História Night Fall ( A noite cai ) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki
Tags Diabolik Lovers, Drama, Lemon, Romance, Sobrenatural, Yaoi
Visualizações 44
Palavras 1.504
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bonn après-midi!!
( boa tarde )
Tudo bem com vocês? Aqui está o novo capítulo, espero que gostem. Vou deixar a tradução de algumas frases aqui, que estarão no capítulo.

Mon amour = meu amor

Mes fèlicitations = parabéns!

Merci beaucoup = muito obrigado!

Je ne comprends pas= eu não compreendo /eu não entendo.

Je comprends parfaitament = eu entendo perfeitamente!

E é isso aí! Se tiver alguma dúvida pergunta nos comentários; boa leitura!

Capítulo 14 - Meu noivo.


Fanfic / Fanfiction Night Fall ( A noite cai ) - Capítulo 14 - Meu noivo.

Por :

~BruxinhaYumi


Depois de dar comida ao cônjuge, beijei sua testa gentilmente o fitando nos olhos.

 Eu estava tão contente que acho que minha cara agora era de idiota. Ri passando a mão pelo cabelo dele. 

Kamy - hm? O que foi? 

 - nada... Amor... 

 Vi seu rostinho sardento corar e ele o virou sorrindo bobo. Isso foi tão fofo! Talvez eu estivesse sonhando outra vez. 

 Levei um as duas mãos até seu rosto pressionando as bochechas ; virei-o para mim e lhe dei um selinho, sussurrando em seguida pausadamente.

 - MON A-mo-ur... 

 Seu rosto agora se via todo corado e sua expressão surpresa era como colírio para os meus olhos. Se realmente eu estivesse sonhando iria querer que durasse para sempre. Estendi a mão para ele.

 - vem, vamos tomar um banho... Depois disso eu e você vamos até uma joalheiria...

 Kamy - está bem... 

 Segurou minha mão, mas logo desviou o olhar para o pequeno.

 Kamy - e o Bhryan?

 - ele vai com a gente...

 Falei sorrindo e o ruivinho me olhou com seus olhos brilhando. 

 - mas não quero deixar ele aqui só. E se um de seus irmãos pegarem ele ? 

 Chi - eu fico com ele.

 Sorriu meiga. 

- Chi!! 

 Ryuu - Taran!!

 Saiu detrás da albina.

 Kamy - Ryuu!! 

 O pequeno Ariano veio correndo até kamy, o abraçando. Era bom ele ter conseguido conversar com o amigo depois de muito tempo. 

 Ryuu - tão bom te ver! 

 Kamy - onde está o reiji? 

 Ryuu - está dormindo! Ele não sai mais da minha cola!

 - aish! Então é melhor voltar antes que ele perceba que você saiu.

 Ryuu - ele não vai acordar agora, disse que eu o acordasse quando fosse 3 horas para que ele fizesse chá.

 Falou pegando o Bhryan no colo. Eles dois realmente pareciam felizes em encontrar um ao outro, confesso que me arrependo um pouco de ter afastado ambos.

 Ryuu - ele se parece muito com você! 

 Chi - parece mesmo! Como pode isso? 

- bom eu vou tomar banho... Com meu noivo.

 Ambos - estão noivos?

 Kamy - sim! 

 Ambos - que maravilha!! 

 Ryuu - Mes Félicitations!! 

Exclamou e eu fiquei boiando. Hã? Do que estavam falando? 

 Kamy - Merci, Merci beaucoup!! 

Respondeu e deu a entender que estava agradecendo.

 - Je... N-ne... Pas... Compreends


Tentei! Mas não saiu muito certo e Ryuu começou a rir da minha cara junto ao meu noivo. Meu próprio noivo! 

 Fiz biquinho olhando kamy.

 Kamy - quis dizer; "Je ne comprends pas "??

 - J-Je comprends perfei-... Parfaitament... 

Cruzei os braços.

Eles riram novamente e eu fiz uma expressão emburrada. Droga! Não tenho culpa se ele não me ensina. 

 Kamy - esse você falou certo amor!

 - então por que rindo da minha cara? 

Kamy - por que você fala cantando! 

 Cantando? Hã? Fiquei observando confuso e o olhei reto com uma pitada de safadeza. 

 - você terá seu castigo...

 Encarei seus olhos vendo o mesmo corar. Chi e Ryuu levantaram cuidando do bebê.

 Chi - vamos para o jardim, quando terminarem podem nos encontrar lá.

 - está bem.

 A albina segurou o pulso de Ryuu, sumindo. Voltei a atenção para meu cônjuge e o puxei rapidamente para mim.

 - você vem comigo!

 Carreguei-o para o banheiro, colocando este na banheira. 

 Kamy - ta com raiva?

 - não... Mas não gosto de ser zuado então...

 Comecei a tirar a roupa dele devagar e depois a minha, entrando na banheira. Que saudade... Saudade daquele corpo esquentando o meu... 

Kamy - o que foi?

 Perguntou enquanto se lavava. Aproximei-me dele devagar encostando nossos lábios um no outro, segurando seu rosto e aprofundando mais o beijo. Senti suas mãos tocarem minha nuca, assim como seu nariz gelado toda vez que eu tinha que virar o rosto. 

 Alisei sua bochecha gentilmente com o polegar adentrando a língua em sua boca, sentindo cada parte dela; finalizei o beijo, mordendo levemente seu lábio inferior ouvindo a respiração ofegante e quente dele bater em minha face. Era tão bom... Tocá-lo novamente. 

Porém já estar cuidando dele era ótimo. Encostei nossas testas por longos segundos ouvindo a respiração confortante dele

. -ei... 

 Kamy - HM? 

 - depois da joalheiria vamos dar um passeio. 

