1. Spirit Fanfics >
  2. Nimphomaniac Boss - IMAGINE JUNGKOOK (BTS) >
  3. Chapter One.

História Nimphomaniac Boss - IMAGINE JUNGKOOK (BTS) - Capítulo 1


Escrita por: e sexguk


Notas do Autor


Esperamos que gostem da fic, dêm muito amor a ela! ❤️💖

Capítulo 1 - Chapter One.


Fanfic / Fanfiction Nimphomaniac Boss - IMAGINE JUNGKOOK (BTS) - Capítulo 1 - Chapter One.

Ouço o telefone que está em minha mesa tocar, e rapidamente o atendo pois sei que deve ser o meu chefe "queridíssimo".

ㅡ Sim senhor? ㅡ Digo ao telefone revirando os olhos, já sabendo que é Jeon. 

ㅡ Venha até minha sala agora senhorita Wilkinson. ㅡ Disse e desligou sem ao menos eu responder. 

Me levanto da cadeira, e sigo até a sala de Jeon. 

Bato na porta e ouço um entre, adentro o local, vejo a mulher arrumando o vestido, e Jeon ajeitando sua gravata. 

ㅡ O que deseja senhor Jeon? ㅡ Me pronuncio o olhando diretamente. Já nem fico mais sem graça ao ver tal estado de Jeon e de mais uma mulher que ele adicionou em sua lista de mulheres que ele pega todos os dias em sua empresa. De fato é falta de respeito cometer esse tipo de atitude em uma empresa, mas eu sou uma mera secretaria para julgar alguém como ele. Presencio isso quase todos os dias, é de se duvidar quando dizem que Taehyung é seu irmão... 

ㅡ Desejo você senhorita Wilkinson. ㅡ Disse com um sorriso cretino nos lábios. 

ㅡ Senhor estou aqui apenas para fazer meu serviço. ㅡ O respondo séria. Francamente! ele deve estar blefando óbvio.

ㅡ Acompanhe a moça até a saída, e depois volte para minha sala. ㅡ Disse se sentando em sua cadeira, e logo acompanho a mulher! Mas apenas até o elevador, não sou babá de ninguém! Estou sendo paga apenas para ser assistente pessoal desse ninfomaníaco que é meu chefe! 

Quando eu estava voltando para a sala de Jeon, me esbarro em Taehyung, que quando percebe ser eu abre um enorme sorriso, aquele sorriso que derrete qualquer um, eu simplesmente amava.

ㅡ Bom dia, bela dama. ㅡ Disse e eu rio. 

ㅡ Bom dia Tae. ㅡ O respondo com um sorriso enorme, Taehyung me faz tão bem. Me sinto ótima em sua companhia. Os outros meninos também são uns amores de pessoa, gosto muito de todos eles. 

ㅡ Como está hoje? Melhorou da dor que você estava ontem? ㅡ Perguntou visivelmente preocupado. 

ㅡ Sim Tae, na verdade seu irmão não me deixa um dia sequer sem enxaquecas. Quase todos os dias é uma mulher berrando nesse andar. Ele não tem o mínimo de noção, ele poderia fazer isso em outro lugar.ㅡ Digo e rimos. 

ㅡ Jungkook é um sem noção mesmo! Bom... aceita almoçar comigo hoje? Na verdade não só comigo, os meninos também vão... ㅡ Disse um pouco sem graça e eu gargalho ao perceber seu desconcerto. 

ㅡ Eu aceito Tae. Que horas você sai para almoçar? ㅡ Pergunto o olhando. 

ㅡ Eu e os meninos vamos as 12:30 AM! Te espero na recepção junto dos meninos ok? ㅡ Diz sorrindo e eu assinto. 

ㅡ Agora tenho que ir, infelizmente. Jeon está me esperando em sua sala! Ele não me dá paz. ㅡ Reviro os olhos e ele ri. 

ㅡ Tudo bem, até logo! ㅡ Sorriu e eu segui para a sala de Jeon. 

Bato na porta antes de entrar, e ouço um “entre”. Adentro a sala de meu chefe e o vejo todo a vontade em sua cadeira. 

ㅡ Por que demorou senhorita Wilkinson? Odeio que me façam esperar. ㅡ Disse me olhando fixamente. 

ㅡ Desculpe senhor Jeon, é que encontrei o Tae... digo o vice-presidente Kim, e ele me falou algumas coisas em relação ao meu trabalho! ㅡ Minto, pois Tae não conversou nada sobre trabalho comigo. 

ㅡ Que intimidade toda é essa com meu irmão senhorita Wilkinson? Já está até o chamando de Tae. O que ele disse sobre seu trabalho? ㅡ Pergunta se levantando e me encarando sério, porém sexy.

ㅡ Senhor Jeon, eu não lhe devo satisfações do que converso com seu irmão. ㅡ Digo firme e ele sorri. 

ㅡ S/n você deve satisfações a mim sim, eu sou seu chefe e você está em horário de trabalho. ㅡ Fala agora em minha frente. 

ㅡ Senhor creio que não seja do seu interesse oque eu e seu irmão conversamos, ou deixamos de conversar. ㅡ O respondo na lata e ele aperta meu maxilar. 

ㅡ É do meu total interesse, ele não irá levar você pra cama antes de mim. ㅡ Disse em um tom ameaçador e eu me afasto dele. 

