História Night Life - Satzu - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Red Velvet, TWICE
Personagens BamBam, Chaeyoung, Dahyun, Irene, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jihyo, Jinyoung, Jisoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Rosé, Sana, Seulgi, Tzuyu, Yeri, Youngjae, Yugyeom
Tags Sana, Satzu, Twice, Tzuyu
Visualizações 60
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Ghost


Fanfic / Fanfiction Night Life - Satzu - Capítulo 7 - Ghost

Tzuyu on

Tzuyu acordou animada , ela havia rapidamente feito suas higienes matinais e trocado sua roupa passando apenas uma maquiagem básica. Hoje ela iria encontrar sua amiga no aeroporto com o carro de sua avó.

Ela já se encontra com o carro estacionado em frente ao local esperando-a com um sorriso no rosto quando avista a mesma que por pouco não a reconhecerá, ela acena com a cabeça com um sorriso carinhoso em seu rosto, logo depois entrando no carro da taiwanesa.

Tzuyu havia a conhecido em Taiwan durante um intercâmbio optado pela garota que queria conhecer o lugar, Tzuyu foi a primeira a falar com ela , a mesma até a ajudou com o chinês, mandarim pode ser realmente difícil, a morena não podia negar que sentia uma certa paixão secreta não correspondida pela outra garota, quando a mesma ligou para ela falando que iria para Seul para focar em sua vocação, foi como se Tzuyu tivesse voltado aos velhos tempos, mergulhado no passado.

-Oi Tzu!-ela fala alegre

-Oi Minari!- falo dando a partida no carro de minha avó.




-Mina a casa é da minha avó, só não toque em nada dela por favor, tirando isso fique a vontade.

-Ok, ela está melhor?

-Não, ela está no mesmo estado.-falo em um tom fraco

-Sinto muito Tzuyu...

-Não vamos pensar nisso ok? Quais são as novidades?

-Eu aceitei aquela proposta lembra? Vou começar a trabalhar na semana que vem no hospital, assim que for possível eu vou alugar um apartamento.

-Mas já quer me deixar?-falo triste

- Não quero dar trabalho para você Tzu

-Não se preocupe com isso Mina-ah!

-Eu só não gosto de me aproveitar da sua boa vontade...-ela fala envergonhada

-Mina  não se preocupe com isso, sério.-falo- Daqui a pouco vou trabalhar, você liga se eu te deixar sozinha aqui?- falo receosa

-Não tudo bem , eu ia sair agora mesmo para me encontrar com uma pessoa .

-Com qu-quem?- falo tentando esconder a ansiedade em meu tom de voz.

-Você vai saber em breve Tzu- fala acenando a mão em minha direção-Tchau, bom trabalho- Sorri e abre a porta fechando-a em seguida.

Fiquei um tempo pensando nas palavras da japonêsa fazendo com que muitas perguntas invadissem minha cabeça, o que ela escondia? Por que tanto mistério a respeito dessa suposta pessoa? Mina estava namorando? A quanto tempo?

Talvez só fosse paranóia em parte de Tzuyu , talvez fosse ciúmes, talvez ela devesse parar de pensar no assunto , uma hora ou outra ela acabaria descobrindo.





Sana havia voltado de seu trabalho e ido ao hospital após o fim do mesmo como de costume sempre fazia todos os dias , todas as semanas, quando chegou em casa Mina já a esperava na sala , as duas trocaram algumas poucas palavras antes de Tzuyu se dirigir até sua cama para poder tirar um tempo de descanso, deixando seu celular para a despertar às 22:45 da noite, horário do segundo emprego de Tzuyu. Ela acreditava que Mina já estaria dormindo a esse horário, a japonêsa sempre dormia cedo.

Tzuyu já havia chegado na casa noturna de Sana, como de costume ela destampava o nariz após adentrar o local e fechar a porta, sempre havia gente fumando do lado de fora, ato o qual incomodava Tzuyu por conta do cheiro desagradável da fumaça, como sempre as pessoas  assobiavam quando eu passava.

A algum tempo após o término de Sana e Dahyun, a japonêsa afastava quem tentasse algo comigo , alegando que só ela gostaria de  ter relações comigo, me pedindo para que eu cedesse a seu pedido, a mesma continuo pagando a quantia da primeira oferta que ela me propôs , eu não queria acabar me envolvendo com Sana de tal jeito, mas ela me pagava bem, ela querendo ou não mandava aqui e eu preciso obedece-lá, Sana me olhava de canto com um cigarro entre seus dedos enquanto conversava com Joy , ela encerrou a conversa quando me notou que minha visão estava direcionada a ela, logo vindo ao meu encontro.

-Ei baby como foi seu dia ?- viro meu rosto em uma direção oposta a sua ao vê-la se virar em minha direção- O que foi?

-Joga essa merda fora ,esse cheiro é horrível!- falo abanando o ar

-Te encomoda?- ela fala e eu assunto com a cabeça, fazendo-a suspirar e se dirigir até uma lata de lixo próxima.- viu só o que você me faz fazer?- ela fala aproximando seu rosto do meu, fazendo com que eu cobrisse seu lábio com meu dedo indicador.

-Você ainda está com hálito de cigarro, me recuso a te beijar assim.- falo ainda com o dedo em seu lábio

Ela se afasta de mim fazendo um biquinho

-Você tá muito exigente hoje Tzuyu-ah!



Sana havia se livrado de seu problema com o cigarro, ela estava em uns dos  sofás com Tzuyu, as duas apenas trocavam beijos e carícias, as vezes as coisas esquentavam um pouco mas logo voltavam a se estabilizar, algumas das vezes Sana acabava em cima do colo da mais alta, uma vez que Sana descobriu que ela fazia a taiwanesa ficar tentada com tal ato, mas Tzuyu não parecia disposta a tentar qualquer coisa com a mais velha hoje, não enquanto Mina estivesse em sua casa, tão próxima de Tzuyu, fazendo as perspectivas dela alimentarem e a mesma se iludir por ela novamente.

-Tzuyu você tá muito travada, o que está acontecendo, o que está te prendendo hum ?

-É só que...-reapirei fundo, pensando se deveria mesmo compartilhar isso com Sana - uma antiga amiga minha veio para a Coréia, e eu gostava muito dela, quando ela me avisou eu não pude deixar de criar esperanças novamente- Volto meu olhar em direção para Sana que desde então se encontrava séria

-Você quer dizer que ainda gosta dela?

-Sim

-E quer uma chance com ela?-ela fala e eu faço que sim com a cabeça-Tudo bem

Sana apenas se levanta lança um olhar em minha direção, suspira e vai embora, me fazendo ficar confusa com sua atitude.








Notas Finais


Jelly Jelly


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...