História No mundo da lua - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance, Universo Alternativo
Visualizações 6
Palavras 855
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


enfim demorei mas o novo capitulo dessa fic esta aos seus pés prontinho



boa leitura!

Capítulo 5 - Guilherme-origens


 Fechei o livro, era uma sensação estranha a tristeza e a dúvida eram os sentimentos predominantes.

 

Kristian- um tanto quanto decepcionante não?- eu assenti com a cabeça após esse comentário

 

- é estranho mesmo ainda não tendo tanto conhecimento sobre mim mesma e diferente, e como se eu estivesse lendo meu próprio diário mas... É como se eu não lembrasse melhor dizendo é confuso

 

Kristian- quando eu li esse livro tinha mais ou menos a sua idade 16 ou 17 não que eu seja tão velho até porque isso foi há quase 12 anos atrás... O povoado já comentava sobre essas histórias, mas eu nunca soube Muito, apesar de que naquela época eu era apaixonado pela magia, e aquele mundo de heróis da mídia, eu nunca tive a mesma vida que você apesar de eu ser metade humano assim como Akemi por isso posso dizer que eu não tive uma reação igual a sua, mas bem parecida

-metade humana?

 

Kristian- bem você conhece pouco desse universo, mas as pessoas aqui não são "apenas pessoas" cada uma tem sua raça, vampiros, demônios, anjos, sereias, elfos, e até mesmo animais com capacidades humanas, ou melhor,

 

- isso é loucura, mas acho que compreendo...

 

Kristian- minha mãe era humana meu pai um ghoul (Rs coloquei um pouquinho de Tokyo ghoul melhor anime não?) Então eu acabei me tornando um humano e um ghoul a Akemi eu não sei muito bem mas acho que ela é metade vampira e metade humana

 

-sei que pode parecer desconfortável, mas vamos supor SUPOR ok? Que você é a Akemi  tenham um filho..... Ele seria um humano-ghoul-vampiro-humano?

 

Kristian- não, não pra não continuar esse ciclo infinito a criança teria apenas una característica da mãe ou do pai, ou seja, ele seria um humano, um ghoul ou um vampiro caso contrário seria um ciclo infinito de raças- ele soltou uma risada após tanta confusão- bem se você quiser já pode ir o seu quarto e o 901.

 

-Obrigada, já vou indo...

 

Kristian-caso precise não hesite em voltar

 

-ok- fui andando em direção ao “meu” quarto- 899, 900, e... 901 esse aqui!- sem bater na porta entrei, aquele tal de Guilherme estava deitado na cama ignorei e coloquei aquele livro na mesa puxei a cadeira e me sentei.

 

Guilherme- me desculpa, mas aquilo que eu fiz não foi por querer e...

 

 

-ei, calma, respira fundo, eu não sei muito até porque o Kristian não me falou muito mas que eu saiba você é um "demônio" ou algo do tipo... Você também tem meio que uma conjuntivite aguda no olho essa conjuntivite te deixa impulsivo e você se alimenta por sangue humano, angelical, e animal como eu sou uma humana você não percebeu e me atacou não se preocupe, eu acho que te entendo.

Guilherme- não e “conjuntivite” e um tipo de poder ocular chamado yune’t, mas como você sabe disso?

-quando eu ainda estava no mundo humano, eu lia vários livros a maioria eram de ficção científica, mitologia ou astrologia sendo assim muitos deles mencionavam esse mundo, eu achava que eram só histórias mas isso me ajudou....

Guilherme- entendi- ele pegou um livro e começou a ler

-hm... Seu nome é Guilherme não?

Guilherme- isso

-você tem quantos anos

Guilherme-... - ele não responde

-quantos?

Guilherme-...- ainda me ignora

- porque você é tão ignorante?!

Guilherme- porque você é tão curiosa?!

- por que gostaria de ter sua amizade

Guilherme- mas eu não gostaria de ter a sua

-credo, se eu soubesse que era assim eu pedia para a diretoria me mudar de quarto você e bipolar so pode...

Guilherme- já tinha pensado nisso, mas a diretora me ignorou- eu havia falado da boca pra fora, mas ele parecia realmente ter falado sério fiquei sem reação- tá, tá eu vou contar um pouco sobre mim, não por que estou com pena de você, mas sim para você deixar de ser irritante, ha  10 anos atrás eu era muito inocente em questão do mundo é coisas sobre o mesmo, eu ainda sabia poucos sobre minhas origens mas naquela época eu era do clã mais poderoso, o clã yukine era o clã dos demônios o governante desse clã era meu avô, ele era como um rei do povo, meu avô teve dois filhos meu pai, Yuri yukine, meu pai tinha um irmão gêmeo, Yago yukine- percebi que ele apertou os punhos- meu avô acabou falecendo é um dos dois teriam que assumir o trono, provavelmente meu pai, mas uma revolução começou e ficou aquela disputa bem uma guerra se iniciou, outros clãs sabendo da notícia acabaram aproveitando e atacaram era uma guerra dentro de outra Guerra, minha família acabou se separando eu não sei aonde meus pais e minha irmã mais nova estão é o restante não lhe interessa

-m-mas...

Guilherme- eu já te falei o que eu devia falar agora chega de perguntas... Garota chata-ele resmungou

Voltei a me concentrar  nos estudos simplesmente ignorando aquele idiota, poderia ser minha imaginação mas sentia o seu olhar sombrio sob mim certas vezes, esse garoto as vezes me da medo, mesmo assim, com muita dificuldade me concentrei em estudar


Notas Finais


o próximo capitulo e em breve...

um beijo e um queijo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...