1. Spirit Fanfics >
  2. Noctorne of nightmares - fanfic membros >
  3. Minha infância horrível

História Noctorne of nightmares - fanfic membros - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


𝘽𝙤𝙖 𝙡𝙚𝙞𝙩𝙪𝙧𝙖🦌⚡

Capítulo 4 - Minha infância horrível


Fanfic / Fanfiction Noctorne of nightmares - fanfic membros - Capítulo 4 - Minha infância horrível

Continuação.... 💛

Depois de algum tempo eu consigo finalmente acorda. 

- S/n você está bem? - escuto a voz suave de alguém 

Eu abro meus olhos levemente vendo Jimin a minha frente preocupado. Ele parecia sem intende nada mas sorri logo depois de me ver acordada. 

- Que bom pensei que estava desmaiada ou algo do tipo mas vocês parecem bem agora - Jimin suspira aliviado 

Me levanto percebendo que os outros também estavam acordados e apenas eu estava ainda no chão. 

- Nós não lhe acordamos pois pensávamos que estaria encomodando - Suga fala olhando em direção a mim 

- Você está bem não é? - Namjoon pergunta tentando chegar mais perto 

- Claro eu estou ótima - me levanto 

Namjoon se afasta e eu fico parada esperando alguém fala até Jimin pergunta o que nós estávamos fazendo no chão e finalmente Suga explica para ele tudo sobre estamos preso aqui sempre a noite. 

- Eu não intendo isso, por que eu estou aqui a tanto tempo sem ver ninguém -

Jimin fica triste com a explicação de Suga 

- Entenda Jimin você pode está aqui preso e não sabe - Suga tenta acalmá-lo mas parece não ajudar muito 

- Talvez eu tenha morrido e ficado preso no pesadelo de vocês! Eu morri? - pergunta a nós 

- Não Jimin você não morreu - digo com certeza disso 

- Como você sabe disso com tanta certeza? - Jimin olha pra mim

- Não sei o meu coração diz isso - coloco a mão no meu peito 

Ele volta pra cama triste e quase vejo lágrimas em seus olhos quando abaixa a cabeça. 

- Eu não posso ter morrido - Jimin coloca a mão na cabeça 

Antes de eu responder algo vejo uma menina passando por nós. 

- Jimin? Onde está você Jimin? - a menina fala chorando 

Nós olhamos entre nós e voltamos nossos para a menina que estava chorando. 

- Quem é ela? - eu falo assustada 

- s/n não chegue perto dela, ela não é uma pessoa como nós - Suga corre até mim e me segura 

- Como assim Suga? - falo agitada 

- Ela é um fantasma como o fastasma da Rebecca que a levou pra morte - ele fala olhando nós meus olhos 

- Ela está me levando a morte? - pergunto a Suga

- Talvez, não tenho certeza disso! - Suga diz 

A menina vai correndo pra fora como se nós devêssemos seguir a mesma. Eu vou até a porta e vejo a menina indo para a sala correndo pelo corredor. 

- Devemos segui-la para ver onde isto vai dá, se não nunca saberemos o porque de estamos aqui - olho pra todos 

- Vamos lá meninos - Suga passa pela porta nós chamando 

Todos nós seguimos a menina até ela nós levar para a sala. Uma cena começa a se passar. 

- S/n muito bem vinda a nossa casa você será agora como minha filha, Jimin fale com s/n ela será sua nova amiga - fala um homem 

Um menino calmo e delicado aparece atrás do homem. 

- Eu sou Jimin s/n seja bem vinda - fala tímido 

A cena fica embaçada e a menina anda novamente só que agora passando pela porta e indo até o jardim. 

Ficamos parados olhando o clima fica mais calmo e ao mesmo tempo arrepiante, a menina fica junto a um homem alto. 

