História No Control - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags Calum, Laurine, No Control
Visualizações 12
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá caro leitores!

Creio que algumas pessoas vão estranhar quando ver essa história, vão achar que é plágio, quando na verdade eu apaguei a outra versão de 2016 e eu estou reescrevendo a história novamente. A história não estava m agradando da forma como me agradou antes, eu olhava para ela e torcia o nariz, então achei melhor dar uma segunda chance a No Control e eu espero do fundo do meu coração que vocês gostem dessa nova versão bem modificada da história.

Meu nome é Jéssica, mas podem me chamar de Jeh ou Jessi.

✓No Control irá se passar no ano de 2017
✓Calum ainda vai estar com o cabelo natural dele
✓Não compactuo com nenhuma violência descrita no decorrer da história nem ao uso de drogas
✓Laurine é interpretada pela Vanessa Hudgens
✓A personalidade de cada personagem não faz jus a realidade somente a ficção
✓5S0S não me pertence somente a personalidade de ambos na História
✓Vanessa Hudgens não me pertence somente a personalidade de sua personagem na história
✓Plagio é crime, use a sua criatividade deixe ela fluir
✓Comentem se gostaram, a opinião de um leitor é muito importante para um escritor
✓Vou postar uma vez por semana, talvez toda quarta feira

Boa leitura!! Vejo vocês lá embaixo!!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction No Control - Capítulo 1 - Prólogo

Eu vou te amar até o fim dos tempos

Eu esperaria um milhão de anos

Prometa que se lembrará de que você é meu

Querido, você consegue ver através das minhas lágrimas?

-Blue Jeans -Lana Del Rey

  Tudo estava se acabando o conto de fadas já tinha o seu destino e não era felizes para sempre, o castelo estava desmoronando e só sobraram ruínas do que um dia foi um grande amor. Meu coração estava em pedaços, e meus pensamentos se encontravam em uma certa batalha. Metade achava certo o que estava acontecendo a outra metade se negava a aceitar. Segurei fortemente a alça da bolsa que estava em meu ombro esquerdo e caminhei lentamente pelas escadas. Susan me esperava ao lado do sofá 

—Vai dar tudo certo querida, fique bem e boa sorte —Ela me abraçou logo após essas palavras 

—Ele não pode fazer isso comigo, Susan —Choraminguei em seu abraço apertado 

—Não chore querida, estão te esperando lá fora —Me soltou —Boa sorte Lauri 

Limpei as lágrimas e andei até o lado de fora onde todos me esperavam. Ashton colocava minhas malas no carro onde estavam dois seguranças, enquanto Calum permanecia parado ao lado de seu carro

—Vou sentir saudades Lauri —Emma me abraçou apertado

—Eu não quero ir —Sussurrei 

—Eu sei que não —Falou —Mais logo vamos nos ver de novo 

—Tchau Lauri, não fique perto de ninguém que tenha armas—Mike falou 

—Tchau Lauri, cuidado para não ser atropelada e não socorra ninguém machucado na praça —Luke disse 

—Boa sorte Lauri —Ashton falou —Nunca mais viaje com tantas malas 

Ganhei um abraço em grupo de todos eles e sem nenhuma vontade andei até o carro onde Calum me esperava pacientemente com um cigarro na boca. Vício que eu odiava nele. Minha vontade era de correr e me trancar em algum quarto daquela casa enorme, mas ele iria arrombar a porta e me carregar até o carro o que tornaria tudo mais difícil e humilhante.

—Eu preciso mesmo ir embora? —Perguntei 

Ele não falou nada e saiu com o carro a toda velocidade para o aeroporto. O percurso durou minutos, e logo estávamos no estacionamento do aeroporto, vi um de seus seguranças tirando as malas do carro

—Não vai falar nada? —Perguntei e ele permaneceu calado —Fala alguma coisa —Gritei 

Tirei o cinto de segurança e suspirei pesadamente esperando alguma palavra sair de sua boca. Eu não queria sair de dentro do carro, mais aquele silêncio estava me sufocando 

—Quando chegar a Melbourne terá um segurança com uma plaquinha com o seu nome ele dirá onde está seu carro —Falou —Dentro do mesmo terá um envelope com uma quantia em dinheiro para você

—Eu não quero um carro e nem dinheiro —Falei —Eu não quero ir, minha família nunca vai me aceitar de volta —Digo 

—Vai dar tudo certo, Laurine 

—E se nada der certo? —Perguntei —Você está me expulsando da sua vida, minha família talvez nem queira me ver de novo. O que vai ser de mim? —Perguntei

—Eu sei que dará tudo certo —Bufou 

—Você não pode fazer isso comigo —Gritei e bati em seu braço —Você destruiu tudo —Vociferei —Você não pode me abandonar desse jeito 

—Laurine, você vai perder seu vôo —Ele falou —Ele sai daqui a meia hora e você nem fez o check in ainda 

—Você não pode me abandonar assim —Gritei 

—Laurine —Suspirou

—Eu te amo Calum 

Esperei pela mesma frase alguns minutos e nada saiu de sua boca. Com as lágrimas rolando pela minha face eu sai do carro batendo a porta com  toda a força. Caminhei até o segurança que me entregou o carrinho com as minhas malas e um envelope com dinheiro para a viagem. Agradeci o mesmo e segui meu caminho para dentro do aeroporto. Mas antes pude ouvir seu carro arrancando a toda disparada. 

Eu saí de Melbourne com um sorriso no rosto, com o coração inteiro e estou voltando com lágrimas e um coração destruído. 


Notas Finais


Espero que gostem dessa nova versão de No Control. Comentem o que acharam, se estão animados o que vocês esperam.

Até logo. Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...