História No batidão do yaoi, quem reina é o lemon! (Yoonseok) - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, CL (Chaelin Lee), CNCO, EXO, Got7, Jay Park, Stellar, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, Christopher Vélez, D.O, Dahyun, D-Lite (Daesung), Erick Brian Colón, Gayoung, G-Dragon, Hyoeun, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jinyoung, Jisoo, Joel Pimentel, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, JunYool, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lee Chaelin "CL", Lisa, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Mina, Minhee, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Richard Camacho, Rosé, Sana, Sehun, Seungri, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, Tzuyu, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Zabdiel De Jesús
Visualizações 139
Palavras 1.685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Self Inserction, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hehehe... Oi, baguetes

Capítulo 30 - Berenice e sua filha


Fanfic / Fanfiction No batidão do yaoi, quem reina é o lemon! (Yoonseok) - Capítulo 30 - Berenice e sua filha

Vamos cantar? Se não for me foder eu nem vou, eu nem vou, eu nem vou ~

Haja paciência, minha nossa senhora dos LGBT! Haja paciência!

Bom, gente, aconteceu no meu último relato que a Berenice apareceu magicamente pela porta acompanhada de uma menina que aparentava ter a idade do Jãocú (adoro esse apelidinho), ou seja, 16, que gritava a plenos pulmões coisas sobre eu e Hobi. Eu tô pra dar um tiro na cara dessa rapariga, gente, vai se foder com essa vozinha ridícula do caralho! Meu São Pirocossauro! E adivinhem? O Hobi tá mais branco que eu em dias de inverno, pálido como uma branca de neve (até, porque, se tá parecidinho comigo, tá um princeso, né gente? Rsrs).

Como eu não havia descrevido a “babá” de Jung dono-dos-meus-buracos HoSeok, eu vou aproveitar para descrever ela e a filha dela.

Berenice é uma Coreana com a pele morena, quadris largos e cintura fina, dos cabelos ondulados que ela sempre arruma num coque amarrado por uma rendinha azul claro da cor do uniforme dela, que consistia em blusa social azul-superclaro, gravata azul-escuro, blazer e saia justa da mesma cor da gravata e um saltinho preto. Suas sobrancelhas são claras, assim como o cabelo, seu rosto tem um formato  meio aquadradado, seus olhos são de um tom castanho-escuro, seu narizinho bem pequeno (mas não exageradamente), seios medianos e os seus lábios finos, além de que ela possui orelhas meio pontudinhas (Desde o dia que eu vi essa mulher, eu JUREI que ela era uma ninfa de tão bonita) e, aliás, tem uma coisa estranha nela; ela tem uma pintinha no pescoço no mesmo lugar onde o Hobi tinha uma mancha meio escurinha (mas não chegava a ser uma pinta). Estranho...

A galinha d’angola da filha dela é uma típica adolescentezinha coreana; de olhos, formato do cabelo e do rosto, e quadris iguais aos da mãe, e era muito bonita, aliás. Seus lábios eram finos, nariz pequeno e afilado, seios grandes, rosto fino, dentes certinhos, cintura marcada e sobrancelhas lindas. Sua blusa azul-bebê era meio decotada na barriga e tinha escrito “Baby’s body, Daddy’s Toy” em amarelo neon (FIQUEI CEGO AAA), short que mais parecia uma ex-calça de tão lascada nas barras, meia-calça arrastão (aliás, é o ponto fraco do Hope... Eu vou começar a trabalhar vendendo galinha assada, cara...), tênis converse de saltoazul da cor da blusa e uma tiara jeans com rendas pretas daquelas de nozinho. Ela deve ter pintado os cabelos recentemente, pois a pontinha das orelhas dela estavam verde clarinho, da cor dos cabelos. Gente, ela veio para provocar o MEU MACHO (agora eu posso chamar ele assim)? MAS NÃO VAI FICAR ASSIM NÃO, SUA CADELA DE QUINTAAAA AAAAAAAA!

Tá, parei.