ㅡ Não irei ter relações sexuais com nenhum dos dois! Não sou nem uma dessas mulheres que o senhor traz para sua sala, não me prestarei a ter relações com o senhor e muito menos com seu irmão! Peço para que tenha respeito comigo. ㅡ Digo firme o olhando. O que ele pensa que eu sou para me entregar assim de bandeja para ele? Realmente eu não suporto esse homem. Parece que na sua cabeça só passam coisas relacionadas sobre sexo, sexo e mais sexo, ele deveria me ver como uma funcionária, não como uma garota de programa que à qualquer hora iria transar com ele. 

ㅡ Saía da minha sala antes que eu te demita! Mas devo te lembrar que não irá demorar muito para você estar nessa mesa gemendo meu nome feito uma louca. ㅡ Disse e eu o olho tentando disfarçar meu olhar de desdém. 

ㅡ Com licença senhor. ㅡ Saio daquela sala às pressas, Jungkook está passando dos limites. 

Meu Deus, o que acabou de acontecer? Preciso de água! 

•~•~•~Minutos depois~•~•~•

Estava indo para a recepção, havia chegado a hora do almoço, Taehyung e os meninos estavam me esperando a pelo menos 10 minutos, me atrasei pois Jeon fez o favor de mandar eu fazer um relatório em cima da hora, ao meu ponto de vista o relatório não era necessário, porém é o meu trabalho e se eu não o fizer não tenho como pagar as contas. 

Ando depressa até onde Taehyung e os meninos estão, e assim que eles me vêm abrem sorrisos para mim, que retribuo. 

ㅡ Oi gente, me perdoem a demora. ㅡ Digo parando ao lado de Tae. 

ㅡ Nem demorou tanto S/a, foram só dez minutos. ㅡ Jimin diz sorridente. 

ㅡ Da mesma forma me desculpem. ㅡ Sorrio para eles e olho para Hobi. ㅡ Hope depois tenho algo para te falar. Mas agora vamos pois estou faminta. ㅡ Digo e eles riem. 

Fomos todos para um restaurante luxuoso o qual eu venho com os meninos almoçar todos os dias, e eles nunca me deixam pagar a conta. 

ㅡ O que você quer me falar S/a? ㅡ Hoseok pergunta, e logo volta a comer. 

ㅡ Consegui o número da Hara para você, só não deixe Jungkook saber da existência dela, pois ele pode querer á traçar. ㅡ Digo fazendo todos os meninos rirem. Espero que eles levem à sério porquê isso é verdade.

ㅡ Muito obrigada S/a, se não fosse você eu não teria coragem de pedir o número dela. ㅡ Responde dando um sorriso lindo. 

ㅡ Imagina Hobi, sempre que precisar de alguma coisa e estiver ao meu alcance eu não penso duas vezes em te ajudar. ㅡ Sorrio o olhando e Tae me olha, mas quando o encaro ele desvia o olhar.

ㅡ Parece que alguém está com ciúmes. ㅡ Yoongi diz mas eu fico sem entender. 

ㅡ Ciúmes? Sério da um tempo.ㅡ Namjoon pergunta e Jin ri. 

ㅡ Depois te falo. ㅡ Seokjin diz para Nam. 

E eu continuo sem entender nada. Esses meninos só me deixam confusa.

Depois de um tempo o horário de almoço já estava acabando e meu pesadelo voltaria, rezo que ele tenha algo de mais importante para fazer como o seu próprio trabalho invés de usar a sua sala como quarto de motel.  Os meninos seguiram seus rumos e Taehyung fez questão de me levar para a minha sala.

ㅡ Espero que tenha gostado do almoço. Era um lugar caro. ㅡ Damos risada.

ㅡ Você fala isso como se não tivesse a vida feita senhor Kim. ㅡ Sorrio ladino. ㅡ Eu tenho que voltar ao trabalho antes que-

ㅡ Você não deveria estar na sua sala senhorita? ㅡ Fecho meus olhos prensando meu lábio. Me viro paciente.

ㅡ Me desculpe senhor, eu já iria me retirar. ㅡEsse cara não me dá um ar. ㅡ Senhores. ㅡ entro na minha sala, pude escutar os murmúrios dos dois através da porta mas não me interesso. 

~

Tomo um remédio para dores de cabeça que havia na gaveta na minha mesa. Eu não vejo a hora de ir para casa, ficar sem escutar sua voz por pelo menos algumas horas já é um alívio. Parece que nessas últimas horas ele quis que quis pegar no meu pé, relatórios um atrás do outro, levar café, trocar café, marcar, desmarcar, encomendar... Acho que eu deveria pedir uma folga algum dia.

ㅡ Já está indo Wilkinson? ㅡ Olho para trás e vejo Jungkook.

ㅡ Senhor meu expediente acabou, são Nove e Meia (21 horas 30 minutos). ㅡ Sigo seus passos que estavam cada vez mais perto de mim. 

ㅡ Que perfume você passa, uh? ㅡ Me deixa encurralada na mesa e passa seus dedos pela minha pele macia. ㅡ Você me enlouquece. 

ㅡ Senhor... ㅡ desvio nossos olhares e tiro sua mão do meu rosto. ㅡ Eu não quero ter relações pessoais com você, apenas profissional. Eu não quero fazer nada além do meu contrato. ㅡ Saio daquele espaço o mais rápido possível.


Notas Finais


Se tiverem gostado não se esqueçam de deixar o fav e comentar, isso é muito importante para nós!
@excusesuga2 @sexguk - Nosso perfil caso queiram nos seguir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...