História No more Friends tonight (interativa) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Tags Friends, More, Sequencia, Tonight
Visualizações 22
Palavras 2.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente... Então!
No final eu tenho uma surpresa já wue estando nos dois últimos de No more Friend tonight: 3

Capítulo 17 - No more Friends tonight part 4


No more friends Tonight 

-Que peste é isso?- Exclama Lorrane.

-É o robô da segurança daqui, Simon tá cada vez mais avançado.- responde a morena.

-Eu não sou um diabo idiota, e vocês não deveriam estar aqui – O elefante pega as duas, uma em cada braço. 

-Se eu grito,  tem algo pior me esperando, se eu me calo eu morro, só mesmo Fake Simon pra me colocar nessas situações .- comenta Giovanna.

-O que será que ele vai fazer?- se questiona Lorrane- não quero nem saber – fica se debatendo.

O branco e rosa caminha até a porta abre, passa pelo fundo e joga as duas dentro do carro.

-Blue! Você foi comprado pelo senhor Henry, e vai causar problemas para Mestre Simon se você voltar aqui.- fala o maior para Lorrane.

Lorrane logo entende que a máscara está fazendo ele confundi-la com Blue, certamente eles se conhecem.

O elefante da as costas e entra no local.

-Liga esse carro e bora  se embora  antes que ele volte!- diz Giovanna.

Lorrane obedece.

-Pegou a chave?- 

- Sim... espera o Blue saber disso.- responde Lorrane.

Elas dirigiram em silencio, e esqueceram de tirar as máscaras, e onde elas iam pessoas olhavam.

Elas pararam o carro na porta da casa de Lorrane e desceram. Nem perceberam que do lado Simon estava dentro do carro olhando confuso para eleas.

-Olha Simon.- sussurra Giovanna. 

-Eu estou vendo.-

Ele aproxima o carro delas, desce e é fica as encarando.- Quem são vocês e o que estão fazendo na casa da minha vizinha?-

Ah agora caiu a ficha, elas estavam de máscara, Geovanna com um taco de basebol na não e um de golfe nas costas, e as duas de preto. Será que ele pensava que elas iam assaltar a casa?

-Ah... nós estávamos grafitando as paredes com mensagens políticas.-  respondeu Geovanna.

-O que iam escrever?-  indaga ele.

Geovanna entra no carro pega um spray de tinta se aproxima da casa de Lorrane e pinta  :Fora Tremer.

-Quem é Temer? – Simon as olha ainda confuso e desconfiado.

Geovanna faz um x em (fora Temer)  e escreve Fora Trump.

Simon continua sem entender nada.

Então Gih escreve Deus é  mais.

-Já entendi...- fala O maior.

-“A parede da minha casa!”- pensa Lorrane irritada.

-Certo, agora eu tenho que ir, desculpe incomodar, mas é sério tomara que não de problema, a filha da minha vida ai, é insuportável! – Se vira e vai em direção ao carro.

Lorrane o olha indignada com o  que ele disse.

-Vai-te embora filho das trevas.- diz a morena.

-O que? – Simon vira e indaga.

-Eu disse vai te embora filho das trevas- Simon olha pra ela irritado-  Não você!  Filho das trevas é o nome do gato preto da Lo.. Bell, ele tá ali ne Bell- aponta pra para um gato preto no telhado de Lorrane.

-O seu nome é Bell?- Simon se aproxima surpreso e curioso.

-É! É sim- responde nervosa com a aproximação. 

-Prazer! Meu nome é Simon Ortega.-  se apresenta.

-Prazer, Simon.-  

Ele sorri gentilmente para ela.

-Pode me dar seu número senhorita Bell?- pedi ele educadamente.

-Claro! – passa o número para ele.

-Eu estou atrasado, agora, ahn... depois eu te ligo.- se despedem e ele vai.

Enquanto isso o elefante Funtime rosa e branco carrega em seu braço, uma Animatronic se debatendo para se soltar.

-Lerry me solta please.- pede a ruiva.

-Você deveria ter ido para a Fazbear! Mas ficou escondia, agora você tem que voltar! – diz o lerry passando pelos portões dos fundos e indo em direção ao Jardim que Blue estava.

-ahnnnn não... por favorzinho? Eu to te implorando !- pedia ela mas o maior ignorava.

-Sweet- Lerry pula para o Jardim e olha Blue andando por lá. 

-Larry velho amigo! Como vai?-  pergunta o amarelado.

-Eu vou bem, e você não deveria estar aqui-  Pega Blue também -Como é que entra aqui?  -

-Não tem portas, o Jardim era regado por irrigação. – fala Blue. -Ah oi Sweet.- 

-Oi Blue! Quanto tempo.- ela cumprimenta o amarelado.

-Sendo assim vocês vão entrar pela janela!- Exclama o elefante branco.

-Como assim?- indaga Sweet.

-Espere e verá!- Lerry chega pra trás pega Blue pelos pés e arremessa na janela.-Assim!-

-Ah meu Deus! Socorro !!- ele a joga também.

-Eu não aprovei esse tratamento!- reclama Blue se levantando do chão. 

