História Nobi, aquele que dominará o Japão! - Capítulo 73


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anime, Conquista, Gangues, Japao, Máfia, Mangá, Oyabun, Shounen, Yakuzas
Visualizações 9
Palavras 2.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aqui está o capítulo deste mês!
O arco de Okinawa encaminha-se para o seu clímax, espero que gostem.

Capítulo 73 - Aqueles que estão no topo


“Não pode ser…” Murmurou Nikko com o olhos lacrimejando. “No fim não conseguimos fazer nada…”

“Então este é o nosso fim.” Comentou Jin calmamente, observando a onda colossal se formando.

“Como consegue estar tão calmo?” Questionou Goru desesperado.

“A situação é tão sem esperança que já nem conseguimos entrar em pânico-sha.” Respondeu Utaro se sentando. “Não há o que fazer-sha.”

“Vão… Aceitar… A morte tão facilmente?” Murmurou Nobi ainda bastante queimado e fraco, coberto por um manto vermelho.

“Nobi.” Murmurou Nikko ainda abalada.

“Eu me recuso a morrer aqui!” Gritou o ruivo com todas as suas forças.

“Só um milagre nos pode salvar agora.” Falou Umimaru se mantendo calmo.

“Prefiro acreditar num milagre do que jogar fora a minha vontade de viver!” Afirmou Nobi com um olhar decidido e furioso.

_______________________________x_______________________________

Nesse momento, na praia de Okinawa, onde a onda já era visível, o Exército Escarlate evacuava os civis.

“Prossigam com calma e sigam as indicações.” Anunciava Jounetsu por rádio. “Dêem prioridade à mulheres e crianças, os homens que se desenrasquem.”

“Capitão, sei que o protocolo sugere dar prioridade a crianças e mulheres, mas a sua versão é extrema demais.” Comentou o tenente Yagimura.

“O que está acontecendo?” Questionou Kentaro avistando a confusão em toda a praia.

“Não… Sei…” Murmurou Satoru ao seu lado. “Mas… É bem… Provável… A Onigumi… Estar… Envolvida… Nisto.”

“Aaaah! Como sempre o Inugawa Jin está no centro da ação!” Reclamou Kentaro irritado.

“Creio… Que… Não seja… Hora… Para… Isso.” Respondeu o executor das bandagens.

Então, um homem alto completamente coberto por roupas de inverno passou por ele e se dirigia em direção ao mar.

“Ei, para onde está indo?” Questionou Kentaro preocupado, estendendo a sua mão para o estranho, mas foi rapidamente impedido pelas bandagens de Satoru. “O que está fazendo?”

“Aquele… Sujeito…” Murmurou Satoru puxando o braço de Kentaro. “É como… Se ele… Tivesse… Uma aura… Que gritasse perigo…”

Esse sujeito era Oleg e continuava a caminhar até chegar à costa, onde observava o Tsunami se formando.

“Kak uzhasno. (N/a: “Que horrível” em Russo)” Murmurou Oleg colocando os pés na água. “Esta água está tão fria… Odeio isso.”

“Se apresse, Oleg-sama!” Implorou o homem de regata a seu lado.

“Sim, sim.” Respondeu o russo sem motivação, enquanto a água em volta dos seus pés começava a congelar. “Ice Land… (N/a: Terra do Gelo)”

Num único instante, uma vasta plataforma de gelo se estendeu pelo mar até chegar à onda gingante que congelou imediatamente. O desastre foi impedido num único instante e sem qualquer esforço.

“Que frio…” Murmurou Oleg desanimado.

“É ainda mais incrível do que pensava.” Pensou o subordinado de regata chocado.

“Vamos.” Falou Oleg andando pelo mar congelado. “Os Wako devem estar lá.”

“Você viu aquilo?” Questionou Kentaro chocado ao ver o colossal iceberg que antes era o Tsunami.

“Tudo congelou… Num instante…” Falou Satoru com um olhar sério. “Mesmo para… Uma arma amaldiçoada… Isto é… Ridículo.

_______________________________x_______________________________

“A onda… Parou?” Questionou Nikko incrédula.

“Aquilo é gelo, não é?” Questionou Goru ainda processando a situação.

