História Night - Chaennie (Twoshot) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction Night - Chaennie (Twoshot) - Capítulo 2 - Two

Park Chaeyoung's Point Of View

Seul, Coreia - 00hr28min




Jennie dormia profundamente em meu colo. Lisa e Jisoo tinham ido para os seus quartos pois o filme já tinha acabado. — Eu estava ainda pensando em um jeito de conseguir levar Jennie no colo para o quarto sem acordar ela.

Peguei as coxas dela que estavam em volta da minha cintura e me levantei saindo com ela em meu colo devagar. — Sair da sala foi fácil, o problema era subir as escadas com ela. Coloquei o meu pé no primeiro degrau e fui colocando um por um em cada um dos degraus até conseguir chegar lá em cima.


Vou em direção ao quarto de Jennie e abro a porta devagar para não fazer nenhum ruído. Entro dentro do quarto e ando até sua cama, coloco ela aos poucos na cama sem tentar despertar o sono dela.

Agora que ela já estava abafada em sua cama, saio em passos lentos de perto dela. Tento ao máximo sair do lado de sua cama sem fazer barulho. — Assim que estava perto de sua porta para sair do quarto, escuto Jennie resmungando algo.


— Rosie... — Jennie fala com a voz arrastada e meio rouca por conta do sono.

— Fala meu amor. — Digo baixinho e me virando para ver ela.

— Por favor, dorme aqui comigo hoje? — Pergunta coçando seus olhinhos e me olha fazendo biquinho. — Eu não quero dormir sozinha depois daquele filme.

— Claro que eu durmo com você, Nini. — Não consigo resistir aquela fofura toda e me aproximo deitando ao seu lado. Abraço o seu pequeno corpo e puxo ela mais para perto de mim.


Eu não sei explicar o que estou sentindo por Jennie nessas últimos dias. Eu presto muita atenção em tudo que ela fala, a forma que ela sorri com os seus dentinhos, os abraços que ela me dá, eu fico toda boba com tudo. Sem contar os ciúmes frequentes que eu estou sentindo quando ela está com Lisa ou Jisoo.

— Eu gostei muito de ter ficado praticamente o dia todo contigo. — Jennie confessou quebrando o silêncio que estava no quarto. — Eu senti algo estranho hoje no aeroporto... — Fala e se solta de mim sentando na cama. Faço o mesmo que ela.

— Eu percebi que você ficou estranha... O que você sentiu? — Pergunto à encarando.

— Eu não sei exatamente o que é. — Bufa e coloca as mãos no rosto. — Bem, eu fiquei incomoda quando te vi de mãos dadas com a Lisa no aeroporto hoje. — Vira seu rosto para mim também me encarando. — E senti a mesma coisa quando cheguei em casa e vi ela próxima de ti na cozinha.


Fico sem saber o que responder para Jennie, pois fiquei surpresa com as suas palavras. Será que ela sente o mesmo que eu?

— Mas porque isso, Jen? — Pergunto sem entender.

— Eu nunca senti isso antes, foi tão de repente. — Disse olhando para baixo. — Mas eu acho que o motivo é ciúmes, Rosie. — Bingo, ela realmente sente o mesmo que eu.


— Ei, olha para mim. — Digo segurando em seu queixo delicadamente e levantando o seu rosto. — Eu sinto o mesmo em relação a ti quando você está com as meninas, não é sempre, mas senti bastante ciúmes de ti nesses últimos dias. — Pauso um pouco. — Também têm outras coisas que eu estou sentindo... — A vergonha agora estava batendo forte em mim. Droga.

— E o que seria essas coisas? — Jennie agora me olhava atenciosa.


— Eu... — Respirei fundo e continuei. — Eu sinto meu coração acelerar toda vez que sinto você perto de mim. Quando você fala alguma coisa com sua voz fofa, meu coração se derrete por inteiro. Seu sorriso me faz um bem tão grande, fico toda boba só de ver você sorrindo ou dando risada de algo. — Nesse momento eu já estava com os meus olhos fechados sem me importar com mais nada. — Jennie, eu acho que estou apaixonada por você.


O quarto ficou sem um grande silêncio. Nada era dito, somente as nossas respirações eram ouvidas. Abri meus olhos e fico olhando um ponto fixo da parede, não iria conseguir olhar para Jennie. Com certeza agora ela iria ficar estranha como por saber sobre isso e nossa amizade iria mudar drásticamente. — Me encolhi na cama e abracei os meus joelhos. Não era isso que eu queria. Depois de alguns minutos, sinto sua mão tocando em meu cabelo.


— Rosie... — Ela fala querendo que eu olhasse para ela, mas não consegui. — Hoje quando nós estávamos abraçadas no sofá, eu senti uma sensação muito boa e toda vez que eu ouvia a sua voz no meu ouvido, me arrepiava toda. — Pausou por um momento e eu olhei para ela dessa vez. — Na cozinha quando você foi pegar água, eu fiquei analisando todo o seu corpo, confesso que até demais. — Disse com vergonha se escondendo com as suas mãozinhas.


Confesso que fiquei envergonhada também quando ela me disse isso, mas no fundo eu gostei de saber disso.

— Eu acho que estou apaixonada por você também... — Jennie disse com a voz abafada mas eu consegui entender.

— Você o quê...? — Perguntei com um sorriso bobo no rosto.

