História No corpo de Pedro Pettigrew - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


...

Capítulo 2 - Beco Diagonal


Fanfic / Fanfiction No corpo de Pedro Pettigrew - Capítulo 2 - Beco Diagonal

- Oi gente - Disse Pedro abrindo um sorriso estranho em direção do trio - Como vocês estão?

Tiago, Lupin e Sirius se olharam por alguns segundos, "Eu disse algo estranho?" Se perguntou o menino confuso, porém o trio se virou com um sorriso no rosto.

- Que frase mais estranha é essa cara? - Perguntou Tiago chegando ao lado do menino e bagunçando seus cabelos.

- Coitadinho, acho que ficar longe de nós o deixou doido - Afirmou Lupin abrindo um sorriso - Cadê seu sotaque de americano?

- É, até parece uma outra pessoa falando - Disse Black dando um soco no ombro do menino - Acho que trocaram o nosso Pedrinho por alguém.

"Então Pedro é um Américano? Ok, isso eu não fazia ideia, se bem que não sei de nada sobre a família Pettigrew" Pensou o menino tossindo e se ajeitando.

- Bem, eu ouvi vocês e tentei melhorar o meu sotaque durante as minhas férias - Mentiu, Pedro com o rosto sério.

- Tá bom, de qualquer forma vamos logo, temos que comprar muitos materiais esse ano no beco diagonal - Disse Tiago empurrando o menino até a saída.

"Eu só queria saber em que ano em Hogwarts estamos, espero que não seja muito, porque eu não faço a menor ideia de nada" Pensou o menino preocupado.

- Além disso, eu estou muito curioso e quero andar naquilo que você disse nas cartas, Pedro - Falou Lupin abrindo um sorriso.

- Sim, o famoso metrô trouxa, mais rápido do que um trem e uma vassoura, isso me parece bem fascinante - Concordou Sirius ficando motivado.

- Espera, o que vocês acabaram de dizer? - Perguntou Pedro piscando rapidamente seus olhos.

- O metrô, que vai nos levar até o beco diagonal - Respondeu Black ficando um pouco nervoso - Vai me dizer que você mentiu para nós e não sabe...

- Não, que isso gente, eu sei exatamente aonde ir - Falou Pedro abrindo um sorriso e coçando a cabeça - Eu só vou pegar dinheiro com a minha avó.

- Você está falando sobre sua tia Hilda? - Perguntou Tiago fazendo uma cara estranha, demorou alguns segundos para o menino entender que a senhora que o acordou, era essa mulher que Tiago disse.

- Ah, sim, ela é a minha tia, claro, eu sabia disso, é que eu chamo de vó para irrita-la - Respondeu Pedro coçando a cabeça enquanto se virava e corria para a cozinha.

Tiago, Lupin e Sirius se olharam com um sorriso no rosto, até porque era normal Pedro se confundir e esquecer das coisas, para a sorte de Lukas.

- Tia, eu preciso de dinheiro, sabe, para comprar livros e outras coisas bruxas - Disse Pedro com o rosto sério.

- Eu já coloquei alguns galeões dentro de sua bolsa antes de você acordar e um pouco de dinheiro trouxa - Falou a senhora apontando para o bolsa, o menino a colocou nas costas rapidamente - Tente não gastar tudo em tranqueiras.

- E digamos que teoricamente eu precise ir em direção ao beco diagonal, em qual estação eu desço do metrô? - Perguntou o menino rapidamente.

- Obviamente em Brighton, como você pode esquecer disso? Eu levo você já faz dois anos - Respondeu Hilda enquanto cortava cenoura.

Pedro concordou com a cabeça e saiu correndo em direção a porta, pelo menos ele está aprendendo várias coisas hoje, na saída o menino encontrou o trio esperando por ele.

- Venham comigo, eu vou levá-los até a estação do metrô - Disse o menino se virando para a esquerda e começando a andar.

- O metrô não fica para o outro lado? - Perguntou Tiago confuso apontando para a direita.

- Com certeza fica, eu só estava testando vocês - Respondeu Pedro virando e indo na outra direção.

- Pedro sendo Pedro - Concordou os três enquanto seguiam o menino.

