História No vasto do Mundo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 509
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo único


Hoje mais uma vez acordei, deprimido, entretanto pensativo, podendo estar pensando até mais do que meus próprios pensamentos poderiam proporcionar a minha mente. 

Oras, por que eu simplesmente acordei? 

Eu acredito em Deus e entendo muito bem o provérbio de que cada dia temos uma nova oportunidade de viver e de modo simples fazer com que tudo possa dar certo. Isso eu entendo. Mas por que eu? Logo eu que nem ao menos sei o que estou fazendo nesse planeta, nessa mera e para muitos significante vida.

Pois é, eu não sei. O que me fez pensar muito a respeito, como uma pessoa pode estar vivendo e nem sequer saber o "por que" de tudo isso? Alguém pode explicar? 

Mais uma vez entrei em meus pensamentos profundos, aqueles que muitas vezes me deixam intrigado e até mesmo triste, aqueles que arrancam de mim as piores e melhores sensações. Justamente aqueles fortes pensamentos que a gente evita de pensar porque no fundo temos um certo receio de acabarmos ficando mal, é são exatamente estes. Eu pensei e pensei, pensei que talvez eu nem queria estar vivendo e tendo todas essas oportunidades ou talvez eu gostaria disso e apenas estivesse vivendo da forma errada, eu realmente não entendo. 

Vamos para a hipótese de não querer viver, não é como soasse algo depressivo ou alguma coisa do tipo, é só um vazio ou melhor a falta de vontade e conhecimento. Eu não sou depressivo, nem penso a todo momento em morrer mas hipoteticamente talvez eu só não queira estar aqui. Não simplesmente, KABUM, morte, sangue, tchau vida. Não é isso! É mais como, eu não sei viver então poderia não estar aqui e dar essa chance para uma pessoa que realmente queira e mereça isso. 

Vamos agora para a segunda hipótese, talvez eu queira viver mas esteja vivendo errado. Bem, eu posso querer estar aqui e viver uma vida significante e boa mas eu somente não consigo, não consigo exercer as funções certas, seguir os caminhos certos ou tomar um rumo certo.  Eu tento, tento e tento porém não vai. Falta algo. O que? A minha própria força de vontade? A minha autoestima e autoconfiança? A minha coragem que muita das vezes permanece perdida no meio das minhas muitas emoções e sentimentos? 

Daí chego a minha conclusão que é, não sei. A decisão é essa, eu não sei. E talvez eu não vá saber hoje, amanhã ou daqui 5 meses. Eu vou saber quando eu estiver pronta pra saber, quando isso vier a minha mente involuntariamente, sem forçar e sem apressar. 

Agora que chego ao fim desse labirinto de pensamentos estou ciente de que as pessoas vão me forçar, muito, forçar a cada milésimo, segundo e minuto. Vão querer que eu faça coisas, siga coisas e conclua coisas. E eu vou ficar confuso, perdido, triste e sem saber o que fazer. Não porque eu não queira, mas porque não é minha hora, não é agora. 

Nesse agora eu não tenho muitas certezas, a única certeza que tenho é de que, eu não sei. 


Notas Finais


Oi pessoal!
Bem, eu fiz esse pequeno capítulo porque estou em uma fase de auto descobrimento e sei que muitos também estão. Muitas das vezes a gente precisa ouvir um depoimento igual só pra não parar, para não desistir, então aí está o meu mais complexo e claro depoimento.
Espero que entendam e gostem, um beijo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...