História Night Creatures - Capítulo 23


Postado
Categorias Barbara Palvin, Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Chris Argent, Derek Hale, Jackson Whittemore, Lydia Martin, Personagens Originais, Peter Hale, Stiles Stilinski
Tags Alisson Argent, Barbara Palvin, Derek Hale, Lobisomens, Scott Mccall, Teen Wolf
Visualizações 59
Palavras 2.182
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu agora no início de cada capítulo quer dizer quando eu lembrar vou colocar algumas frases.

Capítulo 23 - "Restraint"


"O problema das mentes fechadas é que elas sempre tem as bocas abertas"

Era de estava na minha antiga casa,a casa que  morava antes ir para a da Melissa. Eu custumo vir para aqui quando quero ficar sozinha ninguém sabe que eu venho para aqui e ninguém vem para aqui também. Aqui e muito silencioso eu só consigo ouvir o som da cachoeira que tem aqui perto e por causa da audição de lobisomem. 

(...)

-Eu não entendo porque gostas tanto de tirar fotos da lua. -disse o Matt 
-Como tu dizes a lua chama a minha atenção não es tu que dizes que tirar fotos do que te chama a atenção. -eu disse 
-Parabéns. -ele disse 
-O quê? -perguntei 
-Já passou da meia-noite e teu aniversário. 
-Eu nem lembrava. -eu disse e sorri e ele retribuiu o sorriso.
-Agora tens 17 anos. -ele disse -Tu es mais velha. 
-Sabes como e que eu sou em relação a escola. -nos rimos e de repente ele tirou una foto minha -Posso ver? -perguntei e ele concordou com a cabeça e entregou e câmera e eu vi a foto e fiquei chocada.
Porque os meus olhos não brilharam? 
Eu como sou lobisomem os meus olhos nas fotos ficam com brilho e a foto não ficou assim. 
-Tu já pensaste em que faculdade vais? -perguntou 
-Eu nem sei se vou para a faculdade. 
-Tu não precisas te fingir de burra. Tu es inteligente muito inteligente. -ele disse e eu sorri 

(...)

Eu entrei no meu quarto e vi o Derek sentado na minha cama,ele provavelmente entrou pela janela.
-O que fazes aqui,Derek? -perguntei 
-Eu te liguei mas não atendeste. -respondeu e eu olhei o celular e vi 4 chamadas dele.
-Desculpa eu estava com o Matt. -eu disse 
-Tu tens andando muito com ele,não achas? -ele perguntou 
-Estás com ciúmes? -perguntei 
-Claro que não. -eu tiro a minha jaqueta e me sentei no colo do Derek com as pernas de cada lado dele 
-Tu sabes que não precisas ter ciúmes dele... -eu dava selinhos no rosto e nos lábios dele enquanto falava -Tu sabes que eu te amo. -eu dei selinhos no pescoço e me puxou pela nuca e me beijou e eu retribui.
As mãos dele foram ate a borda da minha blusa e estendi os braços para cima e ele tirou a blusa e logo voltamos a nos beijar e eu tirei a blusa dele rapidamente e logo as calças. 
-Apressada. -disse o Derek e atacei os seus lábios como se fosse o nosso último beijo e ele me deitou na cama.
Eu me virei fazendo ele ficar por baixo de mim e logo em seguida ele me virou e o abajur que estava ao lado da minha cama caiu fazenda com que ele quebrasse.
-Desculpa. -ele disse 
-Tudo bem. -eu disse.
Nos voltamos a nos beijar e eu me virei de novo e logo em seguida ele me virou de novo. 
Tudo bem vamos ficar neste vira vira. -pensei
Eu o virei e nos os dois caímos da cama e rimos.
-Isto foi culpa tua -ele disse e de repente alguém bateu a minha porta e nós nos levantamos do chão e eu peguei a minha blusa no chão e vesti e o empurrei para o armário e fechei a porta e vi as roupas dele no chão e escondi em baixo da cama e fui abrir a porta.
-Esta tudo bem? Eu ouvi barulho coisas a quebrar. -disse a Melissa 
-Esta tudo bem eu que deixei o abajur cair. -eu respondi e ele entrou no quarto e se agachou no chão e começou a colher os cacos e de repente o Chris entrou no meu quarto.
-O que faz aqui? -perguntei 
-Eu quero que venhas passar uns dias na minha casa. -ele respondeu 
-Tudo bem quando eu que eu vou? -perguntei 
-Agora. 
-Agora? 
-Sim algum problema?
-Não nenhum e so que e tão de repente. -eu disse 
-Eu entendo pelo que estou ver já estavas a vestir o pijama. -ele disse 
-Como assim?
-Tu estas com a blusa ao contrário. -eu olhei a minha blusa e vi que estava mesmo ao contrário.
-E pois eu estava a me vestir. -eu disse -Podem me dar uns minutos para eu arrumar uma mala e ajeitar as minhas roupa? -perguntei
-Claro. -respondeu a Melissa e saiu do quarto e eu fechei a porta e o Derek saiu do armário e eu peguei as roupas dele e atirei para ele.
-Veste-te que eu tenho que arrumar as malas. -eu disse e tirei a blusa e logo vesti de novo só que direita e peguei a minha mala e comecei a colocar as roupas lá dentro sem me importar se estavam bem postas ou não e o Derek saltou a janela mas antes me deu um selinho.