"Pelo o que eu entendi, acho que a minha tia é uma trouxa, isso explica Pedro saber tantas coisas desse mundo, já seus pais eu não faço a menor ideia de onde estão" Se perguntava o menino até ver de longe uma grande construção que só podia ser a estação.

Pedro se sentiu aliviado, pelo menos eles não iriam se atrasar para chegar no local, sem parar por um segundo, os 4 continuaram andando sem parar.

- Você fez a lição de casa Pedro? - Perguntou Lupin chegando ao seu lado, o menino ficou em silêncio sem saber o que responder - Hahahahaha, não se preocupe, eu empresto a minha, Tiago e Sirius já imploraram para mim mesmo.

- Valeu Lupin, eu te devo essa - Disse Pedro rapidamente, ele nem sabia aonde ficava seu pergaminho ou pena, nisso ele estava completamente perdido.

Depois de mais alguns segundos, eles finalmente chegaram na estação de metrô, Pedro os levou até o caixa aonde comprou 8 tíquetes, para ida e volta.

- Dinheiro trouxa é tão estranho - Sussurrou Black olhando o papel amassado sendo entregue para a moça, Pedro deu para cada um os tíquetes e os levou até as catracas.

- Façam o que eu vou fazer, não é nada difícil - Explicou Pedro enquanto colocava o tíquete na catraca e passava para o outro lado.

- Fascinante - Sussurraram os três fazendo o mesmo, eles abriram um sorriso enorme enquanto passavam, quem olhava para eles, achariam que são um bando de loucos - Por mim eu faria isso o dia inteiro.

Pedro levou eles até um vagão do metrô, pelo o que sua tia disse, eles deviam descer em Brighton, que olhando no mapa, eram 5 estações.

Os 4 se sentaram nas cadeiras vazias, Pedro olhava fixamente para o trio, que parecia encantado com o veículo grande e rápido, provavelmente nem crianças fariam o que eles estavam fazendo.

"Aparentemente eles ainda não se chamam de marotos e usam seus apelidos, então eu ainda não sou um animago" Pensou o menino tentando absorver o máximo de informações.

Pedro apenas torcia para não queria ser um rato, o menino não conseguia pensar em nenhuma especialidade a não ser fugir e ser inútil.

- Tiago, eu ouvi que Holly Benson está loucamente apaixonada por você - Disse Black abrindo um sorriso e cutucando o menino que ficou corado ao ouvir esse nome - Acho que ela irá te pedir em namoro esse ano.

- Holly Benson? - Perguntou Pedro confuso, ele nunca tinha ouvido esse nome antes nos livros de J. K.

- Sim, uma linda aluna da Corvinal, com cabelos loiros e olhos azuis - Respondeu Black concordando com a cabeça - Acho que ele se apaicou pelo nosso grande jogador de quadribol.

- Sei não gente, acho que a Lilian combina mais com o Tiago, eles são muito fofos juntos - Afirmou Pedro sinceramente.

Black e Lupin olharam de boca aberta para o menino, já Tiago simplesmente congelou no local, o que fez Pedro ficar assustado, "Até parece que eu disse o nome de você sabe quem" Pensou ele.

- Você está falando da Lilian? A Lilian Evans? - Perguntou Tiago perplexo - Aquela insuportável que não para de andar com o Ranhoso?

- Caraca Pedro, dessa vez você se superou - Afirmou Lupin começando a rir ao ouvir esse absurdo, Sirius também não se aguentou e começou a rir.

"Ok, acho que eles não gostam muito da Lilian, e o Ranhoso com certeza é o Snape" Pensou o menino forçando um sorriso.

- Lilian e Tiago, se isso um dia acontecer, então podem me chamar de Almofadinhas - Disse Black não conseguindo segurar o riso.

Pedro teve que aguentar por longos 5 minutos os três falando que era um absurdo e voltando a rir, até que finalmente mudassem de assunto.

- Enfim, elas amam jogadores de quadribol, por isso eu vou entrar no time da Grifinoria nesse ano, e vou arranjar uma namorada - Disse Black totalmente empolgado.

