História No idea - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite BlueBerrys, meu pc queimou ja faz um tempo então eu não tenho aparecido aqui desde o ocorrido, digitei pelo celular então perdoe meus erros de digitação...

Fiquem com uma Yoonkook bem delícia

Capítulo 1 - Wear


Fanfic / Fanfiction No idea - Capítulo 1 - Wear

Cinco anos atrás


Mon, Dec 6 09:47


Com toda certeza do mundo, estar em qualquer lugar seria melhor que estar enfurnado naquela sala com seus semelhantes assistindo a aula chata de história com seu professor careca. Nada contra carecas, mas, aquela peculiaridade deixava a aula uns 10% mais chata que o normal.


O loiro não iria mentir se lhe perguntassem se ele queria ir pra casa, mas era obrigado e comparecer nas 9 aulas semanais. 


Quando aquela tortura psicológica acabou e todos os alunos da Seoul Institution educational -inferno para os íntimos- Min Yoongi estava quase batendo em alguém por não aguentar mais aquele lugar.


Era final de ano, semana de revisões para uns, de esperança a aprender algo antes das provas finais, era completamente normal o Min estar tão puto.


Não era o melhor da classe, mas também não era o pior, gostava de participar de debates, era muito liberal para seu país, como todo adolescente com muito hormônios, não fazia muito tempo que havia se descoberto gay.


Com a vinda da puberdade vieram os crushes, perdeu o bv com um carinha do seu curso de piano, e a virgindade da frente com seu vizinho que se mudou um ano depois, seus pais o aceitaram bem, sempre temendo pela segurança do único e mimado filho, se achava o ativo até ser o passivo de um dos jogadores do time de basquete da qual fazia parte, dali descobriu um mundo, não quis mais saber de ser o ativo. 


Dormiu com o time de basquete todo, e claro, adolescente não sabem cuidar da própria vida, ficaram sabendo e com isso a notícia de que a "vadia" Min era tão boa que consegui pegar o time todo, o que era considerado impossível, com isso vieram os convites para sair. 


Claro que o loiro não dispensava nenhum, mas o garoto tinha sentimentos e em uma dessas, acabou gostando demais de um dos garotos do terceiro ano, claro que por ser do primeiro foi rejeitado.


Era uma terça chuvosa quando conheceu o gentil cavalheiro que o ajudou a subir o zíper de seu short de pano cintura alta, o mais alto estava encantado com a excelência do Min, seus cabelos rosados bagunçados, a camisa folgada amarrada por um nó na frente, as pernas branquinhas de fora e seus coturnos com um salto baixo. 


Ainda extasiado pela classe do mais baixo entrou na grande construção, logo ficou sabendo da cerimônia de entrada, teria que fazer algo considerado impossível, e quando disse que se interessara pelo rosado, os populares do segundo viram a oportunidade perfeita para o desafio.


"Faça o pequeno Kitty gamar em você e poderá ficar!"


Claro que depois de se decepcionar com um dos caras do terceiro ano, Yoongi estaria com o coração quase que indestrutível, mas com carinho e paciência o novato conseguiu quebrar a barreira que jazia em volta dos sentimentos do baixinho.


Primeiro foi um lanche pago na lanchonete do colégio, depois um cinema sexta a noite com direito a amassos na despedida e mais tarde o rosado já estava gemendo manhoso entre os lençóis do novato completamente entrege. 


Tinha realmente gostado do mais alto, mas como nem tudo são rosas, no outro dia o Min foi a chacota entre os populares, via o moreno receber tapinhas de satisfação nas costas e não sabia que era possível se sentir tão quebrado e humilhado daquela forma, demorou um mês para que ele amasse o moreno, um mês de mentiras.


Depois daquilo o Min passou bastante tempo evitando o moreno e sempre que podia faltava às aulas, depois de algumas semanas sentia que não havia mais água em seu corpo, com tudo isso deu um basta em tudo, se arrumou todo, colocou sua melhor roupa e seguiu para o seu pequeno inferno particular.


Os alunos olhavam babando no corpo pequeno e cheio de curvas, principalmente certo moreno que até tentou se aproximar mas a cortada que levou foi suficiente para não tentar nada e assim seguiu até o último ano.


Dias atuais


Fri, Nov 4 23:07


Havia acabado de dar onze da noite, faltava pouco pra chegar sua vez de se apresentar, o nervosismo que habitava si no começo já não era mais presente. 


Estava pronto para subir no palco da casa de shows em gangnam, a vida de Yoongi tinha dado uma linda reviravolta, conseguiu concluir a faculdade de música, se manteve bem durante o curso graças às suas habilidades ocultas com o poledance, depois que terminou o curso, começou a dar aulas de piano e se apresentar como Rapper underground, mas descobriu uma paixão na dança e na mesma boate que se apresentava como o durão e incomparável AgustD também era o delicado e sensual Suga que todos queria ter um pedacinho.



Deu um último retoque na maquiagem leve, olhou as poucas roupas provocativas, sua cropped branca escrito "You'll float too!" Referência a um de seus filmes favoritos, um pequeno short preto, e agora suas frequentes meias ⅞ .


Subiu ao palco e as pessoas ficaram histéricas, o gracioso Suga havia se tornado sucesso esperado nas noites de sexta e domingo, o agora esverdeado, reverenciou a plateia. 


Seus olhos se esbarraram rapidamente com certos olhos que passou muito tempo tentando esquecer, para o público não durou mais que meio segundo, mas para os dois jovens tinha sido uma eternidade. 


Ainda meio desnorteado agarrou na base do ferro e esperou a música começar, o ritmo envolvente de No Idea de Don Toliver logo se apossou de seu corpo, seguindo a música começou a dançar e fazer movimentos complicados com a barra.


Algumas vezes seus olhos encontravam os caramelos do moreno, gostava de encarar alguém do público e tentar seduzir, era legal e na maioria das vezes rendia uma boa foda, mas encarar o mais alto estava o deixando desconfortável. 


Com as manobras arriscadas, para ter uma maior atenção e não se machucar resolveu que deixaria de lado. 


Conseguiu com êxito terminar sua performance, recebeu aplausos, assobios e propostas de uma noite, assim seguiu para seu camarim.


Quinze minutos, foram necessários quinze minutos de banheira para que fosse possível sair do banheiro e encarar o moreno que ele sabia que não havia ido embora, seu corpo pálido formigava em excitação para tocar o mais alto.


Claro que não esperava que o mais alto estivesse no camarim e sim no bar. Pensava que teria mais tempo para se preparar, mas assim que saiu de roupão e viu os olhos âmbares encarando seu corpo com desejo latente seu desespero foi às alturas, não sabia como agiria, sentia saudades, mas estava muito machucado. 


Passaram muito tempo apenas se olhando, para quem via de fora era assim, mas para os dois o tempo parecia parado.


"Yoon!" O mais novo é o primeiro a falar.


"Jeon" O outro rebate. 


Notas Finais


Logo mais trago o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...