“A onda congelou-sha?” Interrogou Utaro chocado.

“Não foi apenas a onda.” Falou Umimaru olhando para o mar congelado. “Parece até que estamos na Antárctica.”

“Parem de tentar fugir do vosso julgamento, humanos.” Ordenou Namazu furioso rompendo a superfície de gelo para se mover. “Um pouco de gelo não me irá impedir.”

“Peixe teimoso.” Murmurou Umimaru já se colocando em guarda.

“O milagre já aconteceu.” Falou Nobi decidido, mas cambaleando ao andar. “Vamos acabar com ele agora.”

“Você não está em condições, pare de se mover!” Repreendeu Nikko preocupada.

“Pare já aí!” Uma voz se fez ouvir de repente.

Era Oleg, patinando com enorme destreza pela superfície de gelo, chegando rapidamente ao local.

“Não me obrigue a ter de usar mais gelo.” Pediu o russo parando frente ao Yokai.

“Foi ele que congelou o mar?” Indagou Goru surpreso.

“Ele…” Murmurou Nikko assustada. “Não pode ser…”

“O que foi, Nikko-dono?” Questionou Jin preocupado. “A arma amaldiçoada dele é forte?”

“Não estou vendo arma amaldiçoada nenhuma.” Respondeu Nikko suando frio. “O Anima negro está saindo diretamente do corpo dele…”

“Este cara é problema.” Falou Nobi encarando o homem cheio de roupas de inverno.

“Acha que me pode dar ordens, humano?” Questionou Namazu imponentemente, levantando a cauda para mais um tremor. “Morra.”

“Morra você.” Respondeu Oleg criando um pilar de gelo afiado por baixo de Namazu que trespassou a sua cauda , arrancando-a.

“Seu…” Gritou Namazu entre dor e fúria, mas mais um pilar de gelo surgiu, furando o centro do seu corpo.

Vários pilares de gelo surgiam, um atrás do outro, em menos de nada o Yokai tinha ficado em pedaços. A criação de gelo era mais rápida que a regeneração de Namazu, o peixe-gato virou um monte de pedaços de carne numa floresta de pilares de gelo tingidos de vermelho.

“Com um alvo tão grande, é óbvio que é fácil acertar.” Finalizou Oleg.

“Sério-sha?” Indagou Utaro recuando alguns passos. “A melodia deste cara é sinistra-sha.”

“Acabou assim?” Murmurou Jin suando frio.

“O que está acontecendo?” Perguntou Goru surpreso e confuso. “Que desenvolvimento apressado é este? Não estou entendendo nada!”

“Eeeeei… Eu quero falar com Nabeshima Umimaru-san.” Anunciou Oleg com voz pouco motivada. “Não me obriguem a esperar aqui no frio, por favor.”

“Quem é você e o que quer?” Perguntou Umimaru descendo do navio e aterrando na superfície de gelo.

“Sou um mensageiro da Elemental Gear.” Respondeu Oleg frente ao capitão pirata, superando bastante o mesmo em altura.

“Uma das 4 famílias mais influentes das 12.” Lembrou Nikko assustada.

“Resumindo, temos um peixe grande aqui.” Presumiu Jin seriamente.

“O que vocês querem comigo?” Questionou Umimaru levantando a guarda.

“Kasai-san… Quer dizer, o nosso Oyabun, percebeu que a arma Genbu estava aqui, em sua posse, Nabeshima-san.” Explicou o russo. “Ele queria propor uma aliança.”

“Como ele sabe da nossa arma secreta?” Questionou o capitão pirata hostilmente.

“Porque o nosso Oyabun é o portador escolhido pela arma Suzaku.” Respondeu Oleg levantando o seus óculos de ski, revelando os seus olhos vermelhos. “Uma arma lendária como Genbu.”

“Arma lendária?” Pensou Nikko intrigada.

“Foi mal, mas eu não quero nenhuma aliança com alguém que nem me vem ver pessoalmente.” Respondeu Umimaru com um olhar decidido.

“Desculpe, parece que houve um mal-entendido. Ainda não domino perfeitamente o japonês.” Falou o russo voltando a colocar os óculos de ski. “Eu falei “queria” pois esse desejo já não é mais válido no presente.”

