1. Spirit Fanfics >
  2. No início do apocalipse novamente (Furry,Yaoi) >
  3. Pedido de resgate

História No início do apocalipse novamente (Furry,Yaoi) - Capítulo 19


Escrita por: e God_HxD


Notas do Autor


Felip e Scott

Capítulo 19 - Pedido de resgate


Fanfic / Fanfiction No início do apocalipse novamente (Furry,Yaoi) - Capítulo 19 - Pedido de resgate

Anteriormente...

Akira desviou das garras do lobo negro novamente, o mesmo soltou um gemido ao pensar em fases 2 começando a aparecer logo no início onde ninguém sabia usar seus poderes direito.

Agora...


A maioria das comunicações estavam cortadas, e ele não podia ir para os centros Militares, se ele começasse a falar coisas eles o prenderam para simplesmente passar informação.


Isso já aconteceu com algumas pessoas na vida passada, não era ruim para quem queria ficar seguro, mas para ele que queria construir uma base sozinho isso era impensável, claro ele poderia simplesmente entregar uma carta.


Deixando de lado aquilo ele se concentrou na sua frente, um lobo de segunda fase iniciante não era brincadeira para pessoas normais.


O mesmo avançou para cima do lobo de uma vez, ele não podia o deixar evoluir, séria não apenas ruim se evoluí-se.


Akira rosnou olhando para o lobo, o Sistema deve estar controlando o mesmo para não o deixar evoluir, senão já teria evoluído.


O mesmo pulou tentando morder o andarilho mas o mesmo recuou fazendo Akira ficar surpreso por 1 instante, era isso que dava medo, quanto maior o Rank do andarilho, mais ele tem inteligência.


Embora isso aconteça Akira ainda se adiantou o andarilho também pulou em Akira, o mesmo se abaixou em rápida velocidade, mas ainda foi arranhado no peito.


Sangue manchou os pelos do mesmo, andarilhos andaram em sua direção com mais força, parecia que ele não conseguiria ter uma luta selvagem como desejava.


"Luca a espada!".


O mesmo gritou sem olhar para trás, no segundo seguinte uma lâmina aterrissou a 30 centímetros.


E não era a lâmina de Luca mas Akira não podia se importar, Akira puxou a lâmina e ficou em pé, o andarilho recuou um pouco vendo o inimigo ficar maior já que Akira sempre lutou abaixado.


Uma posição fixa, uma espada e um lobo, Akira sempre sobreviveu por causa de três coisas, uma foi Ren que o dava motivo para viver, outra foi uma lâmina que sempre o ajudou, e então o lado selvagem que sempre o aconselhou em batalhas, por causa dessas três coisas o mesmo conseguiu viver por 10 anos.


Akira respirou, mas essa respiração não era normal, seu coração acelerou em uma velocidade incrível, veias saltaram e seus músculos ficaram rígidos.


O andarilho vendo sua presa parada o atacou sem esperar mais, outros andarilhos estavam agora a meio metro de Akira.


Depois de 2 segundos uma voz baixa soou.


"garras de vento!".


Uma técnica que foi vendida no Sistema daqui a 1 ano, mas Akira o estava usando agora, ele tinha alguns motivos para isso.


A lâmina cortou a uma velocidade incomparável aos lerdos andarilhos.


Cabeças voaram para todo o lado e alguns dos andarilhos foram cortados ao meio.


Foi uma cena que parecia mágica, a espada passou dos 200 quilómetros, mas isso fez as juntas e os braços de Akira tremerem também.


O mesmo recuou para a linha que Ren havia montado, embora os corpos tenham se acumulado foi muito bom, todos pareciam levar a sério, até o pequeno Luan havia matado 2 andarilhos.


Depois de uma ordem simples Akira e os outros recuaram deixando uma trilha de mortos para trás.


"Isso foi fácil".


"E verdade, ajente podia fazer isso por mais tempo".


Quem conversa animadamente era 2 dos estudantes, embora um pareça que necessitava estar no 2 ano de tão musculoso.


