1. Spirit Fanfics >
  2. Night. >
  3. Night

História Night. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Night


夜 – Night

 

A noite é minha amiga. A noite parece ser mais cruel, mais real, do que o dia.

A luz do dia pensa que pode iluminar todo o mundo e tornar as coisas claras. 

Mas os mundos das pessoas não estão destinados a serem claros. Clareza não é natural. O caos é. 

E neste caos eu estou vivendo noite após noite. Eu tento ficar acordado, mas às vezes as minhas pálpebras apenas se fecham e eu adormeço. 

Sonhos estão acabando comigo, porque eles não são reais e eu ainda vejo esses cenários. Isso não é cruel? Isso é o que a noite faz comigo. 

Você nunca vai ser meu. 

Quando eu durmo, minha mente me mostra o que eu estou desejando.

O que o meu corpo está desejando. O que o meu coração está desejando. 

É você. 

Eu quero tocá-lo, sentir a profundidade da sua alma e preencher seus olhos vazios. 

Ser responsável pelo seu sorriso, sua melancolia, sua insegurança e sua segurança. 

Eu quero ouvir você gemer em meus braços, chorar em meus braços e rir em meus braços. 

Eu quero que o meu coração pare de me rasgar, ele está sangrando. O sangue é a única coisa que ainda está preenchendo-o, de qualquer maneira. O que aconteceria se algum dia ele ficasse sem sangue?

Eu nunca quero que você veja estes lados do meu eu. 

Eles são escuros. Eles são ocos. Eles não são bons para você. 

Você precisa de alguém forte, alguém que possa solucionar seus problemas. 

Eu quero ser aquele que é inquebrável, aquele que está em ordem, aquele que pode dizer-lhe que você é incrível, e não precisar conhecer a si mesmo. 

E eu ainda quero você. Meus sentimentos estúpidos não vão desaparecer, mesmo se eles não forem correspondidos.  

Mesmo que eu não queira amar você, para o seu próprio bem.

Eles não vão me deixar em paz, assim como a noite. 

Noite, por que você faz isso? Você está tentando provar a minha própria fragilidade para mim? 

Você me torna a pessoa que eu não quero ser.

O dia me faz pensar que eu não sou mais assim. 

Mas sua escuridão está me mostrando o outro lado de todas as coisas no mundo, principalmente de mim mesmo. 

Você faz a música soar diferente, você vira o significado de palavras escritas, você as faz soar como mentiras fúteis em sua sabedoria cruel. 

O dia grita "esta é a realidade! Isso é importante!" na minha cara, mas ele só recebe de volta em um sussurro "é tudo mentira. O eu que você fez é uma mentira", e eu não sou mais quem eu pensava que era. 

Você é cruel e você é linda, porque eu sempre preferi a verdade.

Amanhã, quando a luz do sol brilhar quente sobre o meu rosto, eu ficarei aliviado porque a noite acabou; mas agora prefiro viver nesta transparência temporária de um possível pedaço de mim mesmo, do que me sentir bem. 

Você, meu amor, você algum dia entenderia meus sentimentos? Meus sentimentos pelo mundo, meus sentimentos por mim mesmo e meus sentimentos por você? 

Tenho que me desculpar, eu sou uma bagunça. Essa é a minha verdade provisória. 

Só agora, eu percebi que sempre ergui os olhos e encarei o céu noturno, mas nunca contei as estrelas.

O cosmos não é prioridade à noite.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...