História Ninguém É De Ninguém - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Romance
Visualizações 10
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo
Notas finais lindas 💖

Capítulo 2 - Acompanhante De Luxo


Fanfic / Fanfiction Ninguém É De Ninguém - Capítulo 2 - Acompanhante De Luxo

Estava vendo o ensaio das meninas dançando no pole dance. Esta noite a casa estara cheia.. empresários ricos vão estar presente na casa de show está noite. 

Bryan o sócio de Justin que domina o local entra na boate com sua postura ereta.

-Vamos garotas. Quero perfeito, hoje vira homens importantes,com bastante grana,e eu quero que meu cofre transborde de dinheiro-Disse Bryan ordenando 

-Não precisa ser grosso Bryan,elas estão se esforçando o máximo que podem-disse me aproximando de Bryan

-Você pensar que só porque o Justin te come,que você pensa que é o quê?  A mulher dele querida. Melhor você ficar calada na sua, se não eu desconto do seu salário -disse Bryan me empressando na parede 

-Não toque em mim-disse rude-Estou cansada de ser tratada desta forma-disse grossa

-Você tem que me agradecer,você morava na rua, se não fosse eu,estaria morta ou ainda lá -disse ele me dando um aviso 

-Solta ela Bryan -disse uma voz grossa era Justin ordenando

-Ela está me provocando,preciso dar uma lição nela-disse Bryan 

-Só quem encostar nela sou eu,solte-a Bryan ou irei que usar a força -disse Justin amador

Bryan me solta brusco da parede,e sai dali furiosa,eu podia dar conta de Bryan,Justin não deveria ter interferido em nada. 

Bati a porta com força do meu quarto e me joguei na cama .

Justin entra em seguida e retirá seu blazzer preto e coloca no cabide atrás da porta. Ele se senta na beira da cama e toca na minha perna e retiro sua mão. 

-Não me toque Justin-disse grossa

-Eu vim para te ver,e você me trata desta forma. Quando eu tenho tempo para vim aqui,você está assim-disse ele se levantando 

- Sabe porque o Bryan me trata daquela forma,porque ele tem razao Justin,você só me quer para me comer-disse me levantando -Não sei por qual motivo  Ele me disse que eu não sou sua mulher,mais carta na manga ele deve ter,você não deveria confiar nele Justin -disse em pé na sua frente 

-Eu não confio nele. Eu só quero o seu bem Ariel, você não vê isso. Se ele tocasse no fio do seu cabelo,eu acabava com ele em dois segundos-disse Justin protetor tocando em meu rosto

-Eu sei Justin, eu podia dar conta dele. Não precisava me defender -disse segura 

-Precisava sim,porque eu me importo com você Ariel -disse ele é meu coração palpitou-Vim te fazer um convite para o final de semana,e eu quero muito que você aceite-disse ele é fiquei curiosa  

-O que é Justin me diga-disse  eufórica pulando de felicidade 

-Só irei te contar depois quando eu fizer algo que eu vim fazer-disse ele malicioso pegando na minha cintura

Justin me jogar na cama,sorri sacana pra ele. Beija o lóbuto e arfei de tesao. Ele retirá meu short jeans com a boca e gemi. Ele aperta minhas coxas e sorri.

-Não me torture justin-disse 

Ele sorrir. Ele tira a minha calcinha devagar e joga no quarto em qualquer rumo . Ele retirá sua roupa e fica totalmente nu. Vejo sua ereção saltitando e lambi os lábios devagar. 

Ele me vira de quatro e coloca devagar e arfei de tesao. Ele me penetra e gemi alto. Ele começar a inverter cada vez mais intenso dentro de mim. Isso vai me estimulando a querer mais e mais.  Ele segura meu cabelo é enrola em sua mão e segura forte. Mordi os lábios e começo a gemercadoria.  Ele bate em minha banda forte,deixando a sua marca registrada. 

A excitação me deixa a flor da pele. . Meus seios estão rígidos, ele acaricia e começo a gemer mais alto ainda. Ele segura minha cintura e começa a inverter mais forte dentro de mim. Minha virilha se aperta e chego em meu ápice.  Mais ele sabe que é só o primeiro que cheguei. Que eu posso proporcionar mais e mais. 

Era o cheiro,o abraço, o calor do corpo dele aquecendo o meu, a proteção que eu sentia quando estava ao lado dele,tudo isso era impossível de explicar,impossível decifrar o jeito descompensado que o meu coração ficava quando estávamos juntos. Tentava transpor nas palavras, fugir disso,não querer sentir,blindar ao máximo,mas quanto mais fazia isso,mais eu corria,mais me envolvia. 

Deslizava minha mão no peito dele,descendo e subindo. Justin tinha se superado, a verdade é que ele era bom nisso,estávamos outra vez deitados na minha cama,seus dedos brincavam com meu cabelo ,enquanto eu estava com a cabeça enterrada em seu peito,ouvindo sua respiração gostosa e ofegante,depois de chegarmos juntos ao ápice de prazer.

-Eu estou quebrado -Ele disse baixinho me fazendo rir.

Ergui meu corpo, tendo a visão do rosto dele,sempre que eu o olhava,eu sabia e tinha a plena certeza que cada vez mais,eu estava certa do que eu queria.  Eu o queria junto a mim,queria o cjeito dele impregnado em mim,o corpo dele colado ao meu e nossas vidas cruzadas uma na outra. Mais ele precisava se divorciar para que tudo isso aconteça.  

-Então Justin o que queria me contar -perguntei curiosa 

-Você não espera -Ele riu -Eu quero te convidar para passar um final de semana comigo no Havai -disse ele é sorri com a proposta 

-Nossa Justin que convite maravilhoso, claro que eu aceito-disse e o abracei -Nos vamos fazer o que lá hein-perguntei maliciosa e ele sorriu sacana

-Vamos dar uma relaxada,estou querendo viajar e disse a Amber, que viajaria a negócios, e você é meu negócio importante -disse ele sacana

Revirei os olhos. Senti uma pintada de ciúmes. 

-Você tem alguma coisa-perguetos Justin confuso

-Não tenho nada. E quando vamos Justin -perguntei ansiosa

-Hoje a noite,nosso vôo sairá 00:00-disse ele é fiquei surpresa 

-Hoje a noite-disse me levantando da cama assustada-Preciso arrumar minha mala então -disse pegando minha mala em cima do guarda roupa 

Voltei nua onde Justin estava deitado e beijei seu rosto ..

-Você é um amor-disse sorrindo 

-Eu só quero fazer algo diferente com você só isso-disse ele 

O jeito que ele diz,me deixa confusa dos meus sentimentos ofuscados por ele. 

Justin fica me olhando arrumando a mala nua. E mordi os lábios malicioso,ele estirá sua mão e bate na minha banda. .

-Gostosa-disse ele -Vem .. vem sentar,depois eu te ajudo arumar sua mala-disse ele me puxando 

Sentei devagar e Justin começa a gemer.  Começo a inverter um vai e vem ,elê segura minha cintura e começamos a fazer mais rápido.   Ele bate em minha bunidade e esquenta. 

-Isso Justin. .-Cheguei ao meu ápice e ele também sinto a pulsação de sua ereção dentro de mim e ele suga por último meu seio direito e depois o erquerdo. Caímos descompensado na cama ofegantes. 

-Você é  incrível Ariel -disse ele ofegante 

-Você ainda não viu nada-disse ofegante 

O sono bateu e acabamos adormecendo.  




Notas Finais


Oi meninas. Vejam a minha outra história Keeping With Up The Justin Bieber e e espero que gostem bjs amores #Divulguem #Comentem #Favoritem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...