Ela tirou as mãos do rosto e olhou profundamente nos meus olhos. — Eu estou apaixonada por você também, Chaeyoung. Não finja que não escutou. — Disse cruzando os braços.

Chegava a ser assustador o quão rápido Jennie consegue mudar da água para o vinho. — Sorrio alegre sem acreditar que aquilo era real mesmo.

— Argh, Fala alguma coisa. — Disse me empurrando com o braço.

— Desculpa, é que eu estou sem acreditar ainda. — Falo sorrindo mais ainda. — Me belisca, por favor. — Fecho os olhos esperando ela fazer o que pedi.

— Não seja boba, Rosie. — Jennie disse dando risada. — Agora abra os olhos e me dá um beijo.

Nessa hora meu coração parou e voltou parecendo que ia sair pela boca. Ela estava realmente pedindo um beijo meu?

— O-O quê? — Gaguejo sem perceber.


Ela sobe em cima de mim se sentando em meu colo, coloca as mãos em torno do meu pescoço e aproxima seu rosto do meu.

— Me beija. — Ela sussurra bem perto da minha boca.


Não esperei por mais nada. Colei nossas bocas em um beijo calmo. Peguei em sua cintura puxando ela para mais perto do meu corpo. — Sinto sua língua pedindo permissão para mim, dou passagem e um choque passou por todo o meu corpo quando nossas línguas se encontraram. Deslizei minhas mãos em sua bunda e apertei fazendo Jennie arfar com o ato.


Nosso beijo estava cada vez mais quente e nós ficando sem ar para continuar. — Sem aguentar mais, nos separamos e colocamos nossas testas com a respiração ofegante.


— Foi o melhor beijo da minha vida. — Jennie disse respirando fundo. Abro meus olhos e sorrio para ela, dou vários selinhos nela fazendo ela sorrir também.

— Para mim também. — Disse abraçando ela forte, quase esmagando de tão feliz que eu estava.



Essa com toda certeza é a melhor noite possível.



Kim Jennie's Point Of View 

Seul, Coreia - 08hrs14min




Me espreguiço na cama e sinto uma perna sem cima de mim. Olho para o lado e Rosé dormia profundamente, ela é totalmente linda. — Ontem ficamos nos beijando e dando vários carinhos uma na outra até pegarmos no sono.

Tiro sua perna de cima de mim e viro para o lado fazendo carinho em seu rosto. Uma mecha de cabelo caiu sob seu rosto e quando fui tirar ela, a porta foi aberta escancaradamente fazendo um barulho alto por Lisa. — Rosé abre os olhos com o barulho e eu olho para Lisa quase matando ela com o olhar. Essa garota me paga.


— Bom dia, flores do meu dia. — Lisa falou e Jisoo apareceu logo atrás.

— Vocês dormiram juntas essa noite? — Jisoo perguntou confusa.

— Sim, eu fiquei com medo e pedi para a Rosie ficar comigo nessa noite. — Digo explicando.


Rosé se espreguiça e me abraça fazendo eu sorrir feito boba com isso. — Entrelaçamos nossas pernas e ficamos agarradinhas.

— Ok, vocês estão mais grudadas que o normal hoje. — Jisoo comentou fazendo aquela carinha.

— Que brega! — Lisa falou fazendo nós todas rirem.




Eu e Rosé levantamos e fizemos nossa higiêne matinal para tomar café com as meninas. — Já estávamos todas na mesa comendo e jogando conversa fora. Rosé não parava de me olhar e sorrir, eu também sorria e ficava toda envergonhada com os olhares dela para mim.


— Beleza, podem contando o que está rolando entre vocês. — Jisoo disse olhando para nós duas. .

— Rolando entre nós? — Me fiz de desentendida e olho para Rosé que também estava se fazendo com uma cara de confusa.

— Ah, qual é! Vocês estão todo o momento se rindo uma para a outra com olhares apaixonados e vão me dizer que não é nada? — Lisa questionou. — Desembucha.


Olho para Rosé sem saber o que fazer, as meninas tinham nos pegado e agora não daria para mentir para elas. — Rosé suspira e se vira olhando para elas.

— Eu e Jennie estamos apaixonada uma pela outra e estamos ficando. — Rosé fala tudo rápido e curto para elas. — Satisfeitas?


— NOSSO CHANNIE É REAL, JISOO! — Lisa gritando pulando fora da cadeira e indo até Jisoo. Elas se abraçaram e fingiram estar chorando de emoção.

— Os filhos crescem muito rápido. — Jisoo secou sua lágrima imaginaria.

— Meu deus do céu... — Rosé comentou. — Vocês não estão surpresas com nada disso? — Perguntou.

— Não. — As duas responderam juntas e eu olhei para Rosé desacreditada.

— Cara, vocês se comiam com os olhos na frente de todo mundo praticamente, estava na cara que algo tinha entre vocês. — Lisa falou sincera.


— Realmente, mas independente de tudo, nós somos uma família e iremos apoiar o relacionamento de vocês duas, mesmo que seja difícil encarar ele. — Jisoo veio em nossa direção e nos abraçou.

— Ei, eu também quero esse abraço! — Lisa emburrou Jisoo para o lado e se meteu entre a gente nos abraçando também.



Qualquer coisa pode acontecer e nós BLACKPINK, sempre seremos uma família e cuidaremos uma das outras independente de tudo. Eu amo muito minhas garotas e espero que elas nunca mudem os seus jeitinhos de ser.

Fim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...