História New York - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Kiba Inuzuka, Menma Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gaaino, Gravidez, Hinata, Lili-_uzumaki, Naruhina, Naruto, Saino, Sasusaku
Visualizações 24
Palavras 1.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse cap é um pouco maior para compensar o primeiro, sugiro que leiam as notas finais.

Espero q gostem! Aproveitem

Capítulo 2 - Recomeço


N E W  Y O R K


Por: Lili-_Uzmaki

O clima naquela manhã não era um dos melhores. Estava nublado e chuvoso uma combinação perfeita com o psicológico de Hinata.

Na noite passada ela havia chegado no apartamento junto com Sakura por volta das onze da noite. Elas comeram alguma coisa que não vale a pena lembrar e foram dormir, Sakura sabia quando sua melhor amiga precisava de silêncio por isso se limitou a falar alguma coisa no dia anterior e Hinata lhe agradecia por isso.

Já eram por volta das oito da manhã. Por mais qua a situação não fosse boa Hinata sempre fora acostumada a acordar cedo. E dormir mais do que precisa só para não ter que encarar a triste realidade que sua vida era, é insuportável de mais para a mulher.

Não demorou e já se colocou de pé, por sorte ela tinha seu próprio banheiro no quarto. Em exatos vinte minutos Hinata já estava pronta para encarar a manhã não tão ensolarada de New York. Era um costume seu tomar banho assim que acordava e antes de ir dormir, não que a higiene em abundância dela fosse tradição de família, Hinata apenas gostava de se manter higiênica e organizada. Ela preferia que chamassem aquilo de Tradição Hinata.
Sem Inuzuka ou Hyuuga, apenas Hinata.

Quando a morena chegou na cozinha Sakura já estava preparando o café da manhã. Diferente de sua amiga a rosada não gostava de acordar cedo, longe disso, acordar cedo hoje em dia era mais uma das suas chatas obrigações de adulta. Sakura Senju é uma médica extremamente famosa que decediu seguir os passos da mãe, Tsunade.

Hinata achava engraçado o jeito desajeitado e atrapalhado da rosada. Sakura sempre fora assim, alegre, decedida, atrapalhada e orgulhosa. A Senju era extremamente orgulhosa, fato herdado segundo o seu padastro Jiraya pela a mãe. O que era total verdade.
Tsunade sempre fora uma mulher orgulhosa.

Hinata a invejava por ser tão forte e decedida, por não ter se apaixonado por um vagabundo e casado com o mesmo, por não estar carregando um filho que ela não optou por ter na barriga, por não ter uma família tão rígida que prefere o aborto do que sua própria filha. Mas ela sabia que ter sentimentos de mágoa, inveja e ódio só pioravam a sua situação. Hinata sempre fora doce e gentil, ela nunca teve ódio no coração. Não importa o momento, Hinata nunca terá sentimentos tão podres assim no coração.

- Vejo que a bela adormecida acordou - Sakura disse notando sua presença, Hinata por alguns segundos havia se esquecido que ela estava alí. Sakura tinha um tom brincalhão na voz, ela sabia que sua amiga só estava tentando melhorar o clima, como sempre fazia. E mais uma vez estava grata, por ter uma amiga tão boa quanto Sakura.

- Diferente de você, até fiquei assustada com a ideia de que você perderia a hora - Hinata falou divertida enquanto Sakura colocava ovos com bacon na mesa do café da manhã.

- 'bufou' Eu odeio acordar cedo. Mas esquece isso, vem comer alguma coisa. Fiz ovos com bacon, seu preferido - E então mais uma vez, lá estava Sakura, cumprindo mais do que perfeitamente a função de melhor amiga, ou como Hinata gostava de chamar, irmã-de-coração.

Minutos depois do café Sakura teve que sair para ir trabalhar, deixando assim Hinata sozinha com os seus pensamentos. Sakura lhe avisou que era totalmente seguro o prédio, também disse que se ela quisesse ár fresco, havia um parque na rua de trás. E nesse momento o que Hinata menos queria era ficar trancada dentro de casa, ela também não queria ir há o parque.

Ela sempre consegiu se virar sozinha, além de que o seu inglês era quase perfeito. Hinata vestiu uma calça, um casaco, cachecol, pegou as chaves um pouco de dinheiro e saiu do prédio. Seu destino principal era ir em uma livraria, depois quem sabe parar em alguma cafeteria.

Como ela imaginou as ruas de New York estavam movimentadas, uma vez ou outra ela parava alguém que não parecia estar com pressa e perguntava onde ficava a livraria mais próxima.

A livraria não ficava tão longe, ela só precisava pegar o metrô e parar no próximo ponto. No máximo demorou trinta minutos até que ela ficasse de frente há uma livraria não tão grande, mas era perfeita nos olhos de Hinata.

Ela tocava cada pratileira como se fosse feita de diamante. Quando foi a última vez que ela havia pisado em uma livraria? Nem mesmo ela sabia.
Não muito longe de onde estava Hinata observou uma mulher, ela tinha a barriga grande obviamente estava grávida, a mulher acariciava a barriga com todo o cuidado, como se fosse a coisa mais preciosa na vida dela. Ela procurava um livro específico na pratileira e quando o achou, seus olhos brilharam de felicidade. Antes de que a mulher se dirige-se ao caixa para pagar pelo livro, Hinata conseguiu ver a capa e para sua surpresa, o livro falava sobre gravidez.