“Quê?” Indagou o esverdeado arqueando a sobrancelha.

“Não sei o que era aquele peixe falante, mas se não conseguiram lidar com aquilo, então não são dignos de estarem ao lado do Kasai-san.” Declarou Oleg, enquanto a temperatura à sua volta começava a baixar drasticamente. “Essa é a minha decisão.”

Umimaru percebeu algo e saltou imediatamente para trás, no lugar onde o pirata antes estava, agora se encontrava um pilar de gelo.

“O que pensa que está fazendo?” Questionou Umimaru hostilmente.

“Entregue Genbu.” Ordenou o russo dando um passo em frente, criando uma rajada de pedaços de gelo. “Se o Kasai-san souber que outro escolhido é assim tão fraco, vai ficar bem desiludido. Eu não ia suportar vê-lo assim, mas se lhe oferecer Genbu de certeza que ele vai ficar feliz.”

“Você não está fazendo sentido nenhum!” Protestou Umimaru desviando dos pedaços de gelo e quebrando alguns com a sua Kaiju.

“A situação está ficando problemática, Aniki.” Comentou Goru observando a situação. “Aniki?”

O ruivo não lhe respondeu, pois já lá não estava.

“Ele…” Murmurou Nikko percebendo.

Nobi, apenas vestindo a capa vermelha que lhe cobria o corpo ainda com bastantes queimaduras, corria em direção a Oleg com Onihime já incandescente.

Overheat Impact!” Gritou o Oyabun atacando o russo.

Overheat?” Questionou Oleg parando Onihime com a mão. “Você chama isto sobreaquecimento? Está brincando comigo?”

Ainda em estado de Overheat, o Kanabou congelou imediatamente. O ruivo largou a arma rapidamente, antes que o gelo chegasse às suas mãos.

“Está de brincadeira.” Murmurou Goru surpreso.

“Ele congelou a Onihime em estado de Overheat.” Murmurou Jin suando frio. “Um calor tão intenso congelado num instante…”

“Este calor não é nem capaz de aquecer as minhas mãos.” Afirmou Oleg largando Onihime congelada, deixando-a cair no mar congelado. “Comparado ao verdadeiro calor do Kasai-san, você não passa de um fósforo.”

“Este é o nível de alguém das 4 famílias mais influentes-sha. Especialmente de uma família focada em combate como a Elemental Gear-sha.” Falou Utaro receoso. “Isto é o topo do mundo Yakuza-sha.”

“Eu é que vou derrotar o Umimaru primeiro!” Afirmou Nobi sem hesitação. “Espere na fila!”

“Foi por isso que você atacou?” Questionou Umimaru com uma gota de suor atrás da cabeça.

“Claro, eu não vou deixar você ficar com a Nikko!” Respondeu o ruivo com um olhar motivado.

“Cara, você precisa organizar as suas prioridades.” Aconselhou o capitão pirata sem saber como reagir.

“Não ignore…” Murmurou Oleg com gelo de formando no ar próximo ao seu corpo. “Quando eu estou falando do Kasai-san!”

Imensos espinhos de gelo se formaram em volta de Oleg, quase perfurando Nobi e Umimaru que saltaram no último segundo. No entanto, o esverdeado recebeu um corte superficial no braço esquerdo e o ruivo um furo não muito profundo na perna direita.

“Temos de fugir…” Falou Umimaru num tom sério.

“O quê?” Indagou Nobi surpreso.

“Foi você que falou para valorizarmos as nossas vidas.” Respondeu o esverdeado sem tirar os olhos do russo. “Não tem como vencermos este cara, especialmente cansados como estamos agora.”

“Não gosto nada disto.” Resmungou o ruivo pegando na sua arma congelada.

Oleg e a dupla de líderes se encaravam, esperando pelo primeiro movimento. Após alguns segundos de silêncio, Oleg desviou o seu olhar e levantou o seu braço direto, criando uma parede de gelo que o protegeu de uma bala.

“Ora, ora, então temos aqui um Stage 3.” Falou o autor do disparo, o capitão da décima unidade do exército escarlate, Junai Jounetsu, seguido por dezenas de subordinados. “Vai ser perigoso.”

