História New World - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka
Visualizações 64
Palavras 1.207
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ultima parte

Capítulo 15 - Romance de Vampiro parte 3 final


Fanfic / Fanfiction New World - Capítulo 15 - Romance de Vampiro parte 3 final

"Jack on"

Mary mordia meu pescoço, eu sentia uma dor enorme, mas eu tinha que me dar um jeito de fugir dela. Então eu vi um copo de vidro atrás dela, eu consegui pegar, quebrei ele na cabeça dela, ela cai no chão, depois peguei uma cadeira, e acertei as costas dela, foi nesse momento, que aproveitei para correr. Peguei minhas coisas e sai correndo, mas corri poucos metros, o ferimento no meu pescoço era pior do que pensei, cai no chão, minha visão começou a ficar embaçada, e daquela casa, saiu a Mary, que se aproximava de mim.

Mary- Ora Jack eu fiquei surpresa, não imaginava que você reagiria.

Jack- Eu.............não..............aguento mais.....apenas acabe......logo....com.......isso

Mary- Eu não vou matar você

Jack- O.......que...........disse?

Mary- Eu estava apenas na rua de Londres, procurando uma pessoa que tenha um bom sangue, para saciar minha sede. Eu encontrei você, seu sangue é realmente bom, mas eu tenho uma ideia muito melhor para você.

Jack- O....que.....pretende?

Mary- Logo você vai descobrir

"Jack on"

Mary mordeu seu braço, começou a pingar sangue, e antes que eu percebesse, ela estava fazendo beber seu sangue.

Mary- Meu sangue vai te dar uma vida nova, você já esta morrendo por causa do ferimento, mas tudo vai mudar a partir de hoje Jack Clockwork.

"Jack on"

Eu acordei numa cama em minha casa, o ferimento no meu pescoço tinha sumido, eu já estava pensando que tudo era um sonho, mas eu notei uma coisa, tinha um anel no meu dedo, o problema é que uma nunca tinha visto esse anel antes. E também havia uma cartar no bolso da minha calça.

"Carta on"

Olá Jack, sou eu Mary, ontem a noite você estava morrendo por causa do ferimento no seu pescoço, porém eu te dei um pouco do meu sangue antes de você morrer, você voltou como um tipo de morto vivo, logo depois eu te dei um pouco de sangue humano fresco, isso fez com que você se transformasse num vampiro. De agora e diante você tem: super velocidade, cura acelerada, super força, hipnose, uma audição mais apurada, mas a luz do sol pode te matar, eu te dei um anel especial para evitar isso, e tome cuidado com uma estaca de madeira, se isso atingir seu coração você morre. Agora eu preciso ir resolver algumas coisas na Alemanha, nos veremos de novo beijos

                  ASSINADO

                Mary Foster


Jack- Você estragou minha vida, eu vou me vingar de você Mary Foster. Você está indo para a Alemanha? Pos bem, é para lá que eu vou também.

"Jack on"

Eu tive que contar para meus pais, que eu era um vampiro eles ficaram muito surpreso, mas eu os hipinotisei para que eles seguissem suas vidas sem mim, fiz a mesma coisa com meus amigos. Aos poucos minhas lembranças também voltaram, eu me lembrei que a Mary me hipinotizou para que eu entrasse naquela casa, era na verdade uma casa abandonada. Desde então nos últimos 50 anos eu tenho perseguido ela pelo mundo todo, a persegui: Na Alemanha, Itália, França, Espanha, Estados Unidos, Bolívia, Brasil, Índia, China, Coréia do Sul, e finalmente aqui no Japão.

Bell- Entendo, é por isso que você me pediu para pegar aquele anel.

Lili- Mas Jack, pelo que você me contou ela ainda pode te ama.



Jack- Besteira, ela é apenas um monstro, que jamais consegue amar alguém.

Bell- Mas mesmo assim, você já tentou conversar com ela?

Jack- Não temos nada para conversar, apenas quero acertar umas contas com ela.

Lili- Não diga isso, talvez lá no fundo você ainda ama ela.

Jack- O QUE ESTÁ DIZENDO? EU JAMAIS VOU AMAR UMA PESSOAL TÃO CRUEL COMO ELA.

Lili- Desculpe eu não.....

Bell- Estou cansado pessoal, acho que vou para casa. E Jack pense bem, sobre isso.

Bell sai pela porta.

Lili- Se quiser Jack pode passar a noite aqui, minha mãe foi visitar uma amiga doente.

Jack- Tudo bem eu fico, obrigado Lili.

