História Ninfomaníaco - ABO - Capítulo 3


Escrita por: e min-taetae

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook, Namgi, Namjin, Sugamon, Taegi, Taekook, Vhope, Vkook, Yoommin, Yoonjin, Yoonseok
Visualizações 344
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, vou admitir que não estou me sentindo muito bem emocionalmente e nem mentalmente.

A @BiGayTera tá de castigo de novo. Me desculpem.

Tenho um aviso para os leitores de "Como(Não) conquistar um ômega", a fic esta em período de revisão, fiquem calmos que logo logo eu trago um capitulo.

Capítulo 3 - Por que comigo?


Fanfic / Fanfiction Ninfomaníaco - ABO - Capítulo 3 - Por que comigo?

Olá senhor Min, ou devo chamar de suga? Já temos intimidade o suficiente para isso. Você deve estar se perguntando por que estou fazendo essa carta, se acalme, irei explicar. Eu sou casado a mais de cinco anos com a minha esposa, mas nem ela foi capaz de me dar fodas tão boas quanto as que você me deu. Confesso que já fico duro só de lembrar de você descendo por toda extensão do meu pau. Você tornou o meu ano bem mais... Prazeroso, acho que essas seriam as palavras certas. Mas agora falando como um profissional renomado, você tem um grave problema, grave até demais, peço que pare de colocar todo o peso do seu grupo sobre si, isso só esta deixando você pior. Tente arranjar um tempo só para você, relaxe, tome um bom café - sem açúcar como gosta - e tente esquecer um pouco das responsabilidades. Tente ignorar seu "Problema" também, quem sabe não seja só uma fase. Mas se não for, passe no meu escritório um dias desses, quem sabe eu posso te dar um consolo.

- Doutor Choi Yang 

Namjoon lia cada parte daquele papel com a maior atenção, já estava achando que precisaria de um óculos pós não poderia ser o seu suga de quem o doutor Choi falava.

— N-Namjoon hyung? — O mais velho tomou um susto ao sentir a mão gélida do seu Saeng em seu ombro. Taehyung havia o pegado no flagra — O que tá fazendo? Você leu isso? — Apontou para o papel em sua mão e para o envelope verde preso de baixo do seu braço.

— Que porra é essa? — Perguntou um pouco alterado. 

— N-Nada! Me de! — O outro alfa tentou pega o papel da mão do seu hyung, como Namjoon era rápido conseguia o desviar com facilidade.

— Que porra é essa, Taehyung? — Repetiu se alterando mais. Namjoon estava stressado ao máximo, o conteúdo da carta não havia lhe agradado nem um pouco. Taehyung finalmente sossegou, parou se tentar pegar a carta e encarou seu hyung sem responder. — Kim Taehyung, não me faça repetir! 

— Eu não sei!... — Taehyung fez uma coisa que nunca havia feito na vida, levantou a voz com um dos seus hyung's, ele nunca fazia isso, nem mesmo pensava em fazer. Namjoon ficou assustado por um tempo, Tae num a havia levantado a voz para si, o que estava acontecendo com ele?

—  Levantou o voz para mim?   Perguntou calmo, mas com o estreasse evidente em sua expressão.   Responde ,Taehyung!

— NÃO! Me desculpa, Hyung. Eu não queria-...

—  Mas fez, pensa antes de falar ou fazer algo.   Com o coração apertado por ser tão rude com o mais novo Namjoon saiu do quarto, ainda com a carta em mãos e o envelope caído por algum lugar do quarto.


12:20, cozinha 

Os dois mais velho do grupo riam como se não houvesse amanhã, trocavam sorrisos e risos inocentes por causa das piadas do alfa mais velho.

— Tá, ta, aqui vai outra. Você sabe a piada do pónei?

— N-Não   Limpou uma lágrima que havia caído dos seus olhos.

— Pónemeu  Yoongi já não sabia se ria da piada tão sem graça que tinha graça , ou da risada escandalosa do seu hyung. Seokjin tinha uma risada escandalosa, mas bastante contagiosa, não duvido que até alguém do outro lado da rua escutaria e riria junto. 