Quando viu a gente juntos, a Berenice quase teve um infarto, principalmente por eu estar sem a roupa de YoonJi e de que ela viu minha versão de saia saindo do quarto do Hobi depois de uma noitada daquelas. A boca dela estava em um perfeito “O” e, nem queira saber como estava a da filha dela (que, aliás, tava de batom mate vermelho carmim que eu intitulo de “vermelho eu quero chupar uma piroca que pertence ao filho do patrão da minha mãe”... Cínicaaa!!!

- Jung HoSeok, meu Jesus cristo! O que significa isso que você está fazendo com o irmão da sua namorada?? –disse Berenice, enquanto a garota tirava várias fotos e fazia poses como se o celular fosse uma daquelas câmeras fotográficas. Eu diria para pegar meu melhor ângulo, mas eu sou perfeito de toda forma, então...- Se aquela menina descobrir isso, ela vai te matar! – acrescentou ela com certo medo nos olhos. Eu perdi minhas pregas. E não foi da forma que eu queria (fica a rechitégui dica, J-Mozão Rsrs).

- Querida, cê tá locona de pão de queijo? Eu não tenho irmã nenhuma, meu amorzinho – Mandei na lata no meio da fuça daquela putiane de classe média baixa. GENTE, AGORA QUE EU FUI ME TOCAR! Eu esqueci que eu era “irmão gêmeo de Min YoonJi”! Afs velho... Tomei no meu rabo de novo... Coloquei minhas mãos na boca como se tivesse com um bafo desgraçado, ou como se o crush chegasse chegandinho bem pertinho de você e quisesse falar com você mas os dentes estão sujos de alface. Já passei por isso...

- Hã? – Berê me olhou perplexa e, como eu sou um poço de inteligência rara, comecei a rir sozinho e alto, pois havia acabado de ter o plano mais mirabolante desse ano, mano. Berenice, tava perplexa, assim como a filha dela e o próprio HoSeok, por ter contado nosso segredinho. E lá estava eu, rindo feito um retardado mental. Sabe por quê? Saca o esquema da pessoinha.

- Ai, ai... Você se engana muito fácil, Berenice... – disse fingindo a voz feminina – Eu e o Hobi que planejamos isso... Eu cortei o cabelo assim que você saiu, pintei ele e vesti essa roupa dele para você chegar e a gente te trolar... – Olhei para Hobi e ele começou a entender, pois começou a rir e a cor voltou para seu rosto.

- S-sério? – Berenice disse e começou a rir fraco comigo e com Hobi. Além de livrar o Hobi das mãos de seus pais, eu ainda protegi minha identidade secreta até o fim. – aaah... okay, gente... Eu vou levar essa compra aqui lá para dentro, tá? Fica aí com eles, filha, que eu já volto... – e saiu deixando eu e Hope sozinhos com aquela lambisgóia oferecida. Eca, eca, eca!! RANÇOOO AAAA!!

Algo me diz que ela não engoliu essa história de jeito nenhum...

- Nossa, que mau gosto, Hobi! – a putiane esperou que a mãe se retirasse para começar a se esfregar no Hope, enquanto ele fazia cara de nojo dela – preferir esse bixinha que eu... Eu tenho muito mais a oferecer, meu amor...- Kkkk me fala que ela não chamou o Hobi de “meu amor”, gente... Por favor... Liguem pro Ibama, porque eu vu extinguir a espécie das songas-mongas....

- Ei Eva... Sai de cima dele, porque esse delicinha tem dona, meu amorzinho... – disse eu na maior cara dura, com minha voz normal, mesmo, e foda-se.

- Eva? Meu nome é NeiDe, queridinho, Lee NeiDe...- ela disse, se virando para minha direção.

- mas tem cara de Eva... – disse eu com os olhos faiscando mais que o fogo do meu cú – Porque tá na cara que Eva-gabunda... – eu taquei na cara dela todo o meu brilho próprio e deixei que ela se queimasse com ele. VRÁ!