 Kamy - está bem.


 ******** 


Kamy - já pode me devolver... 

Pediu e o bebê o olhou.

 Bhryan- papai! 

 Esticou os bracinhos e eu sorri bobo. Aquele pestinha não era tão ruim!   

Ryuu - ele é muito fofo! 

 Entregou-no para meu noivo.

 - vamos? 

 Kamy - sim!

 Chi e Ryuu - boa sorte! 

 Acenaram e eu concordei.

 - melhor voltar para o quarto, Ryuu, só um aviso.

 Kamy, eu e o bebê nos dirigimos para fora da mansão, caminhando em direção a joalheiria.

 Bhryan - papai! Olha!

 Apontou para a loja de brinquedos.

 - não vou comprar nada pra você. 

Kamy - own... Subaru deixa de ser mau!

Papai coruja.


Subaru - não! O dinheiro que eu tenho é para outra coisa! 

 Kamy - eu compro um ursinho pra você! 

 Bhryan - eeeeee!! 

 O pestinha bateu as mãos igual uma foca. Droga eu não aguentava isso! Poderia até ser meu filho mas estava roubando a atenção do meu noivo! 

 Fiz biquinho, cruzando os braços com ciúmes. 

 - kamy! 

 Kamy - qual você quer? 

 Não teve jeito, tive que entrar na loja com os dois para escolher um brinquedo... Ah! Eu mereço...! 

 Bhyan - o usim, papai! 

 Apontou para o bicho de pelúcia que mais parecia o Teddy do meu irmão.

 Kamy- então vamos comprar! 

Pegou o troço, indo comprar. Depois de feita a compra, ambos saíram da loja com ele.

 Kamy - é fofo. Igual você! 

 - aish!...

 Caminhei atrás, apressando o passo e segurando a mão do MEU ruivinho. Ele tava roubando meu noivo! 

 - ei! Ele é meu. 

 Bhryan me olhou confuso e agarrou a pelúcia mordendo sua orelha. Raios!! Eu estava com ciúme de uma criança. Não! De um bebê! 

 Kamy - subaru, para com isso! Ele não está fazendo nada. 

 - droga, poderia me dar mais atenção também. 

 Kamy me olhou sorrindo. 

 Kamy- quer um também?

 Fiz uma expressão emburrada. Virei o rosto, colocando a outra mão na cintura, depois levei até o cabelo sem jeito, sorrindo sem graça e fechando os olhos.

 - eu quero! Qualquer coisa que você me der está bom!

 Ele riu meigo me puxando pela mão até a loja novamente. Comprou-me um coelho e entregou-lhe para mim. 

Kamy -pronto! Ele tem olhinhos vermelhos e é Branquinho igual você! 

Sorri olhando o coelho.

 - vem!

 Puxei-o correndo para a joalheria.   

Kamy - vai com calma! 

 Riu e chegando lá, fui direto até o vidro procurar uma aliança. Meu sonho estava prestes a se realizar! Eu me casando com alguém que amo... Alguém que eu fui capaz de amar além da minha mãe... E que dessa vez... Dessa vez era recíproco. Virei-me para ambos. 

 - qual vai querer? 

 Kamy - nossa aliança? 

 Concordei esperando ele escolher.

 Kamy - essa...

 Apontou para a aliança. A aliança era dourada, tinha alguns cubinhos. Nada muito exagerado.

 - está bem. Quero essa... Ponha na conta do Karlheinz...

 Kamy me olhou levemente assustado. 

 - calma amor, tá tudo bem. 

 A vendedora concordou, ajeitando as alianças; colocou-nas em uma sacola da loja e as entregou para mim. 

 Vendedora - mais alguma coisa? 

 - sim... Aquele negócio que eu mandei fazer ontem pelo what's... 

Vendedora - ah, sim! Uma ótima escolha. 

 Kamy - o que foi? 

 A moça me entregou uma pequena sacola e eu tirei uma caixa de dentro da mesma. Abri a caixa lhe mostrando um colar.

 Era uma estrela com uma lua dentro. 

 Kamy - que lindo! 

 Sorriu olhando o colar. Tirei seu cabelo do meio o colocando no Ruivinho e sorri.

 - gostou? Vi num dorama. 

 Ele me olhou confuso mas não ligou muito, apenas observou um pequeno detalhe.

 Kamy - por que a lua está dentro da estrela? 

Aproximei-me de seu ouvido, sussurrando apenas para o tal de forma provocante. 

 - por que a lua é penetrante meu amor... Igual a mim...

 Disse sorrindo e ele corou abraçando o bebê. 

 Kamy - você é muito engraçadinho ne? Paga a mulher.

 Ri e beijei sua testa.

 - eu já paguei, menos as alianças.   

Sorri segurando sua mão e saindo da loja com ele.

 - amanhã vamos começar a procurar as coisas para o nosso casamento. 

 Kamy - não é como se fossemos nos casar próxima semana. 

 - nós vamos. Quanto mais rápido melhor, não vai andar mais por aí sem essa aliança.

 Kamy - nossaaaa... Ciumento. 

 - ciumento? claro que não... 

 Ele riu com o bebê. Agora meu filho estava rindo de mim?

 - tão rindo do que ?? 

 Desviei o olhar para o colar dele, depois a sacola na minha outra mão ,com as alianças.

 Eu estava nervoso e ansioso, espero que nada dê errado.

 […] 

 "O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela estará ali do seu lado." 

 -Mario Quintana   


Créditos do colar ao dorama : Boys Over Flowers


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim.
Pra quem gosta de dorama, deixei no final o nome deste, que foi meu primeiro dorama; se estiver interessado da uma olhadinha depois ^^


Jusqu'au prochain chapitre!
( até o próximo cap )
Au revoir 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...