História Nobody hates you more than you do - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Dean Winchester
Tags Dean Winchester, Episode 15x03 The Rupture
Visualizações 11
Palavras 294
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


What's up, Bitches?

Essa one estava perdida nos meus documentos e eu realmente gostei dela, então resolvi postar.

Espero que vocês gostem também.
Até as notas finais.

Capítulo 1 - Capítulo Único;


Your problem is that nobody hates you more than you do.”


O apocalipse envolvendo todas as almas do inferno, finalmente, chegou ao fim; mas o preço a ser pago foi muito alto.

A morte é uma embarcação infinita; e Sam aprendera aquilo da pior forma, a morte de Rowena foi o valor para conter as vastas multidões do inferno. Foi o preço para salvar o mundo, de novo.

A cada fim do mundo, os Winchesters perdiam algo – ou alguém – importante, e dessa vez não fora diferente. Eles perderam uma aliada de anos, uma amiga e, acima de tudo, alguém que amavam. 

Sem dúvida, aquele fora o apocalipse mais desgastante que já enfrentaram dentre os – tantos – outros. Perderam muito mais do que poderiam suportar, isso gerou um enorme desgaste emocional, tanto em Dean quanto em Sam; levando ambos a cometeram diversos erros e ferirem pessoas que não tinham culpa alguma diante daquele conturbado cenário. Castiel foi uma das vítimas da fúria centralizada de Dean Winchester. Tudo o que o loiro disse para ele, não era realmente o que ele queria ter dito. Dean não queria feri-lo daquela forma, e ver Castiel partir o quebrou mais ainda, mas ele era orgulhoso demais para voltar atrás.

Dean não culpava Castiel por nada daquilo, não culpava pela morte de Rowena e muito menos pela morte de Mary, ele apenas culpava a si mesmo por não ter sido forte o suficiente para impedir que tudo aquilo acontecesse.

Como Crowley havia dito uma vez, o problema de Dean era que ninguém o odiava mais do que ele odiava; ele sempre se culparia por tudo, sempre tentava carregar o peso do mundo em suas costas. Porque, no final das contas, foi para aquilo que ele fora criado, para proteger a todos.

           

          

             


Notas Finais


E foi isso, gente.
Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...