1. Spirit Fanfics >
  2. Noite chuvosa >
  3. Conversa

História Noite chuvosa - Capítulo 4


Escrita por: sasusaku_y

Capítulo 4 - Conversa


- você está bem? - sasuke finalmente tomou coragem e perguntou enquanto secava suas próprias lágrimas.
- sim, e você? - mentiu passando as costas da mão para secar o rosto
- sim... - eles ficavam nesse joguinho de mentiras. - o que são esses roxos no seu corpo? - tenta tocar e ela se afasta - tudo bem eu não toco, quer que eu te leve numa delegacia? eu sou advogado, posso te ajudar...

Derrepente voltou a chover

- eu estou bem só preciso de um tempo sozinha - ela disse
- não posso te deixar sozinha nesse estado e...
- EU TÔ BEM TÁ LEGAL? - ele afasta sua mão que estava indo em direção a ela - desculpa, desculpa... - ela voltou a chorar e quando ele viu estava abraçando ela - sei que não pode parecer mas também sou advogada - ela saiu do abraço e o olhou -  minha profissão não me ajudou a perceber que eu vivia em um relacionamento...
- abusivo? - ela ficou em silêncio - sinto muito - abraçou ela novamente e depoisse soltaram
- tudo bem... - ela secou as lágrimas - você pode me falar o que houve com você? você também estava chorando - ela o olhou e ele olhou para o chão e ela viu que ele também estava mal
- como você disse, minha profissão não me ajudou muito - pausou para respirar fundo - estamos no mesmo braco - riu fraco soltando o ar dos pulmões
- sinto muito - o abraçou e ele se ficou estático por alguns segundos mas logo correspondeu ao abraço
- tem certeza que não quer que eu te leva para uma delegacia ou para sua casa?
- tenho, eu acho - ela sorriu fraquinho
- quer que eu te leve para minha casa? quer tomar um chocolate quente sei la, podemos nos ajudar, assim fazemos companhia um para o outro - ele não sabia o que estava fazendo, estava convidando uma estranha para sua casa?

eu estou louco?


ele pensou

- mas eu nem sei seu nome - ela arquiou a sobrancelha - vai que você me sequestra, sei la - ele gargalhou
- sei que parece estranho - ela o cortou e disse "muito", ele riu. - mas, vai por mim, não tenho forças para sequestrar ninguém - ela riu
- mais louco que você por chamar uma estranha para sua casa só eu para aceitar - ela negou com a cabeça rindo
- isso é um sim?
- prefiro manter o "talvez", se eu for sequestrada pelo menos dá pra dizer que eu disse não, ou metade de um - eles gargalharam alto e perceberam que estavam sozinhos na rua chuvosa
- eu te daria minha jaqueta mas ela está enxarcada assim como nós  - ele soltou uma risada anasalada
- tudo bem, eu to bem
- vamos então? - ele a perguntou
- talvez - ela riu e ele também, ele começou a andar e ela foi atrás

- chegam- MEU DEUS UM LADRÃO ENTROU NA MINHA CASA? - sua casa estava revirada mas aí ele lembrou que tinha sido ele que derrubou tudo - ah não fui eu que quebrei tudo com raiva - ele riu e ela também fazendo gesto de negação com a cabeça
- você quer ajuda para arrumar? - ela o olhou
- ah, se você não se importar... - ele também olhou
- claro que não, vai fazer o chocolate quente enquanto eu ponho tudo no lugar - ele acenou com a cabeça e foi fazer o chocolate quente enquanto ela arrumava tudo que estava espalhado pelo chão da sala.
algum tempo depois eles terminaram tudo e tomaram seus chocolates quentes
- você quer tomar um banho? - ele perguntou olhando para suas roupas encharcadas
- se não for nenhum incômodo, sim - ela segurou seu braço direito e sorriu levemente
- claro que não, vou pegar uma toalha para você, só um instante - ele saiu até a dispensa e pegou uma toalha vermelhapra ela - toma - ela pegou - o banheiro é na segunda porta a direita - ele ia deixar ela ir sozinha mas a acompanhou para ligar o chuveiro quente - pronto - ela agradeceu e ele saiu para lavar os pratos que sujaram



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...