"Ei venham aqui".


Akira os chamou sem pressa, os mesmos se olharam e vieram sem olhar nos meus olhos.


"Nomes".


Akira falou de forma calma, ele tinha que construir bons laços com todos, ou pelo menos tentar.


"Filip Hand, senhor".


"Scott Vando".


Os dois falaram rigidamente, eles pareciam desconfortáveis, eu lembro que eles quase seguiram a turma que saiu do ônibus.


O maior que segurou o pequeno para ficar, era alguns detalhes que pedi a Ley afinal.


"Vamos, não fiquem regidos, eu não sou tão assustador assim, eu tenho 17 anos sabia".


Falei com um tom divertido mas eles me olharam novamente.


"Parece que tem 23".


"Ou 25, já que é tão musculoso".


"Sabia que esses músculos me atrapalhariam, Tks, eu tenho cara de velho?.


Bem Akira não tinha um rosto envelhecido, mas suas expressões o faziam parecer.


"Ok, nunca pensei que fosse chamado de velho".


O mesmo disse com uma leve aura depressiva, os dois mais novos ficaram surpresos pelo comportamento do mesmo.


"Bem vamos conversar um pouco".


O mesmo disse se sentando no chão os dois o seguiram com uma expressão menos rígida.


"Bem vou ser direto com vocês, peço que não subestimem os andarilhos, eles podem ser lentos agora, mas não será assim para sempre".


Os dois ouviram as palavras de Akira em silêncio, e olharam para ele de modo difícil.


"Senhor gostaríamos de pedir algo, se possível".


O menor que era Filip falou, com presa.


"Gostaríamos de pedir que resgatase nossos pais" 


Scott falou em seguida os dois olharam para mim aprencivamente, Akira soltou um leve gemido com o pedido.


"Vocês sabem onde eles estavam quando o apocalipse começou?".


O pedido de informação mais básico, se ele tivesse a localização ele deveria poder tentar encontra-los.


Os dois ficaram em silêncio por um tempo.


"Rua Jornad, número 22".


Filip falou com um suspiro e Akira soltou uma exclamação, aquela era uma rua pouco movimentada, então talvez os pais dos mesmos podem estar vivos.


"São 9:32 da manhã, hoje vamos tentar acha-los, mas como é um pedido pessoal eu não posso pedir para outros se arriscarem além de mim".


"Obrigado senhor!".


"Muito obrigado!".


Os dois agradeceram com aquelas palavras, esperança brilhou nos olhos deles, mas Akira não estava otimista.


Pois a Rua Jornard era o lugar que ficava a duas ruas do Shopping, um lugar que os andarilhos passavam direto.


Depois de uma rápida conversa com os 2 cães Akira foi falar com Ren, o mesmo parecia desconfortável.


Akira se sentou ao lado do mesmo e não falou nada, apenas segurou a mão do mesmo. Ele não achou necessidade de falar, contanto que pudesse só transmitir que ele estava com Ren, isso seria melhor.


Ren também não falou nada só segurou a mão de Akira levemente.


Depois de um tempo Akira acarisiou levemente as orelhas de Ren e se levantou.


"Vamos voltar, vamos terminar de matar os andarilhos desa vila, então voltar para almoçar".


Akira falou com calma, então por uma hora, o mesmo deixou de abater os andarilhos para dar ordens, o mesmo ajudou os outros a montarem formações de abate, como ele gostava de falar.


Depois de uma hora em batalha, todos já estavam cansados, muitos não tinham boa resistência, mas ainda continuavam lutando.


Akira podia ouvir as vocês dos seus pensamentos sem sequer ter algum poder. Todos queriam ter agora um patrocinador, assim talvez eles pudessem salvar as suas famílias.


Akira adimirou a vontade e espíritos dos mesmos, mesmo que muitos ainda chorem enquanto matam, ou vomitem depois da batalha, eles ainda o fazem.


Akira suspirou lembrando as cenas da sua vida passada.

Continua...


Notas Finais


Desculpe pelo atraso, esqueci de postar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...