- Papai onde estamos indo? - menina fala olhando para o homem 

- Vamos brincar no parquinho, mas o papai primeiro preciso ir comprar algumas coisas fique aqui não saia 

- Papai não se vá papai eu tenho medo de escuro!!! Papai!!!! - a menininha começa a chora se sentando no chão com os joelhos dobrados 

A minha ficha começa a cair percebendo que a menina na verdade sou eu e que eu agora finalmente sei o que aconteceu na minha infância, o meu pai verdadeiro me abandonou em um orfanato, ele me deixou sozinha no fundo de um orfanato e eu não me lembrava de nada disso. Eu sou na verdade uma menina chorona que foi abandonada na porta de um orfanato pelo meu próprio pai, que horror!!! Eu caio no chão chorando não sabendo o que fazer isso era tão horrível pra mim. 

- Para por favor!! - choro 

A menina que estava chorando vira o mesmo monstro que devorou a Rebecca viva. 

- Papai porque você fez isso comigo!??? - o monstro suspira olhando pra mim 

- Não!! Para!! - grito 

O monstro cada vez fica maior e grita mais alto. 

- Sua criança mal criada!!! - o monstro grita em meu ouvido fazendo eu fica cada vez mais louca com isso 

- Pare por favor!! - coloco a mão em minha cabeça 

Antes que o monstro me devore Jimin passa no meio fazendo com que se fure nas garas do monstro mas o monstro logo desaparece deixando o silêncio. 

- Jimin! - seguro em meus braços vendo o sangue desce sobre minha roupa 

- Eu estou bem s/n não se preocupe comigo - tenta se levantar

- Você parece mal, vamos tentar ir a um lugar menos assustador que aqui - o ajudo a se levantar o levanto para fora do orfanato

- Vai precisa de ajuda? - Jhope pergunta depois de muito tempo calado 

- Não Jhope obrigada mas eu vou conseguir sozinha - vou em direção a uma casa que eu me lembro de ter aqui perto. Chegando lá eu abro o portão da casa entrando pra dentro. 

- Que casa é essa s/n? - pergunta olhando pra mim 

- É da amiga da minha mãe quando eu era menor - digo entrando com ele no braço 

- Que bom que recuperou a memória s/n! - fala feliz 

- Também estou feliz Jimin - rio

Nós entramos percebendo que a casa está vazia sem ninguém. Eu levo Jimin ao quarto e deço pra ver se tem kit médico. 

- Talvez tenha na cozinha - digo indo a cozinha 

Quando estava na metade escuto um barulho de pratos quebrando e vou andando bem devagar. 

- Tá tudo bem? - ouço 

- AHHHH - grito 

- Calma sou eu - fala trás de mim 

- Nossa não me assusta! - rio colocando a mão no coração 

- desculpe é que eu escutei o barulho e desci pra ver - coloca a mão no lugar onde dói

Eu vou mas perto vendo que é apenas um gato preto andando pelo armário. 

- Você estava com medo de um gatinho - rir

- Você também estava que eu sei - rio com meu comentário 

- Talvez um pouco - faz cara fofa 

- Sei - eu vejo o kit médico e pego 

Jimin se senta no sofá e eu com cuidado cuido dos ferimentos. Ele fica um momento olhando pra mim. 

- O que foi Jimin? - olho para ele

- Nada eu só estava te olhando desculpe - olha pra baixo 

- Tudo bem Jimin sem problemas, vamos você já está melhor - rio para ele 

O mesmo se levanta e vai até a porta mas eu paro. 

- S/n? - ver que há algo errado 

- Jimin, eu me lembro de quem é você pra mim! - olho nos olhos dele 

- Quem eu sou? - pergunta impolgado 

- Você era meu amigo como já sabe, e eu era muito próxima de você, eu sei que você não se lembra mas eu gosto muito de você como uma pessoa especial - olho pra o mesmo sorrindo 

Jimin fica olhando pra mim pálido.

- O que há de errado Jimin? Está pálido - olho pra ele 

- Mesmo eu não me lembrando de nada eu sei que você significa algo pra mim - fala 

- Que bom Jimin! - sorrio até escutar os sinos e começa a fica tonta 














Ela sempre será atualizada as 22:00hs da noite💛🐱






Notas Finais


Não estou sendo tão vista nessa fanfic, caso você que está lendo este capítulo coloque no comentário que está lendo assim saberei quem está lendo e quem não! Obrigada pela atenção de todos♡;

Até o próximo capítulo💛

Trailer no YouTube:
https://youtu.be/MVGooAbeqp0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...