História No final, tudo termina em biscoitos. - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões
Personagens A Fada dos Dentes, Bicho-papão (Pitch Black), Coelhão, Jack Frost, Jamie Bennett, Norte, Personagens Originais, Sandman "Sandy"
Tags Breu, Bunny, Coelhãodapascoa, Duende, Easter, Fadadodente, Fairy, Guardians, Jackfrost, Jamiebenett, Origemdosguardioes, Papainoel, Risesandguardians, Santaclaus, Toothfairy
Visualizações 53
Palavras 612
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vai fica sem capinha por um tempo mas já já ela ta de volta.

Capítulo 9 - A areia que eu deveria ficar longe


Residência de Charlotte Lamont

Lotte narrando.

Hora: 15:26

 

‘Jamie, lá é incrível! Os brinquedos voam, andam sozinhos...E os Duendes! Ah, eles são as coisas mais fofas da terra e....’. Digo super animada e o Jamie tapou a minha boca com sua mão pequenina.

 

‘Eu já entendi, sua metida! ’. Ele disse de braços cruzados e me olhando mortalmente.

 

‘Ah, não fique tão chateado. ’. Me abaixei até o seu ouvido e sussurrei: ‘Prometo leva-lo algum dia.’

 

‘Jura?!’ Ele disse com aquele sorrisão e os olhos brilhantes.

 

‘Sim, agora volte a ficar triste, não podemos ser descobertos. ’ Digo olhando ao redor cautelosa e o Jamie como um bom aspirante a ator voltou a ficar triste. Meu garoto!

 

‘O que aconteceu com a sua mão? ’ Ele perguntou olhando para a cicatriz de queimadura.

‘Tentou cozinhar outra vez? ’ Zombou contendo uma risada travessa. Esse moleque....

 

‘Um tipo de areia preta apareceu e sem querer um pouco dela encostou na minha mão e me queimou, estranho não? ‘. Eu o respondi olhando para a cicatriz pensativa.

 

‘Você viu o Breu? ’. Ele disse meio amedrontado. Parei de caminhar junto com ele e me abaixei para olha-lo melhor, e sim, ele definitivamente estava com medo.

 

‘Eu só vi essa areia, mas, esse nome me é familiar. Porque está com essa carinha? ‘. Digo passando a mão pelos seus fios castanhos, ele realmente conseguiu me preocupar.

 

‘Então, foi por isso que Jack me mandou vigiar você! ‘. Ele exclamou de repente como se tivesse descoberto um enigma do príncipe. Agora, sobre o Jack, já esperava, o que não me impediu de ficar menos brava com ele por envolver o Jamie nisso, afinal, como o próprio disse é um assunto PERIGOSO.

 

‘Não escute o Jack, ele é da idade média, um completo idiota. Fique longe desse tal de Breu. Okay? ‘. Digo com uma mão em seu ombro e o olhando fixamente, ele concordou devagar com a cabeça, sorri e o arrastei para tomar o nosso sorvete de lei.

 

Falando em sorvete, Jack Frost estava frito comigo. Como ele pode envolver o Jamie nisso?!

Depois de tomar sorvete e deixa-lo perto de casa voltei para a minha. Fui para o laboratório como um foguete, estava trabalhando na amostra da areia desde de que o Jack me deixou em casa. O beijo, ah que beijo.... Sinto falta dele... Quer dizer, deles, todos os eles Norte, Fada, Coelhão, Sand. E você Charlotte foque, lembra de que você está com raiva do Frost R A I V A.

O som do computador avisando o fim da analise me despertou da minha discussão comigo mesmo, afinal, alguém tem que me educar, correto?

Fui verificar os dados, precisava saciar a minha curiosidade.

 

‘Eu já vi esses dados antes.... ‘

Comecei a caçar no meio dos meus bagulhos até finalmente encontrar a análise da areia do Sandman, me julguem, mas, catei um cadinho de cada guardião e analisei um por um. Eu juro que sou saudável mentalmente. Mas, ainda assim os dados não batiam a areia preta parecia ter algo a mais.

E lá se foi mais uma noite sem dormi, comparei com o todos os dados de cada guardião um por um e nada. Até que a minha fonte de energia acabou, sim, ele mesmo, O CAFÉ, iria completar três noites não dormidas, porém, sem café meu fiel escudeiro jamais conseguiria.

Então, decidi que faria uma pausa para ir ao mercado e por segurança ao bom sono de alguns cidadãos, fui tomar banho antes.

Tomei um banho demorado e relaxante, relaxante até demais porque, ao invés de vestir calça e o casaco, vesti um pijama azul escuro de seda e adormeci.


Notas Finais


Espero que estejam gostando... Bjins


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...