1. Spirit Fanfics >
  2. No Desenrolar de um Sonho >
  3. Acabou!

História No Desenrolar de um Sonho - Capítulo 35


Escrita por: e Kimjinnalua


Capítulo 35 - Acabou!


Fanfic / Fanfiction No Desenrolar de um Sonho - Capítulo 35 - Acabou!

~PENSAMENTOS DE S/N ON~ 

Despertei com Larissa jogando água em meu rosto, estava confusa, uma hora no mar e agora na banheira, oque tinha acontecido?

Larissa- Veja só quem acordou... A infartadora profissional! 

S/N- Oo..oque aconteceu?

Larissa- Você e sua idéia suicida que quase matou todo mundo de susto! Oque você estava pensando S/N?! 

S/N- Que ideia suidida? Como assim unnie?!

Larissa- Vai me dizer que você se jogou no mar agora porque queria brincar de peixinho? Você nem sabe nadar!

S/N- Desculpa, eu não sei oque aconteceu comigo, eu fiquei tonta e depois eu começei a ver umas cores e a lua estava me chamando, derrepente tudo começou a ficar escuro. ~Ela me encarou me julgando.

Larissa- Não tinha ninguém lá.. Você usou algum tipo de droga?

S/N- Oque?! Claro que não unnie, a única coisa que eu tomei desde que entrei aqui foi uma batida, e nem cheguei a beber o copo inteiro.

Larissa- Hum, oque você estava fazendo na praia então?

S/N- Fugindo de Jimin... 

Larissa- Aish, porque? 

S/N- Aí unnie... Ele estava beijando a Son Heong. ~abaixei a cabeça decepcionada.

Larissa- O Jimin? Tem certeza?! ~Concenti com a cabeça~ Que estranho, foi ele quem te reanimou... inclusive está ali fora te esperando.

S/N- Tenho certeza que era ele.

Larissa- Então eu acho melhor você conversar com ele, porque eu não iria parar meu beijo com alguém importante pra ir atrás de outra. ~Ela colocou a mão na minha testa verificando minha temperatura.

S/N- Mas unnie, eu não quero falar com ele, tira ele daqui por favor! ~Juntei as mãos e fiz beiço na esperança que Larissa iria me ajudar.

Larissa- Nada disso, vai conversar com ele sim... Você tem que passar a encarar seus problemas como uma mulher de verdade, não vai poder fugir deles o resto da vida! ~Fiquei calada, sabia que minha unnie estava certa.

Larissa- Vou ter que ir conversar com o Jin ~Ela me deu a mão para que eu pudesse me levantar~ Aproveite esse momento que os dois vão estar sozinhos e tenta esclarecer as coisas com ele. 

Ela me entegou uma toalha e um roupão, saiu me deixando ali sozinha com o Jimin, ainda estava um pouco tonta mas não via mais coisas, me sequei, vesti o roupão e sai do banheiro dando de cara com o Jimin.

S/N- Oque está fazendo aqui? ~Sentei na cama.

Jimin- Precisava ver se estava bem. ~Ele se ajoelhou na minha frente.

S/N- Eu estou bem, não precisa se preocupar! ~Não fiz questão de olhar para ele.

Jimin- Por que você se jogou na água? Está tudo bem? 

S/N- Eu não sei bem o porquê, não tinha o controle do meu corpo... ~Fechei a cara.

Jimin- Desculpa, eu te juro que não beijei a Son Heong, ela que me beijou, eu não queria.

S/N- Se você estiver afim dela, eu entendo... Você não deve satisfações a mim.

Jimin- S/N... você me conhece, eu não faria isso!

S/N- Eu estou confusa, você costuma passar mais tempo com ela do que comigo ultimamente...

Jimin- Se está dizendo isso é porque está interessada no Jungguk agora! ~Fiquei confusa.

S/N- Lógico que não, olha a merda que você está falando! ~Ele se levantou.

Jimin- Você veio com ele, ficou na mesa rindo com ele, ele se jogou igual um doido atrás de você no mar.

S/N- É claro, ele é meu amigo! Oque você queria que ele fizesse?! Me deixasse morrer afogada?! ~Também me levantei e começamos a elevar as vozes.

Jimin- EU ERA SEU AMIGO!

S/N- MAS COM VOCÊ É DIFERENTE, O JUNGGUK NÃO FAZ O MEU CORAÇÃO PALPITAR TODA VEZ QUE PASSA.

Jimin- NÃO VENHA COM MENTIRAS S/N, JÁ ENTENDI SEU JOGUINHO, SON ME AVISOU!

S/N- VOCÊ QUE BEIJA ELA, VEM AQUI PERIR DESCULPAS E EU QUE ESTOU MENTIDO AGORA?! ASSUMA DE UMA VEZ QUE VOCÊ GOSTA DA HEONG ENTÃO, ESTÁ MAIS QUE NA CARA QUE PREFERE ACREDITAR NELA DO QUEM EM MIM!

Jimin- NÃO GOSTO DELA, EU REALEMENTE TE AMAVA, MAS AGORA EU PERCEBI QUE VOCÊ É SÓ MAIS UMA DESSAS PUTAS BIPOLARZINHAS QUE BRINCAM COM OS SENTIMENTOS DAS PESSOAS. ~Parei por um segundo e dei um tapa na cara dele.

S/N- Já que não existe mais nada... a puta biporlazinha aqui já está de saída então.

Virei as costas saindo do quarto de roupão mesmo, escutei ele esmurar a porta, de arrependimneto talvez? Não sei, só sei que aquelas palavras me machucaram, como ele poderia falar uma coisa dessas para mim?! Não iria continuar nem mais um segundo com ele, não queria que ele me visse chorar. Apertando todos os botões do elevador me deparei com Flaviana, ela me entregou um lindo vestido preto e me consolou enquanto eu desmoronava contando tudo que tinha acabado de acontecer. Eu estava muito magoada com aquilo tudo, aquelas palavras vieram diretamente a mim como verdadeiras facadas, tudo que eu queria fazer naquele momento era sair dali, nunca mais ver o Jimin. Vesti o vestido no elevador mesmo enquanto Flaviana vigiava a porta, desci até o salão procurando Jungguk e assim que o encontrei o abraçei chorando implorando para me levar embora dali.

JK- Para de chorar S/N! O Jimin não disse nada daquilo sério, eu o conheço bem, ele é explosivo... E sobre essa história da gente estar se gostando... Esse é o comentário mais sem noção que já escutei.

S/N- Eu sei... mas ele insiste nesse assunto. ~Falava em prantos.

JK- Eu vou lá conversar com ele, certeza que a Heong colocou paranóia na cabeça dele!

S/N- Heong ou não, ele não tinha o direito de falar daquele jeito comigo, eu quero ir embora, por favor! ~Jungguk me entregou as chaves de seu carro.

JK- Pode ir no meu carro, eu vou resolver as coisas com Jimin primeiro... depois ainda sobra pra mim.

S/N- Mas e você? Como vai ir embora?

Jk- Tenho 6 hungs para me dar carona, relaxa. ~Ele riu e foi em em direção ao elevador.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...