"Jogar quadribol? Bem que eu gostaria disso também, será que é difícil? Na minha vida passada, eu queria ser goleiro de futebol, mas por causa da minha doença, nunca pude jogar de fato" Pensou o menino imaginando como seria voar de vassouras e jogar ao mesmo tempo.

"Bem-vindo a Estação de Brighton, saída pelo lado esquerdo do trem"

- Essa é a nossa, vamos crianças - Disse Pedro se levantando rapidamente e indo em direção a saída.

- Vocês perceberam que Pedro está bem diferente hoje? - Perguntou Tiago quase como um sussurro, Lupin e Sirius concordaram com a cabeça lentamente.

Pedro levou os meninos até a saída do metrô, porém ele percebeu que esqueceu de algo bem simples, aonde era a entrada do beco diagonal? Ele sabia que era em um bar bruxo, mas apenas isso.

A sorte do menino era que Tiago ao chegar do lado de fora do metrô, já reconheceu o local e aonde ficava o caldeirão furado, então ele levou os meninos na direção certa.

- É Pedro, eu tenho que concordar que duvidei de você - Disse Lupin com um sorriso no rosto enquanto eles chegavam até lá.

Pedro não disse nada, ele estava ansioso de mais para entrar no local, eles passaram pela porta do caldeirão furado, que era um pequeno bar velho e fedido.

Dentro dele tinha dezenas de pessoas, todas sinistras como se estivessem analisando quem iria morrer hoje, e com certeza seria o jovem gordinho do grupo.

- Não falem com ninguém, pode ter comensais da morte aqui - Sussurrou Black com o rosto sério.

Pedro sentiu os pelos de sua nuca se arrepiarem, ele se esqueceu completamente que Voldemort estava bem vivinho e ainda com um exercito bem poderoso andando pela Inglaterra.

Apenas com o sacrifício de Lilian, eles conseguiram derrotar o lorde das trevas, mas antes disso, Pedro não tinha ideia de como era a real situação do mundo bruxo.

Só de pensar que todos os aliados de Voldemort estava livre no mundo, o deiacvaa muito mais preocupado, "Antes foi a Lilian que salvou o mundo bruxo, mas agora eu sei aonde estão as Horcrux, posso derrotar Lord Voldemort, e poupar as vidas de Sirius, Remo, Tiago e da Lilian.

Os meninos passaram de fininho pelo canto do bar, sem que ninguém os vissem eles chegaram até um grande muro de tijolos.

- Eu que vou abrir dessa vez! - Afirmou Sirius passando pelos dois e batendo sua varinha no muro.

Os olhos de Pedro brilharam ao ver a cena bem na sua frente, os tijolos começaram a girar magicamente, abrindo uma enorme passarela em direção a rua, com várias lojas bruxas e pessoas com chapéus estranhos andando nas duas direções.

O menino passou metade de sua vida dentro de um hospital da Inglaterra, ver algo tão incrível como isso, fez seus olhos até lacrimejarem, depois de 14 anos sofrendo, sua vida parecia que finalmente iria começar.

Tirando toda a parte bela das lojas, o beco diagonal não parecia como ele se lembrava dos livros, ele era muito mais deserto, com pessoas misteriosas andando de um lado para o outro.

Os tempos era realmente outro, Pedro tem que entender que não apenas Voldemort estava vivo, como tinha o maior exército de bruxo das trevas, provavelmente tendo mais forças que o ministério da magia e Dumbledore.

Pedro começou a se ficar com medo, mas viu que seus três amigos parecia muito bens, como se nada disso tivesse acontecendo.

- Não se preocupe Pedro - Afirmou Remo colocando a mão em seu ombro - O beco diagonal só é perigoso a noite, de manhã podemos andar tranquilamente.

Pedro ficou surpreso ao ver que Remo entendeu seus pensamentos, ele viu as reações de Sirius e Tiago sorrindo para o menino e finalmente se acalmou.

"A minha sorte é que o antigo Pedro era bem medroso, por isso que ninguém achou estranho minha reação" Pensou o menino aliviado.

- Eu vi que lançou a nova firebolt 1973, vamos vê como ela é! - Disse Tiago completamente empolgado com quadribol.


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...