-Ai minha dignidade!- 

Lerry eleva seus pés e entra no local.

-Ué, por que não fez isso com a gente?- indaga Sweet. 

-Vocês são muito pesados. –

-Certo! Mas eu estava procurando a Kitty.- diz Blue.

- Eu levei a Kitty, ela não deveria estar aqui, principalmente porque ela vai substituir a franquia vendida.- responde o esbranquiçado coçando o queixo.

-Hun. Mas a Kitty não foi comprada?- Blue.

-Não,  ela veio de engano, bom Simon disse que um gato robo foi mandado de engano pra cá. Então só imagino ser ela.- comenta o maior.

Eles caminham para o térreo, Blue na frente e Lerry atrás puxando Sweet que queria voltar pra Quens.

SpringTrap começa.

-Eu sei que vocês não confiam em mim, mas eu tenho que falar algo para vocês! – diz o mais velho.

-Veio tentar desmontar a gente?- indaga Bonnie.

-Não, vim tentar ajuda-Los,  já que todos nós estamos na mesma situação, presos- fala Trap.

-Sobre o que você está falando?- indaga Foxy saindo da pirate Cove o olhando.

-Vocês não são animais fofos cantores que foram feitos para animar as crianças, são almas de crianças mortas por mim que estão habitando um corpo de um de um Animatronic.-  responde o dourado.

-Que loucura !- Exclama Chica.

-Não acredito nisso.-  fala Bonnie.

-Fale filho, se isso é verdade ou não. – SpringTrap se refere a Golden Freddy.

-Golden...- chama Freddy, ele esperava que Golden Freddy negasse tudo isso e que SpringTrap tivesse tentando enganar eles.

Golden Freddy suspira derrotado, não tinha opção-  Sim é verdade, e eu sou filho dele. Do assassino de vocês.- 

-O que?!- gritam incrédulos.

- Bom... Eu imagino que vocês pensavam que eram simples robôs, acredite eu e meus amigos tivemos a mesma reação. – diz Mina indo ao lado de SpringTrap e o mesmo a olha com um olhar de “obrigado por estar ao meu lado” – Com o tempo vocês entendem.-

Mina é SpringTrap deram um tempo para eles processarem a informação. 

-Você continua sendo nosso inimigo! Já que é sua culpa por estarmos nessa situação !- Exclama Chica.

-Não acredito que alguém matou meu amado... para ele está preso num animatronic- lamenta Toy Bonnie. -Quero dizer, e me matou também neh...-

-Se acalmem, tem uma solução! – SpringTrap chama a atenção deles- vocês precisam, me perdoar e se perdoarem...- Mangle interrompe Trap.

-Como assim, te perdoar e nos perdoar?- indaga ela, parece que foi a única que manteve a calma.

-Vocês fizeram algo de errado com o meu filho.-  responde Spring.

-Seu filho? – indaga Freddy.

-Eu já disse, Golden Freddy é meu filho, e vocês são os culpados por ele estar aqui. Mas eu já perdoei vocês então...- SpringTrap olha para Golden.

-Nós fizemos algo para você?-  questiona Foxy para o dourado que se encontrava agora um pouco distante da roda de robôs na conversa.

-...- ele se mantém calado e de cabeça baixa – Sim... Mas... eu não culpo vocês por isso...- Golden Freddy se vira e vai se trancar no seu escritório, ele não gostava de falar sobre isso.

-Acreditem, vocês podem ser livres, ouçam oque SpringTrap tem a dizer, por favor, depois vocês podem julgar se seguirão ou não o Conselho dele-  orienta Mina.

-Fale armadilha de molas.- resmunga Bonnie.

Logo após SpringTrap fala tudo para eles e como poderão serem livres, ele pedem um tempo para pensar.

-Bom... Eu espero que, eles aceitem.- fala Trap.

-Bom, nós tentamos não é,  então tá tudo bem. Agora que eles não vão me considerar do grupo dele assim como sempre pensaram, ele não gostam de mim nem dos meus amigos, não sei porque.- comenta Mina sorrindo. Mesmo que o que ela disse fosse algo sério.

-Ah, será que o Golden Freddy vai me perdoar?- preocupa-se Trap.

-Claro que vai!- responde a morena batendo em seu ombro.

-Realmente agradeço por estar comigo, e agora eu tenho que ir, o guarda vai chegar e é melhor eu ir.- despede-se o dourado e vai embora normalmente sem sumir nos corredores.

-E eu vou falar com a Aly.- Mina percebeu que a amiga estava muito deprimida no canto e resolve conversar.- Oi Aly! Tudo bem?- se senta no palco ao lado dela e recebe um olhar de “sério mesmo?” pela pergunta.- eu sei que você não descobriu nada de bom.- 

-É, bom a única coisa boa foi que Freddy não  tá namorando com aquela frangalha da peste, mas o resto.-  choraminga a dourada.

-O que foi de tão ruim?- Mina coloca a cabeça de Aly em seu colo e acaricia o cabelo da mesma.

-Eu choraria se tivesse lágrimas.-  resmunga a dourada.