(...)

Eu estava com a Allison na biblioteca nos estávamos a tentar disfarçar que estávamos a tentar conversar com o Scott e o Stiles das câmeras. A Allison tirou o tablet da bolsa e passou como se fosse un livro para o Scott e o Stiles que estavam do outro lado.
-É tudo que a Lydia conseguiu traduzir. -disse a Allison -E acreditem,ela ficou bem confusa. 
-O que disse a ela? -Scott perguntou 
-Que participamos de um jogo online que combate criaturas lendárias. 
-Eu participo de um jogo assim. -disse o Stiles e nós olhamos para ele.
-Ótimo. -eu e a Allison dizemos 
-Diz como encontrar quem está controlando ele? -perguntou o Scott 
-Na verdade,não. Mas Stiles tinha razão quanto aos assassinatos. -eu disse -Chamam o Kanima de arma de vingança. Há uma história sobre esse padre da América do Sul que usava o Kanima para executar assassinos em sua aldeia... 
-Tudo bem,viu? Talvez não seja tão ruim. -disse o Stiles 
-Até fortalecer a ligação para matar quem ele quisesse. -disse a Allison 
-Ruim,muito ruim mesmo. -disse o Stiles 
-Mas tem uma coisa. -eu disse -Na verdade,o Kanima era para set um lobisomem. Mas não pode... -eu me calei quando uma mulher se aproximou e colocou um livro na prateleira
-"Até resolver algo no passado que manisfestou isso." -o Scott leu um trecho do texto 
-Se isso signit que Jackson precisa de muita terapia, eu mesmo poderia ter dito. -disse o Stiles 
-E se... Tiver algo a ver com os pais dele? -perguntou a Allison -Os pais biológicos.
-Alguém sabe o que houve com eles? -perguntou o Scott 
-Lydia deve saber. -disse o Stiles 
-E se não souber de nada? -perguntou o Scott 
-Ele não tem uma ordem de restrição contra mim... Eu mesma falarei com ele. -disse a Allison 
-O que eu faço? -perguntou o Scott 
-Você tem uma prova substitutiva,lembra? -ela perguntou e  colocou a mão em cima da do Scott 
-Prometa. -ela disse 
-Se ele fazer qualquer coisa,você corre para outro lado. -ele disse e eu revirei os olhos 
-Posso cuidar de mim mesma. -disse a Alli 
-Se você se machucar enquanto estou ocupado com uma prova idiota,alguém terá que cuidar de mim. -eu suspirei sem paciência para estes dois -Se ele fizer qualquer coisa... 
-Do tipo? 
-Qualquer coisa... Estranha ou bizarra... Qualquer coisa. -de repente o Stiles colocou a cabeça na prateleira e disse:
-Qualquer coisa malvada! -eu empurrei a cabeça dele 

(...)

Eu e a Allison olhamos para o Jackson que entrou no vestiário masculino e a Allison ficou parada e eu revirei os olhos e me aproximei da porta e quando ia abrir alguém abriu primeiro me assustando revelando o Matt.
-Você me assustou,Nina. -ele disse 
-Desculpa,eu só... Nada. -eu disse
-Belos saltos. -ele disse 
-Eles são da Allison os pés dela estavam doendo e eu fiquei com os saltos dela. -eu disse 
-Por isso que não uso os meus. -ele disse 
-O quê? 
-Esqueça. -ele disse -Eu ontem não consegui te perguntar mas ouviu falar do show de underground? Aparentemente,terão alguém famoso. 
-Tipo uma rave? -perguntei 
-Não é uma rave se a gente não "frita". Eu chamo só de festa. Mas tenho um amigo que consegue ingressos,se quiser. Quer que eu pegue um para você? -ele perguntou 
-Claro. 
-Mesmo? Certo,legal. -ele passou por mim -É na sexta-feira... Mal posso esperar. -ele disse e eu ouvi o Jackson a fazer um barulho estranho parecia que estava a vomitar e a Allison correu ate mim e nos íamos entrar no vestiário mas o meu celular tocou.
-Deixa que eu vou sozinha podes ir embora. -ela disse e eu concordei com a cabeça e me afastei e atendi o celular.

(...)

