História No Lucky (SasuSaku) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 17
Palavras 279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo - Uma Azarada!


                                               Escrita Por Sc0rpi0



Haruno, Sakura. 08:36 AM/Sábado •


Prólogo

      Uma Azarada!

 



Tropecei nos meu próprios pés mais uma vez. Merda! Eu não aguento mais essa vida! Será que eu fiz merda na minha vida passada e estou pagando na atual? Droga!



- Tropeçando novamente, não é, menina? - Dona Dolores - Que estava mais para Dona Florinda - comentou sentada em sua cadeira e lendo revista. Certeza que é pornográfia.



- Ah, mãe. Não enche o saco. Pelo que eu sabia você não é Papai Noel. - Perdoem-me. Eu sempre mando essas piadas ruins.




- Sakura Haruno. A princesa das piadas ruins. Aprendeu com a mãe. Bravo, bravo! - Um amigo da minha mãe apareceu na porta. O cara é filho de puta, mas é bonito. Minha cobra está sólida... Não... Pera.



- Brava é como eu irei ficar se você não sair dessa sala agora. Seu merda! - A ruiva que antes estava sentada lendo uma revista - Certamente que pornográfica - se levantou e pegou a chinela preta que estava em seus pés e ameaçou o Rodrigo.




- Calma, calma! Foi só uma brincadeira, Dolores! - O homem começou a suar. Minha mãe é foda, parceiros!




- Foda-se! - Ela começou a correr atrás dele com a chinela na mão. Rodrigo gritava igual um porco no abate. Agora estou sozinha aqui nessa sala. Suspirei.




Olhei para o lado e vi a Jurema, uma loirinha, outra amiga da minha mãe. Ela estava vindo em minha direção com um balde d'água e o deixou cair em mim.




Porra! Essa minha má sorte nunca acaba, desgraça?



- Perdoe-me, Sakura! - Pegou o balde azul que ficou jogado no chão.





   Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...