1. Spirit Fanfics >
  2. Nightmare - Kim Taehyung (Imagine) >
  3. Crazy of exotic photos and freaks

História Nightmare - Kim Taehyung (Imagine) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem pelos erros ortográficos e não desistam de mim!
Leiam as notas finais por favorzinho.

Capítulo 8 - Crazy of exotic photos and freaks


Fanfic / Fanfiction Nightmare - Kim Taehyung (Imagine) - Capítulo 8 - Crazy of exotic photos and freaks

Bella*

Treinamento com Kim Taehyung — Hill

— Depois que eu vi que seu poder vem de dois seres aí dentro... Acho que você é capaz de usar a pressão sua mesmo... — Dizia o Taehyung e eu estava com uma pressão alta em meu corpo.

— Como é isso? Não consigo segurar... — O Taehyung me olhava assustado. - I-Isso... É a força d-dela?

— Libere devagar... - Ele pediu para eu respirar e soltar com as mãos. - A força dela é isso e 10 vezes... Afinal ela é você, aquela força é sua, porém ela tem outro de si... Que... - Taehyung se enrola um pouco.

— Eu não consigo! - Gritei enquanto aquela energia que eu nunca tinha visto emanava em mim.

— Taehyung tem certeza que é a energia dela? - Perguntava o Yoongi. - Essa força chega a ser a própria Bellark... O poder dela é insano... E nós... — Meu poder chegou num nível que eles caíram com a pressão.

Eu me assustei. Será que a Bellark estava prestes a me possuir?

"Eu o que Bella?"

De repente sinto uma gosma preta saindo do meu corpo e assumindo forma na minha frente.

DROGA! DROGA! - Jhey gritou. — É ELA!!!

— Você finalmente apareceu... — Comentei agarrando a espada de pau.

— Hm... — Assim que a sua transformação chegou no final, ela vestia uma blusa branca, um jeans coladíssimo preto e saltos bege. Cabelo feito, ela era uma cópia minha só que melhor e mais bonita e mais...

— Que foi? Se assustou? — Ela estralou os dedos e apareceu com uma espada de madeira também. — O que esses panacas estão fazendo aqui?

Ela era a melhor versão de mim no quesito de ser aquilo que eu sempre queria ser, ela era...

Os cabelos iam ao vento que nem no comercial da Pantene. Ela era extremamente incrível.

Ela andou até mim e colocou a mão no meu ombro.

— A baba vai cair Bella... Que isso agora? Eu sou você! Lute comigo porra! — Ela gritou e me empurrou e eu fui parar na outra montanha afastada.

— MEU DEUS!! Ahhh... — Ofeguei e ela veio com tudo mais uma vez e protegi com a minha espada.

— Já digo desde já, eu sou invencível e a sua espada é de mentira! — Assim que ela ia dar o golpe final, ela sumiu.

Meu coração parece que vai saltar pela boca.

E-Ela é m-muito forte...

— Bellaaaaaaa!!! — Taehyung gritava enquanto corria até mim e eu o olhei assustada.

— V-Você viu? — Eu perguntei enquanto, ele e os outros olhavam assustados, depois que conseguiram me alcançar.

— E-É... — Taehyung gaguejou.

— E-Eu e-estou com medo... E-Ela parece que não sente nada... Não consegui sentir na hora que ela me atacou, p-parece que você luta com um oponente... C-Com um buraco em seu ser, ela não sente nada? Não tem sentimentos? — Perguntei. — Como é possível ela ser eu... E-Eu sempre notava a presença de uma força fora do normal... Insana... Uma pessoa diferente do que eu sou... M-Mas... — Eu estava estirada no chão. – C-Com um simples empurrão eu p-parei aqui... O-O poder... É melhor eu desistir.

— DESISTIR? — Taehyung me olhou furioso me ajudando a levantar. — Você não vai desistir, ela é você! BELLA! Você pode se tornar tão forte quanto ela, VOCÊ É ELA.

— T-Taehyung... — Quando eu falei eu cuspi sangue. — ELA É INSANA.

— LUTE COMIGO! — Ele se afastou. — MAIS UMA VEZ BELLA! ANDA!

— TAEHYUNG... CARALHO!

— Anda. — Taehyung conjurou uma espada e era uma espada de verdade me entregou.

— Anh? Como assim você pode usar esse tipo de espada? — Perguntei.

— Segredos... — E assim ele conjurou uma para ele. — USE TODA A SUA FORÇA COMIGO.

— C-Certo... — Falei um tanto baixo.

— Não escutei... — Ele falou.