- E você tem cara de Seiva... Seiva-tomar no meio do seu cú que eu não pedi sua opinião. – É hoje que eu como galinha no jantar... É HOJE!

- Tem como você tomar distância do meu macho? Obrigadinho, flor... – disse enquanto empurrava ela para longe dele.

- Ain! Não empurra! Credo, J-Hope! Quando você me disse que eu tava faltando algo pra ser sua, não imaginava que seria uma piroca!–Disse a galinha... GENTE O VERÃO CHEGOU MAIS CEDO, HEIN? E tá localizado no cú dessa NeiDe que está se atrevendo a dar em cima do meu boy magia.

- MEU AMOR! – dei um passo para frente e, segurando meu instinto de puta agressiva, me controlei para não dar um tapa na cara dela – Pode acreditar, queridinha, que desta fruta você não possuirá! – apontei o indicador na cara dela. TRETAAA AAAAAAAAAAAAA

- Ih, quem você pensa que é, queridinho? A serpente do Éden? – deu um passo na minha direção e fixou seus olhos de trocentos quilos de maquiagem nos meus.

- Sou, sim! E tô protegendo o fruto que ME pertence! – Dei uma arqueada de sobrancelha bem foda e a encarei por mais tempo ainda, levantando a mão da aliança e esfregando na cara dela.

- Quê? AH, NÃO HOBI! VOCÊ COMPROU PRA ELE A MINHA ALIANÇA PERFEITA, SEU DESGRAÇADO? – NeiDe me encarou meio perplexa da vida e encarou Hobi com os olhos cheios de ódio – VOCÊ VAI VER!

NOOOOSSA que eu tô tremendo igual vara verde! QUE MEEEEDAAA UUUI!

Foi só a treta passar que o Dhen apareceu pela porta segurando uma caixa azul nas mãos e uma mala preta sendo carregada por um garoto que eu NUNCA consigo decorar o nome.

- Eu senti cheirinho de treta e vim o mais rápido possível para assistir... Qual é a boa? – sorriu para mim e me encarou com aquele olhar de puta safada que tava acasalando. Aliás, Dhen estava com vários chupões no pescoço, cabelo bagunçado pra porra e a blusa toda abotoada errada. Eu quase tive um cagaço de tanto rir já que ele tava hilário de tão estranho. Eu tô muito doido pensando em como deve ser foder com o namorado do meu Emo-amigo... será que o pau dele é grande? Como eu sou muito bonzinho, no próximo relato eu vou deixar ele narrar a noitada dele com o TaeHyung, mas só um pouquinho...

- Ei, cara, coloca aí pra mim, mesmo! Eu levo pra cima. – disse ele se arrumando no sofá e respondendo algumas mensagens no celular. Eu fiquei encarando ele até o próprio não falar algo, e assim foi – Que foi? – me olhou rindo entre os dentes, do jeito mais louco do mundo. Adoro a risadinha dele, Gente! É muito amorzinho pra um pirralho de 17 anos só...

- Nada, não... – sorri de canto para ele e o mesmo fez com a mão para que eu me aproximasse dele e eu o fiz, me jogando no sofá – que foi?

-O Tae me disse do tal JeongGukk e, francamente, cara... O próprio Tae disse que prefere transar comigo que com ele, mano... – ele riu – eu falei pra ele que não quero mais ter nada com ele se ele não terminar com o Kook, e ele disse que vai terminar... Ahh... Como é bom ser amado e não amar ninguém... – jogou o celular no peito e começou a cochilar, no qual eu saí do lado dele e, para minha desgraça, fui para o corredor.

ADIVINHA!

PEGUEI A PUTA NO FLAGRANTE!

DANDO EM CIMA DO MEU MACHO, PODE ISSO BRASIL? EU VOU MATAR ESSA BARATA CASCUDA!


Notas Finais


Até a próxima, rsrs
(Sim, eu tenho um noivo e sim de novo, eu pedi para ele publicar capítulo para mim, rsrs)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...