Na manhã seguinte, Bell antes de ir para a escola, passa na casa de Lili, para saber do Jack.

Bell- Bom dia Lili, onde está o Jack?

Lili- Ele já foi atrás da escritora.

Bell- É mesmo? Bom acho que não pudemos impedi-lô afinal.

Lili- Parece que sim, e eu não consegue pegar um autógrafo, do livro.

Bell- Aquele livro? Estou curioso qual era o tema do livro?

Lili- Era sobre uma vampira chamada, Daisy Jones, que se apaixonou por um humano, chamado Mark Donavan, ela o transforma em vampiro para poderem ficar juntos.

Bell- O que disse? Me deixe ler esse livro um pouco.

Bell começa a ler o livro, e fica com uma expressão séria no rosto.

Bell- VAMOS ATÉ A LIVRARIA, TEMOS QUE IMPEDIR O JACK.

Lili- Por quê Bell-san?

Bell- EU EXPLICO NO CAMINHO.

Na livraria, Mary espera abrir o local, para poder dar os autógrafos, e dessa vez ela contratou alguns segurança, que estão esperando do lado de fora.

Mary- Eu acho que ele não pode deter, todos os meus seguranças, é melhor eu abrir as portas e deixar que entre as pesso.........

Nesse momento uma estaca de madeira perfura a barriga de Mary.

Mary- AAAAAA, mas como?

Jack- Bom dia, isso deve incomodar?

Mary- Como passou pelos meus seguranças?

Jack- Coloquei um sonífero no café deles, não vão acordar por um bom tempo. Hoje você não me escapa.

Jack com sua grande velocidade chuta as pernas de Mary, ela cai no chão, Jack aproveita e pega duas estacas de madeira e enfia em cada mão dela.

Jack- Acabou para você Mary

Mary- Ai ai, Jack eu...sei que eu fiz com você foi....errado...eu não devia ter te transformado sem sua permissão

Jack- Você não sabe de nada, ser vampiro é uma grande solidão, eu nunca pude me casar, ter filhos, uma vida normal foi tirada de mim. Por isso eu vou acabar com você- Eu ainda tenho mais uma estaca de madeira.

Bell- ESPERA JACK

Jack- O que Bell, Lili?

Lili- Você não pode fazer isso

Jack- Estão me atrapalhando vão embora, isso é entre mim e ela.


Bell- Jack ela ainda te ama, o livro que ela escreveu, conta a história de como ela te conheceu, e como ela queria ficar com você.

Jack- Do quê esta falando?

Bell- Ela só te transformou em vampiro, porque ela queria ficar ao seu lado, naquela noite que ela te encontrou, ela estava chorando de verdade, sua mãe e, seu namorado, foram mortos por caçadores.

Jack- Isso é verdade?

Mary- Sim, eu ainda amo você

Jack- MAS VOCÊ ME TRANSFORMOU NUM VAMPIRO.

Mary- Eu só queria ficar para sempre com você, eu tive medo que você  talvez não pudesse me aceitar. Eu sinto muito Jack de coração.

Jack- CALA A BOCA, EU VOU.....EU VOU....PERFURA ESSE SEU CORAÇÃO VAZIO

Mary- O quê? Isso é lágrimas?

Jack- Uê por que estou chorando?

Lili- Você não quê mata-la de verdade, você com certeza ainda a ama.

Jack- QUE DROGA. DEIXA EU RETIRAR ESSAS ESTACAS.

Mary se levanta e os ferimentos se fechado.

Mary- Eu te amo Jack.

Jack- Eu também te amo, nesses últimos 50 anos

Os dois deram um beijo.

Lili- Que lindo beijo!! Não é Bell-san?

Bell- Sim com certeza, vamos para escola Lili?

Lili- Daqui a pouco, ainda quero pegar um autógrafo com a Mary.

Bell- Então eu vou na frente.

Bell chega perto da entrada da escola, mas tinha alguém esperando por ele lá.

Syr- BOM DIA BELL-SAN.

Bell- AI QUE SUSTO, por favor não apareça assim do nada Syr-san.

Syr- Desculpe, mas sobre aquele nosso encontro, pode ser hoje depois das aulas?

Bell- Huuum......claro por mim tudo.

Syr- LEGAL VAI SER DIVERTIDO, ENTÃO ATÉ DEPOIS BELL-SAN.

Bell- Até logo Syr-san, é impressão minha, ou ela está animada de mais?









Notas Finais


Eu sou fã de diários de um vampiro, foi baseado nessa série para criar essa história. Deixe seu comentário tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...