“Exército Escarlate agora?” Murmurou Oleg com voz pouco motivada. “Que saco…”

“Nobi, esta é a nossa oportunidade.” Falou Umimaru agarrando o ruivo pelo ombro.

“Me deixa bater nele mais uma vez.” Pediu Nobi irritado. “Só uma.”

“Preparem Genbu para submergir.” Ordenou o capitão pirata para um comunicador, enquanto arrastava o Oyabun.

“Onde pensam que vão?” Interrogou Oleg pretendendo ir atrás deles.

“Isso é o que eu pergunto.” Afirmou Jounetsu saltando para a frente do russo, ingerindo 3 pílulas de super-soldado.  “Oleg Yidakov, criminoso de Rank SS, membro de alto escalão da Elemental Gear e portador Stage 3 da arma amaldiçoada modelo elementar, Fuyu-Shogun (N/a: General Inverno, é também o nome que os japoneses dão a uma enorme frente fria que vem sempre no inverno). Não vou deixar um enorme alvo como você escapar.”

“Então vai ignorar dois líderes criminosos por mim?” Questionou Oleg encarando o capitão de unidade.

“Sinta-se lisonjeado.” Respondeu Jounetsu retirando do seu cinto uma espécie de pega de espada, mas sem nenhuma lâmina. “É raro eu dirigir a minha atenção para um homem.”

“Capitão Junai, os Wako estão escapando.” Relatou o tenente Yagimura avistando o navio negro começando a se mover e a quebrar o gelo.

“Deixem-nos! Concentrem as nossas forças em Oleg Yidakov. Não se pode subestimar um Stage 3.” Ordenou Jounetsu com uma expressão séria, enquanto pensava. “Se os meus olhos não estão enganados, está uma beleza loira naquele navio. Considere isto um presente meu, beleza cujo o nome não conheço…”

“De certeza que ele tem um motivo nada profissional para essa ordem.” Pensava Yagimura.

O navio começou então a submergir, desaparecendo nas águas.

“Saia do meu caminho.” Ordenou Oleg lançando um pilar de gelo que foi imediatamente cortado. “Chto? (N/a: “O quê?” em Russo)”

“Você também não me deve subestimar” Declarou Jounetsu empunhando a pega sem lâmina. “Afinal eu sou um capitão de unidade.”

“Uma arma de manipulação de Anima…” Percebeu Oleg com um olhar de desagrado.

_______________________________x_______________________________

Nesse momento, nos céus de Okinawa, Naoto e Hoshi voavam numa nuvem.

“Sabe, não precisa conter o choro.” Falou o comandante do pilar da preguiça da família Shi-Fuu.

“Não estou chorando!” Protestou Hoshi com os olhos húmidos.

“Sim, sim, como queira.” Respondeu Naoto com os seus olhos vermelhos cansados.

“Malditos humanos, como se atrevem a fazer isto ao velho Namazu?” Reclamou o Dealer frustrado.

“Namazu, o Yokai peixe-gato criador de terramotos, os seus poderes são semelhantes à arma amaldiçoada Shinsen (N/a: Tremor), mas numa escala muito maior.” Murmurou Naoto pensativo. “Consegui bom material para a minha pesquisa.”

“Isso significa que vão aceitar a minha proposta?” Questionou Hoshi ficando animado de repente.

“Sim.” Respondeu Naoto com um bocejo. “Vamos ajudar você a conseguir o Hyakki Yakou (N/a: Pode ser traduzido como “Parada noturna dos 100 Yokai”).

Naquele dia, um grande incidente aconteceu em Okinawa.

Onigumi encontrou inimigos que era incapaz de derrotar.

O nossos Yakuza descobriram a aterrorizante existência de Yokai.

O medo foi espalhado e a atenção chamada.

Não apenas o mundo Yakuza, como também o mundo sobrenatural se começaram a mover ao saber deste incidente.

E no dia seguinte, Hirata Nobi e Nabeshima Umimaru terão o seu duelo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado deste capítulo com acontecimentos inesperados e que a quebra de expectativa não tenha quebrado o vosso hype também.
É tudo por hoje, até à próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...