História New York por uma noite. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 0
Palavras 289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Saga
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


****Ainda vou estar colocando uma imagem como capa.*****

Capítulo 8 - Noite perfeita


Senti-me como nos remotos filmes, como aquela noite poderia acabar? Era apenas uma segunda feira e você já havia aperfeiçoado minha semana, como você mesmo dizia " não é a segunda feira quem cria o clima , somos nos quem criamos o clima da segunda ". Eu não queria sair dali, não queria largar sua camisa social, onde você havia dobrado a manga até o cotovelo pelo calor do ambiente. Não queria largar a sua fragrância masculina, não queria soltar-me dos seus confortáveis braços. Porque seus olhos me amavam enquanto me olhavam, suas mãos me bem-queriam enquanto seguravam-me, e seu coração me gostava enquanto batiam em contraste da melodia. Senti-me como no primeiro encontro, onde as mãos coçam por não saber o momento exato de encontra as suas, o estômago armazenam todas as espécies mais gigantes de borboletas, as pernas decidem te tirar todo o equilíbrio e sua voz te faz passar vergonha porque naquele exato momento você não consegue raciocinar, parece que simplesmente perdera todos os anos de escola que tivera para aprendera a falar. 

A noite estava completada, não havia mais quase nada a ser feito. Voltávamos extasiados pela noite, no carro calados. Enquanto a nossa mente reproduzia cada instante que tivemos naquele restaurante. 

 E assim foi a cada curva luminosa que percorríamos, a cada túnel entravamos, a cada quarteirão que deixávamos para traz. E foi assim que encontramos o caminho de casa, o trajeto da nossa garagem. No elevador, você me abraçava por traz como se quisesse gritar ao mundo que eu era exclusivamente sua. Seu queixo fazia um par perfeito para meu ombro pequeno. Você podia não gritar mas eu podia ouvir seu coração falar por você enquanto ecoava junto as batidas do meu coração.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...