ira me dizer para onde estamos indo, não e mesmo?- ele da um sorriso.

- Como sabe que não irei dizer? - Balanço a cabeça e sorrio.

- Conheçia uma cara parecido com você- digo - Ele nunca me dizia para onde estava me levando.

- Aposto que ele não era legal e bonito como eu - Sim, ele era. Poderia até dizer que suas personalidades são iguais - Se você me disser que ele era, irei ficar triste - ele diz pela cara que faço.

- Você sempre morou por aqui?- pergunto curiosa e querendo mudar de assunto. Não gosto de lembra dele.

- Não, sou Canadense. Me mudei para cá quando tinha cinco anos - isso explica seus traços. - Cameron era meu vizinho e foi meu primeiro amigo aqui, até eu precisar voltar pro Canadá e so voltar três anos depois, que foi o colegial. Mas e você.

- Eu sempre morei nos Estados Unidos, em Boca Haton, tenho um irmão um ano mais novo e só. - Digo como se minha vida fosse apenas isso.

- Aposto que você tem mais para me falar - ele diz e me empurra com o braço. Rio.

- Tudo bem, você me pergunta algo que quer saber de mim e eu pergunto algo a você.

- Certo, eu começo. Quantos anos você tem?.

- 18, minha vez. Qual sua cor preferida?.- ele me olha rindo.

- Serio? Azul. Qual sua musica preferida?-

- Naked do James Arthur. - Ele sorrir e diz que é uma otima música. - Qual seu maior sonho?

- Cantar para as pessoas e pelo mundo - Observo seu rosto brilhar, ele realmente está feliz.

- Sabe de uma coisa o que está esperando? Vamos cantar - digo segurando suas mãos. Estamos no meio da avenida.

- Maggie você tem certeza? - Afirmo, ele sorrir.

  Começamos a cantar dusk till dawn , a letra e maravilhosa e passa uma sensação incrível.

- Not tryna be indie, Not tryna be cool, Just tryna be in this, Tell me how you choose - Sua voz e linda, algumas pessoas param para ouvir. (Escutem ouvindo a música, link nas notas finais.)

- Can you feel why you're in this, Can you feel it through, All of the windows, Inside this room - Canto sorrindo, ele sorrir para mim e tudo parece parar. Ele segura minha mão.

-Can you feel why you're in this, Can you feel it through, All of the windows, Inside this room - Sinto um frio na barriga, ele me olha nos olhos e sorrir.

  Olho ao redor e tem muita gente nos observando, sinto uma sensação incrível.

- Light it up, on the run, Let's make love, tonight, Make it up, fall in love, try - Ficamos um de frente para o outro e cantamos juntos.

- But you'll never be alone, I'll be with you, from dusk till dawn, I'll be with you from, dusk till dawn, Baby, I'm right here - ele não solta minha mão, olha ao redor e sorrir para mim.

- I'll hold you when things go wrong, I'll be with you from dusk till dawn, I'll be with you from dusk till dawn - cantamos juntos.

- Baby, I'm right here, I'll be with you from dusk till dawn, Baby, I'm right here - As pessoas nos aplaudem e ele me abraça me girando no ar. Sorrio.

- Magg você e incrível - ele diz sorrindo.

- Você deve sorrir mais, e lindo. - digo. Ele arruma seu cabelo com os dedos.

- Obrigado por me proporcionar isso, foi muito importante para mim - ele diz segurando meus braços.

- Sua voz e linda - coloco uma mecha de cabelo atrás da orelha.

- Com a sua ficou melhor ainda - tenho certeza que corei.

- Mas eu ainda vou te mostrar o lugar - ele me puxa pela mão.

 Sinto meu coração se iluminar ea energia dele me faz querer sorrir o tempo inteiro. Sinto que teremos iremos no divertir muito hoje.


Notas Finais


Haha eu to muito emocionada com esse final! Mas teremos muitas reviravoltas ainda!
Comentem o que estão achando, não sejam leitores fantasmas!

Beijos de luz, o proximo cap pode sair esse final de semana!

Link da música;https://youtu.be/adfcVmu1bmM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...