Meio incerta ela caminhou até a pratileira onde a mulher estava a poucos minutos, haviam muitos livros e todos falavam sobre as mesmas coisas, feto, gravidez, nomes de bebês e seus significados, as primeiras semanas, desejos alimentícios, etc.

Por incrível que pareça os olhos de Hinata brilharam, ela não tinha motivos para estar tão ansiosa em saber o que os livros falavam. Mas algo dentro dela, gritava para que ela pegasse um dos livros que a ajudassem com a gravidez. E foi isso o que Hinata fez, ela pegou um livro que falava sobre os três primeiros meses de gravidez, ela estava grávida já fazia três semanas quase um mês. Então concertesa aquele livro lhe ajudaria.

- Conlicença, se não for incomodo, você poderia me dizer qual desses livros é o melhor? - uma voz rouca e grave soou atrás de sí, no mesmo instante Hinata olhou para trás se deparando com o dono da voz. Ele era alto, loiro com olhos azuis, seus ombros eram largos e por mais que ele estivesse usando terno, podia se ver que os seus braços eram fortes, provavelmente ele malhava. Seja lá quem era aquele homem e o que ele disse, Hinata só conseguiu afirmar uma coisa, aquele loiro era o homem mais lindo que ela já vira. Quando percebeu que o encarava a tempo de mais Hinata pigarreou e encarou seus olhos, por dois segundos ela se perdeu neles, más só por dois porque ela logo teve que voltar para a realidade.

- P-perdão, o que disse? - definitivamente não era para ela ter gaguejado, más de alguma forma aquele homem lhe intimidava e ela estava sem graça por ter ficado encarando ele. O loiro deu uma risada de lado e encarou os olhos perolados.

- Eu havia perguntado qual desses livros você me recomenda - ele disse sem desviar seus olhos do dela, Hinata sentiu seu coração aquecer de um jeito que ela nunca sentiu antes.

- Na verdade, depende. Sua esposa está grávida há quantos meses? - algo em Hinata dizia que ele não era casado, mas que diferencia iria fazer? Ela estava procurando fracassadamente a resposta. Porém diferente do que ela esperava a resposta veio em forma de uma gargalhada, para ser mais específica, a gargalhada do loira a sua frente. A mulher franziu o cenho em confusão, por que ele estava rindo?

- Esposa? Eu não sou casado - o loiro falou com dificuldade porque ainda ria, Hinata arregalou levemente os olhos surpresa. Então ela estava certa?! - O livro é para a minha irmã, ela está grávida.

Ela estava totalmente sem graça, uma parte dela até que estava feliz por saber que o loiro não esta casado, porém ela afastou essa parte quase que imediatamente. O que ela estava pensando?

- E-eu, desculpa...- ela não sabia o que falar, o loiro ainda olhava nos olhos perolados com um lindo sorriso estampado na face - 'suspiro' Então, quanto tempo sua irmã tem?

- 8 meses - ele disse rindo.

- É um bom tempo, sabe, caso ela não tenha escolhido o nome do bebê eu sugiro esse - a morena pegou um livro que falava sobre nomes de bebês e seus significados e mostrou ao loiro, o sorriso dele só aumentou ao ver o livro.

- Karin está mesmo louca tentando escolher o nome do bebê. Tenho certeza que ela vai amar o presente - o loiro pegou o livro da mão de Hinata sem quebrar o contato visual - E aliás, me chamo Naruto.

- Hinata - ela disse sorrindo e estendeu a mão para o loiro que apertou com um sorriso.

- Obrigado Hinata


Notas Finais


Sobre o Naruto, acho que vcs já devem ter meio que uma idéia da proficão dele. O casal Sasusaku vai começar a "estreiar" apartir do cap 3 no qual terá uma narração da Sakura e sobre a sua profissão. Ainda com a narração da Sakura a Ino ira aparecer no cap 4 e o Sai será mencionado no mesmo, porém ele aparece no cap 6. O foco principal e na Hinata e no Naruto, as vezes a Sakura e o Sasuke iram aparecer para dar uma história ao casal, mas pela Sakura ser a melhor amiga da Hinata e morar com ela, ela ira aparecer mais do que o Uchiha.

O Sai e a Ino, eu ainda to vendo onde eles iram se encaixar nessa história, os dois não iram aparecer tanto, mas para quem gosta do casal mais para frente quem sabe eu não faça um extra. A fic não tem ao certo um vilão, o Kiba está preso e eu ainda estou decidindo o final. É claro que terá aquela garota q não vai com a cara da protagonista e vise e versa. A Sakura é filha da Tsunade e o pai dela morreu, o Jiraya é padrasto dela. Eles dois não iram aparecer tanto na fic. E no máximo a história terá 25 á 30 caps!

É só isso, espero q tenham gostado. Comentem e Favoritei!

S a y o n a r a ◑ω◐


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...