1. Spirit Fanfics >
  2. Nightmare >
  3. Você está preparada?

História Nightmare - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá galera xD

sem notas, mas queria informar que tbm irei postar no wattpad, então caso veja alguém lá com essa mesma historia doida e sem cabimento, sou eu. Relaxem! Obrigada a quem ler <3

bjss.

Capítulo 1 - Você está preparada?


 

Cap lVocê está preparada?  

 

Eunji achava graça naquelas cadeiras espalhadas pelo salão de maneira aleatória todas as quartas-feiras, e a criatividade de que em todas as vezes, as cadeiras estavam alinhadas de novas maneiras. "Como não repetir a posição de uma só cadeira em um lugar não tão grande? Woah! Eles são bons."

– Eunji querida, tudo bem? - A senhora Lim questionou, enquanto se aproximava, ajeitando seu casaco retalhado de crochê. – Sempre te acho maravilhada quando entra no salão. 

A garota sorriu mais uma vez e se curvou minimamente, antes de dar um abraço aconchegante na senhora. 

– O mesmo porquê de sempre, senhora Lim. Acho vocês incrivelmente criativos, o amarelo é uma peça que não sai da cabeça de ninguém, e mesmo assim você consegue nos confundir onde é que iremos nos sentar hoje. – disse. 

Oh! É isso? – a velhinha sorriu boba com o elogio – Você sabe que faz parte da terapia, não é? Mas apresse, meu doce, escolhe seu lugar de hoje. Mas lembre-se, o que você escolher, significa bastante do que alguém quer te dizer. 

A senhora Lim, dona do salão, era uma médium, e atendia pessoas nas quais acreditavam que tinham pendências passadas. Eunji não acreditava em coisas como aquela, mas há um tempo atrás foi tão cativada para entender o que sentia por procurar alguém que nem sequer existia que, quando a senhora apareceu, oferecendo suas aulas, não pensou duas vezes. 

Antes a garota optou por ficar, pois gostaria de descobrir o que seu cérebro lhe dizia, mas nos dias atuais, Eunji ficava pela ótima companhia que havia adquirido da família Lim e pelo imenso carinho que eles a ofereciam. Eunji adorava, se sentia acolhida e... amada

Eunji gostava de saber o que as cadeiras diziam para ela, e era engraçado como embora todos os amarelos das vinte e quatro cadeiras fossem iguais, com o mesmo coração desenhado sobre a braçadeira, sempre uma em questão, chamava sua atenção. E foi o que aconteceu em mais um dia, a cadeira amarela, número catorze, havia-a chamado atenção. 

– Sinto como você se sentasse sempre nessa cadeira! - Luna exclamou, a outra garota da terapia enquanto circulava entre outras cadeiras para escolher – Pois você é rápida e a conexão é forte, já eu... Me decepciono todas as vezes. Escuta Eunji, quer escolher por mim? 

Eunji riu. 

– Sabe que se eu escolhesse, a mensagem da pessoa seria minha, não é? E seja lá quem você está esperando, não imagino que irá gostar e sim me mandar “garota, não te conheço” - Ambas riram. 

Senhora Lim observava a conversa das garotas, enquanto recepcionava seus outros alunos. A mais velha gostava do entusiasmo das duas mais novas da classe, principalmente de Eunji que, embora não ousasse dizer que acreditava em entes passados, sabia muito bem decifrar cada frase deixada. Ela não queria acreditar, mas sabia que era verdade. Senhor Lim sabia disso. Eunji ainda só não percebeu. 

Toda quarta-feira era da mesma forma, Senhora Lim explicava e conversava sobre o que refletiram sobre a mensagem passada, e então, pedia que todos fechassem os olhos e então ‘manteria o contato com os entes’ e as mensagens eram trazidas. 

Eunji estava ansiosa, embora sempre negasse pra si mesmo, adorava saber o que lhe esperava na semana. E como tudo sempre era coincidência e de que, alguma forma, algo das mensagens acontecia. Aquilo a arrepiava. Quando a vez dos alunos que escolheram cadeiras acima da catorze, Senhora Lim finalmente chegou em Eunji, mas parou por um momento, fazendo com que a garota apressadamente abrisse os olhos, curiosa, pois ela nunca fez sequer uma pausa. 

– Semana que vem, você faz 22 anos, Eunji. - A mais velha finalmente disse, Eunji pensou por um momento, de nunca tê-la oferecido documentos ou comentado sobre sua data de nascimento. - Você acha que está pronta para reencontrar novamente aquele que vem a matando todos os anos? 

Eunji suspirou, engolindo a saliva a seco. Entreabriu a boca para dizer algo, mas se calou. Sentiu seu corpo se estremecer, dando passe livre para calafrios. O que ela estava falando? Por que isso estava a assustando? 

– Dessa vez você deve tomar cuidado Eunji – Senhora Lim a observou, encarando olho a olho - Ele está mais perigoso dessa vez e não reconhece você. 

Me reconhece? Quem?

Por que eu tinha que ter cuidado?


Notas Finais


notas finais de agradecimento;
>> à sammy, pq fé em mim pra escrever, eu não boto não! aé, sai do hiatus!!! \o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...