-Estou ouvindo. –

-Mina... – chama Aly-  eu descobrir que o fila da mãe do Fake Simon foi o meu primeiro namorado, e o atestado me matou, pra viver pra sempre.- ssussurra a última parte.

-Viver pra sempre?- 

-Sim... por que eu era tão retardada? Por que eu aceitei, tive anos De vida perdida, teria muitos amigos, talvez eu e ele nos casaríamos, mas fora essa parte ruim, eu iria para a faculdade, seria uma adolescente, podia ser a rainha do baile, segurar um buquê num casamento de uma amiga, jogar um chapéu de formatura pra cima, ter um aniversário de quinze anos.- suspira a amiga – Como esses que eu me apresento, seria meu dia, eu aprenderia a dirigir um carro, iria viajar, queria tanto saber como é nadar no mar, o gosto da água salgada, ver os animais de perto, admirar alguém, abraçar meu pais...- 

-eu também gostaria...- fala Susana.

- Eu sei Aly, doi, você tinha tudo e de uma hora pra outra não tem nada.- consola Mina.

-Ah...- ao ouvir a voz de Susana Aly quer conversar com ela sozinha, mas é só Aly que a ouve. Ela não quer parecer uma louca que fala sozinha.- Eu vou dar uma voltinha.-

-Pra que ?- questiona Mina ao ver Aly se levantar.

-esperar o Candyz satânico me encontrar.- Aly sai do lugar.

Mina vê que Hope se recusa a sair do quarto, então ela resolve bater na porta.

-Vá embora!- grita a prateada.

-Sou eu Mina, eu queria conversar com você.- responde a morena. 

-Eu não quero falar com ninguém! – exclama Hope, mas em sua voz não tinha um tom de irritação ela só estava triste e chateada.

- Seu amigo Golden Freddy descobriu a mesma coisa que você sabia?- Mina sabe que Hope morreu com seis anos, então ela as vezes se porta como se tivesse essa idade, ela não tem culpa, afinal essa era a idade de sua alma. 

-e? E oque foi?-

-Não foi bem descobrir, foi mais ou menos exposto, ele é filho de SpringTrap. – conta Mina.

-Eu acho que já sabia, mas expor é meio perigoso, os Animatronics não gostam bem nem um pouco do SpringTrap.- comenta a prateada.

Enquanto isso Lorrane estava mexendo em seu computador. Recebe uma ligação. Ela vê quem é. 

Uma chamada em andamento de A coisa.

-O que fake Simon quer?- se auto questiona.- atender logo isso.-

-Oi!!- cumprimenta Lorrane.

-senhorita Bell? Tudo bem?- 

-“Acho que foi forçado demais...”- suspira um pouco – Tudo sim, é que eu estava rindo de uma coisa aqui-   soa mais natural.

-ah certo, eu liguei para te fazer um convite, eu sei que nós não nos conhecemos ainda, mas que tal sairmos para conversamos?- 

Como é que é? Que negócio é esse? Hein? Lorrane só pode recorrer a uma pessoa.

-espera só um minutinho- Lorrane coloca o celular no mudo e chama por Blue.-Blue me ajuda!-

-ai meus deus! O que foi Lorrane?-  

-Simon me ligou para marcar um encontro, eu devo ir? Ou digo não? – 

-Espera? Por que ele te convidou pra sair?-  

-é uma longa história! Ah e eu peguei a chave!- 

-que ótimo! Ahn Lorrane que horas são?- 

-Onze e cinquenta e nove da noite, por que? –

-Ah, meu Deus... –

-Responde logo se sim ou se não !- 

Lorrane ouve um barulho Do outro lado como se luzes tivessem se apagado.


Notas Finais


Esse foi o capítulo simples
Sim no more Friends tonight está terminado (kkkkk mas é a sequência de capítulos kkkk não sei se eu trollei alguém!) Sim no capítulo 19 já é uma nova sequência com uma virada muito louca

Se viram as vagas estão encerradas! E a partir de agora serão só vocês seguindo um caminho incrivelmente complicado
Okay como nossa Fox chegou aos 17 caps eu decidi que a cada 4 capítulos (que é dizer que isso vai valer no cap 21) eu realizarei qualquer desejo seu!
QUALQUER UM MESMO! caso queira pra Simon quebrar a perna assim seja feito, só não matar preso dos outros, mas posso dar um sumiço em qualquer personagem
É seu desejo.

Qual é seu desejo (só um)

Agora uma coisa diferente porque o negócio vai ficar preto

1- em que lugar você quer ir?
2- Lorrane deve aceitar o pedido de Simon?
Blue- oque você aconselha?
3-Lorrane deve seguir o Conselho (dos impios) de Blue?
4- escolha uma coisa (Não! Não será para o próximo capítulo vai ser mais adiante então pense bem apenas um)
Machado
.faca.
Mapa.
Panela.
Taco de basebol.
Comida.
Fósforo e gasolina.
5- resistir o que vir após?


Pois é bem vinda Sweet a essa galerinha
Estou curiosa pra saber o desejo de vocês.
Amanhã será um capítulo e tanto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...