— CERTO! — Corri até ele e dei um golpe direto e ele se esquivou. — AAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH! — Parei a espada dele com uma mão e...

Aquele arrepio em minha espinha.

"Ele foi meu conselheiro... Você acha mesmo que é párea para ele lutando a sério."

  

— AAAAAAHHHHHHHHHHHHHHH!! — Chutei sua perna esquerda ele tentou segurar e eu segurei sua cabeça e liberei o jogando para outra montanha. — Assim fui rapidamente a ele chutei seu abdômen e apontei a espada em direção ao seu queixo.

— VOCÊEEEE AAAARGHHHHH... — Peguei o Taehyung pelo pescoço, e o mesmo arregalou os olhos me olhando.

"Boa..." (a voz sorrateiramente dizia)

— HAHAHAHA! — O Taehyung me chutou e eu protegi com a espada, mas fui lenta demais eu acabei voando para o outro lado do espaço onde estava Jhey e o Yoongi.

Rapidamente o Taehyung se teletransportou para perto de mim, me pegando pelo ombro.

— Não baixe a guarda Bella... A Bellark vai tentar fazer isso com você. — Num passe de magica ele aparece atrás de mim me tocando com o cabo da espada me fazendo voar dali, sentindo uma dor do caramba nas costas, eu fui tentar me levantar senti a ponta da espada e era o Taehyung atrás de mim. Tentei usar minha espada para impedi-lo. Num toque minha espada raspou na dele e ele sumiu com sua espada e a mesma surgiu na minha frente de frente para mim flutuando.

De joelhos o Taehyung me deu um pequeno chute me fazendo cair no chão mais uma vez.

— AAAHHHHHHH!!! — Levantei e peguei sua espada na mão e eu conseguia sentir... Sentir aquela paixão que ele tinha, era uma sensação tão calma, um calor, desse jeito era capaz de eu sentir como ele recebeu essa espada bela e desenhada da própria Bellark. — T-Taehyung! — Joguei sua espada para longe e voltei a atacá-lo.

— ISSO... PARECE ATÉ MESMO UM PODER CERVO... OU um outro poder... — Com um soco, o melhor soco que eu tinha ele voou para longe.

WOOOWW! — Os meninos gritaram e eu senti aquele poder fluindo dentro de mim, preciso me controlar.

 

Bellark*

 

— Idiotas! Haha Bella logo irá vir até mim... E vai precisar do meu poder, consigo senti-lo... — Resmunguei e fui até a sacada do andar em que eu estava, me escorei na mesma e vi alguém lá em baixo acenando para mim. — Quê...

Minha Bella? — Dizia a voz daquele... D-Daquele...

Me escondi de novo dentro do quarto, pensei, pensei. Fui até a parte do meu escritório e vi o Luke sentado mexendo no celular.

— SEU IMBECIL, TIRA AQUELE MELIANTE DO TUAN LÁ DE BAIXO! AGORA! — Gritei.

— S-Senhora... Me d-desculpa... — Respondeu e eu sumi do cômodo.

Deuses, como ele me achou aqui?

Eu tô muito fodida... O cara maluco querendo me pegar.

"Você atiçou o cara, lide com as consequências... Bellark."

Cala a boca Matsume...

"Mas, é verdade..."

Cala a boca... Isso não está acontecendo comigo.

"Ele é daqui?"

Ah sério você lia as conversas que eu sei...

"Não lia... Eu tinha mais o que fazer."

Reino da Putaria lá... Sacou?

Merda.

Corri para o banheiro e saí pela janela da mesma, eu vi que o maluco taradão das nudes estava trocando ideia com o Luke.

Onde amarrei meu burrinho, eu poderia matá-lo mas a Rainha Irene iria vir atrás de mim.

I scream your name
It always stays the same
I scream and shout
So what I'm gonna do now
Is freak the freak out

Assim que andei pela beirada do prédio eu consegui pisar no telhado, acabei fazendo barulho e o Tuan olhou para cima.

— Não, merda...

BELLA?! - Ele gritou por mim. — BELLAAAAAAAAA!! EU TE AMO!

(escute Girlfriend da Avril acho que vai ser divertido escutar nesse momento)

   

Não, Não...

"Vai ter que fazer aquilo que você prometeu para ele..."

Matsume cala a boca!

Tentei subir a porra do telhado e com dificuldade eu caí para o lado oposto do lado que Mark Tuan e Luke Hemmings se encontravam.

Enquanto isso...