 Muito engraçado as piadas.   Nem o ômega nem o outro alfa havia reparado no líder, encostado na porta da cozinha, muito menos haviam sentido seu cheiro. Estavam tão intertidos em fazer piadas bobas e rir um do outro que não repararam em Namjoon ali. O mesmo também só havia entrado na sala quando sentiu um certo incomodo por ver seus dois hyung's favoritos se dando bem. Ou simplesmente estava com ciúmes e não queria admitir.

Apertou a carta tão odiada por si em suas mãos, sua vontade era de simplesmente jogar aquilo na mesa e perguntar que merda era aquela para o rapper ômega. E foi isso que fez.

 Que porra é essa? 

  Que?   Com o cenho franzido Yoongi leu o conteúdo da carta com cuidado, nem ele mesmo acreditava no que estava escrito.  N-Namjoon eu posso explicar-....

  Eu sei que pode, e vai   O líder puxou uma cadeira e se sentou do lado do seu hyung mais velho, ficando de frente para o ômega vermelho de vergonha. 

Seokjin era o único que não estava entendendo nada ali, nem mesmo sabia o que havia escrito na carta. Procurando entender o que se passava com os dois rapper's,  e sua cara de espanto quando leu poderia ser considerada uma coisa um tanto engraçada. Bom, se pelo menos o clima não tivesse tão pesado.

  Suga... Isso é seu? 

 Claro né Seokjin! Quem mais aqui tem o nome artístico de Suga?   Depois da fala do líder um clima silencioso caiu sobre a sala. O Min respirava e inspirava fundo, não estava pronto para simplesmente contar seu segredo agora. Se pelo menos alguém soubesse que o Min era ninfomaníaco, seu segredo poderia correr risco de vazar, seria visto como um péssimo exemplo para as armys e seria visto também como péssimo ômega. Já imaginava a quantidade de alfas desocupados lhe chamando de brinquedo sexual no seu Twitter.  

  O meu antigo psicólogo é um ex meu  Inventou uma desculpa qualquer.   Quando nos reencontramos estávamos pensando em retomar o relacionamento as escondidas, então meio que estávamos "saindo"   Fez aspas com os dedos, poupando os outros de saber que havano transado com o seu psicólogo.  Eu não sabia que ele estava casado, mas quando descobri eu me afastei. 

O líder suspirou junto com o Kim mais velho, por um momento havia pensado que seu hyung não era o ômega inocente em que ele pensava ser.


00:34, dormitório, Suga e Jin.

 Papai?...   O ômega segurou a barra daquela saia tão odiada por si, todas as noites seu pai lhe obrigava a vestir aquelas roupas curtas e sentar no seu colo enquanto o mesmo passava suas mãos livremente pelo  seu corpo fragilizado.  P-Papai, a-ai não!   Tentou segurar as mãos de seu pai que desciam cada vez mais para uma área intima. Acontece que Yoongi era um simples ômega e uma criança de 10 anos, não havia como disputar força com um alfa adulto. Então parou de tentar, deixou-se levar, quem sabe não acabaria mais rápido? Ou o Min mais velho iria o liberar mais cedo por obediência? 

Pena que não aconteceu, e pena que dessa vez seu "pai",   foi além de tapas na coxa e alguns beijos nojentos no seu pescoço. 


02:00, dormitório, Suga e Jin.

Novamente o ômega havia liberado seu liquido sobre a cama. Se sentia nojento e um lixo por ter feito aquilo por causa de um dos principais motivos para ser assim. Por isso se pós a chorar, colocou para fora tudo que sentia e o que guardava a anos, colocou sua angustia para fora em forma de lágrimas e de soluços silenciosos.

 P-Por que comigo?   Limpou as lágrimas - que estavam mais que secas - em seu rosto e foi para o banheiro. Quem sabe um bom banho não o deixasse um pouco melhor ou quem sabe mais calmo.

 Ele te estrupou... Não foi?   O ômega fechou os olhos automaticamente quando a luz do quarto foi acesa. Em seu pensamento só se passava no quão fodido estava.

 J-Jin ?






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...