História Neymar x Coutinho - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bruna Marquezine, Neymar, Philippe Coutinho
Personagens Neymar, Philippe Coutinho
Tags Copa, Coutinho, Neymar, Yaoi
Visualizações 970
Palavras 1.001
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


1° - ESTOU AMANDO O APOIO E COMENTÁRIOS DE VOCÊS!!

2° - SOU UM BOY :3

3° - É TODO MUNDO GAY, SE NÃO GOSTOU VAI LER FANFIC DE JUSTIN BIEBER

(Acho que é isso. Obrigado e vamos pra essa putaria.)

Capítulo 11 - Gerard Piqué (Season 2)


Fanfic / Fanfiction Neymar x Coutinho - Capítulo 11 - Gerard Piqué (Season 2)

- Acorda, Neymar! Tenho que ir ao aeroporto! – Falei com certa raiva, pois estava o esperando acordar faz um bom tempo. – ACORDA! – Gritei assustando o homem que instantaneamente se sentou na cama, me encarando com um olhar nervoso.


- Você não... – Bocejou. – ...pode fazer esse tipo de coisa comigo. Sou um nenê! – Ri daquela cena. O abracei e aproveitei pra o fazer levantar dali.

- Sei que vai sentir minha falta, assim como sentirei a sua! – Ele me encarou com os braços cruzados. – Mas não precisa fingir dormir pra me fazer ficar mais tempo! – Disse orgulhoso, com um sorriso.



- Acho que você se acha muito, Philippe Coutinho! – Ele se aproximou de mim. – A gente podia acabar com essa sua “marra”, não acha?! – Iria falar quando Ney colocou as duas mãos na minha bunda e à apertou.


- WOW! – Como “vingança”, uma vingança boa, apertei a dele também. – Você realmente sabe como me atrasar, certo?! – Causei um mínimo sorriso nele. – O avião vai sair daqui a pouco! É melhor eu ir... – Completei em um tom triste. Eu não queria ter que ir agora...

- Tudo bem, bobo! – Ney falou se afastando, indo pegar umas roupas pra se trocar. – Espera só um minuto que a gente já vai! – Assenti suspirando. Eu não sabia quanto tempo ao certo iria ficar sem ver aquela pessoa que amava.. Será que a gente iria aguentar?! Não somos um casal a muito tempo... Nosso relacionamento já está forte o suficiente pra aguentar tanto tempo separados? Tantas... Incertezas...



Finalmente chegamos ao aeroporto. A expressão do Neymar não deixava esconder frustração. Ainda do lado dele, segurei uma das mãos dele e continuei andando. Talvez aquilo tenha o ajudado com segurança ou algo assim. É o esperado, pelo menos.

- Neymar! Coutinho! – Nos viramos e demos de cara com uma criança que parecia estar bastante feliz. – Podem tirar uma foto comigo? – Rimos e nos abaixamos, ficando da altura do garoto. Ele então, tirou a foto em um celular. – Muito obrigado! Ah, vocês são um casal muito fofo!!! – Ele saiu correndo nos deixando boquiabertos.

- Por isso eu não esperava! – Ney falou se levantando.



- Percebe-se que essa criança é muito mais evoluída que muita gente! Eu te falei... Tem gente que vai nos apoiar! Você tem que ver o Twitter... – Fiz o moreno rir e suspirar baixo.


Comprei a passagem e me aproximei de Neymar. O puxei pra um abraço, certamente demorado. Ambos ficamos calados durante o ato, apenas sentindo um ao outro. Quando nos separamos ele depositou um selinho em mim.

- Jogue bem!
- Obrigado... Vou entrar agora!
- Entendi. Tchau, Phil...
- Tchau, Ney...



1 mês depois
Estávamos jogando muito bem! Tínhamos acabado de vencer Milan e todo o time estava indo celebrar em um tipo de festejo na praia. Tínhamos dividido o time em 3 carros. Comigo estavam Messi, Piqué e André.

- Philippe! – Messi falou chamando minha atenção. – Quando Ney vai vir? Você vive falando dele...



- É... – Piqué concordou mais baixo. -...vive falando dele...


- Bom, eu acho que nas próximas semanas ele já vem! – Disse tentando acreditar em mim mesmo. – Ou antes, quando ele conseguir uma folga...

- Hehe! Ainda bem que a minha mulher está aqui! – Messi se gabou. Idiota do caralho. – E você, Gerard... – O idiota continuou. – Onde está sua “Waka Waka” esses tempos, hã?! 



- Não há vejo desde o início da turnê dela... – Messi já iria atormentar ele novamente.


- DÁ PRA CALAR A BOCA, PORRA! Estou tentando dirigir, Lionel... – Os três se calaram meio espantados.


Chegamos a praia que já estava cheia para a festa. Descemos do carro e cada um foi para um lugar da festa. Decidi ir ao mini bar que fizeram e me sentei em uma cadeira próxima a bancada de bebidas.



- Uma cerveja, por favor!

- Duas! – Virei ao lado vendo uma figura de cabelos loiros. – Minha conta! – Ele entregou o dinheiro e me entregou uma das garrafas. Depois de um gole que demos ele me encarou com um sorriso de lado. – Valeu por ter calado a boca dele no carro...

- Sem problemas, loirinho! – Mostrei um sorriso a ele e logo brindamos as garrafas bebendo bastante da bebida. – Vamos curtir a festa?! Queria esquecer algumas coisas por um tempo... – Ele deu um sorriso e segurou em minha mão, me puxando ao centro do festejo onde várias pessoas já dançavam com uma música eletrônica.


- Me mostra o que sabe, Phil! – Olhei para Gerard que já começava a dançar com o ritmo da música. Não queria passar vergonha e ficar parado, então comecei a mexer meu corpo tentando dar o melhor que podia. – Me surpreendeu, moreno! Pensava que não sabia curtir “direito”! – Fiz uma falsa expressão de raiva e com um gesto de dança segurei um lado da cintura de Piqué e o trouxe pra minha frente, o surpreendendo por fim com o movimento.

- O que achou, fofo?! - Dei um sorriso besta no final da frase. Soltei sua cintura e o encarei recuperando fôlego. Ele em olhava boquiaberto. - Algum problema, Piqué?! Se você não gost--- 

- Como você consegue?! - Levantei as sobrancelhas.


- Consigo o que?!

- Ser tão perfeito assim. - Arregalei os olhos. Fiquei com o rosto totalmente vermelho.
- P-Para de brincadeira, Gerard! - Tentei sair daquilo. - Olha que eu conto pra Shakira! - Ri nervosamente.

- Ela não está aqui! - Ele se aproximou ainda mais. - Quem está aqui é a gente! É você! - Iria responder quando ele cerrou seus lábios nos meus. Fiquei sem ação por alguns segundos até que me toquei do que estava acontecendo e o empurrei pra trás.


-P-Porque fez isso?!... - Acabei percebendo que todos na praia, praticamente, nos encarava. MERDA!

- Eu já disse! Você é uma pessoa maravilhosa... Sei que você tem algo com o Neymar... Mas eu queria que você pudesse me dar uma chance de mostrar--

- Por favor, Piqué... - Chamei a atenção do loiro. - Fica longe de mim... Não imaginava você assim...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...