1. Spirit Fanfics >
  2. No Rules >
  3. Quase aulas

História No Rules - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 2 - Quase aulas


Saiu do quarto descendo as escadas e indo em direção a cozinha, meus pai não estava no quarto diferente da minha mãe que dormia na cama. Minha mãe é mais mimada do que eu mesma, as vezes me pergunto como ela tem coragem de dizer para os "fiéis" da igreja que é uma dona de casa, se nem ao menos sabe lavar o prato que come. Vou para a cozinha encontrando meu pai já arrumado para ir trabalhar, tomando seu café e lendo o jornal, aposto que está vendo notícias sobre a bolsa de valores.

-- Bom dia papai. - acho que ele não tinha percebido minha presença pois só olhou para mim depois que falei.

-- Bom dia minha princesa. - o mesmo abre os braços e eu dou um abraço no mais velho. -- vai fazer algo depois da escola? 

-- Acho que vou sair com Dong-sun. - acho que nós iriamos fazer alguma coisa mais tarde.

-- ele vem te buscar hoje? - Dong vinha me buscar para irmos pra escola quase todos os dias, então hoje não seria diferente. - apenas confirmei com um aceno de cabeça.

Peguei uma torrada e passei geleia, pondo suco de laranja em um copo para mim. Após beber todo o suco e comer minha torrada escuto o barulho do carro, me despeço de papai com um beijo na testa e saiu a caminho da porta indo direto para o carro, era um carro simples um Porsche 918 Spyder Weissach Package Autoart 1:18 preto. Além de tudo sou apaixonada por carros.

-- oi amor. - ele fala selando nossos lábios com um celinho demorado.

-- bom dia amor. - entrei no carro e fomos pra escola, ou pelo menos para a frente da escola. Após 15 minutos chegamos em frente ao grande predia infernal chamado ESCOLA, eu não suporto esse lugar.

Desci do carro falei com alguns dos nossos amigos que estavam ali, eramos um grupo 8 pessoas meu namorado eu minhas duas melhores amigas e mais 4 meninos, éramos três meninas e um bando de garotos rodando a noite pela cidade, eram as melhores noites da minha vida.

Minhas duas amigas chegaram e eu fui falar com elas.

-- oi minhas nenês. - dei um abraço em cada uma delas, eu realmente amo aquelas duas como minhas irmãs.

-- oi meu xuxu. - fala Sook com um sorriso fofo no rosto. Como eu adorava aquele sorriso.

-- oi pequena. -- fala Yang mi bagunçando meus cabelos. Fomos em direção aos meninos e ficamos fora da escola decidindo se iamos entrar ou não.

-- iai a gente entra ou não. -- eu realmente não queria entrar, mas se fosse pra ficar ali eu preferia entrar.

-- deveriamos ir pra nossa casa. -- fala Yang chegando perto de seu namorado suk. Eu sabia muito bem o que ela estava querendo.

E sim nós tinhamos uma casa onde tinha tudo o que gostávamos, vídeo game, som, bebidas, comidas, cigarros e outras coisas a mais. 

-- okay, então vamos. - eu só não faltava aula quando tinha coisas importantes, como testes, trabalhos, provas surpresas e provas finais, fora isso nada mais me importava.

Entramos no carro e fomos para a nossa casa que ficava a umas meia hora da escola, não podiamos nós arriscar tendo uma casa perto da escola para cabularmos aula nela. 

Nós tinhamos aula só que preferiamos nossas quase aulas na nossa casa, onde é bem mais divertido.

Entrei no carro de Dong e fomos indo em direção a casa, todos os meninos tinham carro, eu tinha ganhado um de aniversário de 17 anos, mas ainda não posso dirigir aqui em seul não se pode dirigir com 17 anos. Dong dixava eu ir passando as marchas, eu era uma boa pilota, amava dirigir, só não podia fazer isso ainda. Dong pós a mão em minha colcha enquanto eu passava as marchas para ele, mesmo foi descendo a mão eu estava de uniforme, que era uma saia azul de pregas e uma blusa de meia manga com uma gravata também azul e do lado esquerdo da blusa a logo da escola. 

-- você quer fazer isso agora? - o mesmo me olha com uma cara de quem quer e quer agora, eu vendo toda aquela situação cruzo munihas pernas e tiro sua mão dali.

-- não acredito que vai fazer isso. - o mesmo parecia irritado e eu me divertia com a situação.

-- calma ainda está de manhã, ainda temos tempo. - eu falava divertidamente e o mais velho arqueou uma de suas sobrancelhas me encarando sério.

-- Você vai me emplorar mais tarde e eu vou pensar no seu caso. - eu já tinha mais ou menos uma ideia de que poderia acontecer mais tarde e aquilo não me assustava nenhum pouco, eu gostava de correr riscos.

 Continua.


Notas Finais


Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...