Eu fui para o lado da Erika e do Stiles e ouvi ela falar uma coisa sem sentido e nos os três olhamos para o chão e vimos água e logo a porta foi aberta e o Scott caiu de costas no chão e o Jackson foi para cima dele e a Erika e eu seguramos o Jackson e o Stioe ajudou o Scott a levantar do chão.
-O que está acontecendo? -perguntou o professor e eu notei que tinha um monte de gente a observar tudo. 
-Já chega! Chega! -ele se aproximou de nós -O que os idiotas pensam que estão fazendo? Jackson! Acalma-se! Sr.  McCall, quer se explicar? Stilinski? 
-Derrubou isso. -disse o Matt e estendeu o tablet e o professor pegou 
-Você e você... Na verdade,todos vocês. Detenção às 15h. 

(...)

Nos entramos todos na biblioteca. Alguém pode me explicar porque o Matt também está aqui? Ele não fez nada só entregou o tablet.
-Não podemos pegar detenção juntos. -disse o Jackson -Tenho uma ordem de restrição contra esses idiotas. 
-Todos os idiotas? 
-Não, só nos dois. -disse o Stiles apontando para o Scott 
-Esta bem. Vocês dois,ali. -ele apontou para outra mesa. 

(...)

O Jackson de repente começou a gemer de dor com a mão na cabeça e se levantou da cadeira.
-Você está bem? -perguntou o Matt 
-Preciso ir ao banheiro. -ele respondeu 
-Está tudo bem? -perguntou o professor -Não parece bem.
-Só preciso de água. -disse o Jack e saiu 
-Ninguém saia do lugar. -disse o professor e foi atrás dele e Stiles e Scott imediatamente se levantaram e sentaram ao lado da Erika que eu nem fiz questão de ouvir a conversa. 

(...)

O Jackson e o professor entraram na biblioteca e o Jackson sentou-se de novo no lugar.
Nos começamos a nós levantar e o professor riu e nós olhamps para ele.
-Não, desculpa. Sim,estou indo embora. Mas nenhum de vocês está. -disse o professor -Vocês sairão quando acabarem de guardar os livros. -ele apontou para duas estantes cheias de livros -Aproveitem o resto da noite. -ele saiu

(...)

-Ele nascei após a mãe morrer,de cesariana. -disse o Stiles -Tiveram que tirá-lo do cadáver dela. 
-Foi acidente ou não? -perguntou a Allison 
-A palavra em todo o relatório é "inconclusivo". -disse o Stiles 
-Os pais dele podem ter sido assassinados? -perguntou o Scott 
-Se foram,combina com o mito do Kanima. Sabem? Caça e mata assassinos. -disse o Stiles 
-Mas por Jackt ou por quem o controla? -perguntei 
-Precisamos falar com ele. -disse o Scott -Precisamos contar a ele. 
-Ele não vai... -a Alli tentou falar e alguns segundos depois ouvimos barulho de coisas a quebrar e as luzes em cima de mim da Allison e do Stiles quebraram e nós caímos no chão e eu me transformei 
Levantei no chão e o Jackson passou por mim e eu cai no chão imóvel do pescoço para baixo. Mas mesmo assim consegui ver o Jackson e de repente ele parecia um zombi e começou a escrever no quadro a zombie e quando ele terminou de escrever dizia: 
" Saiam do meu caminho ou matarei todos vocês " 
Ele saiu pela janela e os três se aproximaram do quadro e eu consegui voltar ao normal.
Eu pensava que isto durava mais. 
Eu me aproximei dos três e olhamos para trás e vimos a Erika e o Stiles correu até ela.
-Ela esta tendo um ataque. -ele disse 

(...)

-Ele está vivo. -disse a Allison se referindo ao Matt.
-Precisamos levá-la a um hospital. -disse o Stiles 
-Derek... Apenas ao Derek. -disse a Erika
-Quando levarmos ao hospital... 
-Ao Derek... -a Erika interrompeu o Scott -Ao Derek. 
-Vá. -disse a Allison e o Scott se levantou e foi ate ela e eu nem ouvi a conversa deles vai ser mais uma daquelas conversas deles que me deixam com vontade de vomitar. 
Alguns minutos depois o Scott voltou e pegou a Erika no colo e nós os quatro menos a Allison que ficou com o Matt que estava desacordado saímos da biblioteca. 

(...)

-Segurem-na. -disse o Derek 
-Ela vai morrer? -perguntou o Stiles 
-Pode ser... -o Derek pegou o pulso dela -Por isso auê vai doer. -ele quebrou o braço da Erika que gritou de dor 
-Quebrou o braço dela! -disse o Stiles 
-Atirei o processo de cura. -disse o Derek -Preciso tirar o veneno. E onde realmente vai doer. -ele apertou o pulso dela até sair sangue e ela gritou mais alto e logo se calou.
-Stiles... Você faz um otimo Batman. -disse a Erika e logo em seguida desmaiou 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...