Luke Skywalker (risos) Luke Hemmings, ou o melhor o aspirante a Príncipe de Rainha Bellark, tem uma paixonite secreta pela mesma, mas paga de durão sem coração e que não está nem aí pra' ela, porém é como se fosse o segurança dela, ele tocava guitarra nas horas vagas... Ela só o contratou porque ele era um loiro, alto, gato de olhos claros. Lutar? Nunca nem vi, ok chega...** - Hill

 

"Faz cara de mal Luke, todos sentirão medo de você." 

 

— Sai rapaz, ela não te quer aqui... — Falei com cara de mal enquanto arrumava o meu cabelo.

— Como assim ela não me quer? — Falou o meliante da minha frente.

— Acho que foi bem óbvio... E-Ela lá em cima...

— Ela estava emocionada ao me ver, isso sim... — Falou ele e eu olhei indignado. — Vê isso aqui... — Ele mostrou o celular e ele falava com ela.

— CARALHO! — Meu pai amado, que isso mano? Mano? Eu estou falando mano... Mano, e-eu...

— E mandei essa foto aqui... — Ele mordeu os lábios logo mostrando a nude.

— PORRA! GAROTO... — Fechei os meus olhos. — MALUCO RETARDADO.

— Então ela vai sair comigo ou não? — Ele perguntou.

— Fala com ela seu maluco. — Falei entrando de volta para o prédio da Bellark. — Mas mandar essas fotos não vai te levar a lugar algum.

Ele deu as costas.

Bellark*

Plim*

Meu celular tocou e eu vi varias mensagens do Tuan, abri as mesmas e vi mais nudes.

Abri o áudio.

"Quando você vai me dar a famosa chance? Estarei te esperando sempre... Mas pelas fotos você já deve saber como estou não é? Fique com essa imagem."

"Senta, senta, senta vai, senta que eu sei que tu gosta."

Mandou mais outra.

— Caralho... — Eu ri desesperada correndo pelo quintal de outras pessoas.

Realidade

Bella*

Mais uma vez eu acordava rindo.

Gente...

Abro a janela do meu quarto escutando aquela melodia dos deuses, só que não né caralho!

PESADO NÉ?

Ela vai pro bar
Ela perde a linha
Ela vai embaixo
Ela vai em cima
E o presente de hoje
Ela já sabe qual é
Tem peru na janta
E tem peru no café...

Ele sabe que tem criança que mora nessa porra?

Desci as escadas e corri para perto da minha irmã e ela estava dançando.

— Porra!

— Porra! — Ela repetiu e eu a olhei com raiva. — Cade sua mãe, garota? Não pode falar essas coisas...

— Tá... Irmã, o garoto do outro lado quer falar com você...

— Que garoto? — Falei.

— Titio Jhey? — Eu a olhei.

— Menina... — Eu falei e fui até a porta e lá estava ele.

— MC Jhey? — Perguntei.

— Por favor, Jhey né... Preciso falar com você... — Ele me olhou e eu tranquei a casa e sentei com ele na calçada.

— Eu te conheço de... — Eu perguntei assustada.

— Pô... Não precisa esconder não, poucas ideias... A real, a gente se conhece... E só queria dizer que foi um prazer te conhecer pessoalmente se é que me entende... — Ele se levantou e eu fiquei sem entender.

— Anh? Porra! — Gritei.

— Quê?

— Porra, olha as merdas de música que você coloca... Tenho criança em casa... — Falei e ele riu.

— Sei que tu' escuta escondido, a mim você não engana não Baby... Deixa essa marra toda pra'... — Ele tossiu. — Perdoe Mi Laidy... — Ele se curvou e depois fez a sarrada. — Depois cola na minha casa... Vai rolar um churras, tu' vai gostar... E calma mano, não irei fazer nada contigo... Só quero amigar, falô? — Ele falou sério e eu mostrei o dedo do meio.

— Caralho... — Fiquei apontando o dedo do meio. — Sem noção. — Falei e nós rimos. - Foi bom te conhecer idiota.

— Eu sei...

— E esse oclinhos' aí? — Perguntei. — É predador intelectual? — Ele riu.

— Cê' sabe... — Fez aquele sinal de "pegar" típico de quem curti uns bailão. — Tchau Mi Laidy...

— Enfia o Mi Laidy no cu! — Gritei e depois eu morri de rir, ele era engraçado vai se foder.

— Tu é mó comédia... — Ele respondeu de volta.

Mas era verdade eu escutava esse tipo de melodia escondido. 


Notas Finais


Favoritem e comentem quero saber o que estão achando da históriaaaaa
BYE BYE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...