1. Spirit Fanfics >
  2. Noite chuvosa >
  3. Primeira fase da traição

História Noite chuvosa - Capítulo 5


Escrita por: sasusaku_y

Capítulo 5 - Primeira fase da traição


Assim que Sakura saiu do banho ela se sentou no sofá por que Sasuke insistiu que ela ficasse enquanto ele tomava banho. 

No banho, Sasuke estava muito pensativo.

por que ela está em minha casa? eu só posso estar ficando maluco... - ele pensava 

- Sakura você... - ele pausou ao vê-la

Sasuke se deparou com Sakura dormindo no sofá, ela parecia um anjo, dormia serenamente.

Ele então pegou um cobertor e colocou em cima dela e a deixou dormir tranquila. O homem foi para o quarto e dormiu, sim, ele dormiu com uma estranha em sua casa.

No outro dia, Sakura acordou contra a sua vontade e se deparou com um cheiro forte de cafeína vindo da cozinha.

O que eu estou fazendo na casa do Sasu... Ah é, eu peguei no sono - se lembrou da noite passada

Sakura andou até o cômodo da casa e se deparou com um Sasuke sem camisa e com os cabelos levemente bagunçados, ele fazia o café enquanto olhava alguma coisa no celular.

- Ah, oi Sakura! Eu não quis te acordar então te deixei dormindo - ele disse e ela balançou a cabeça positivamente - Você vai querer tomar café? - ela negou

- Eu preciso ir para casa, mas obrigada pela sua hospitalidade - sorriu carinhosamente 

- Você tem certeza? - ele disse mas logo se repreendeu pois estava recepcionando uma pessoa que nem conhecia em sua casa - Tudo bem, quer que eu te leve?

- Minha casa é próximo daqui, eu vou andando - mentira, a casa dela ficava a seis quarteirões, iria demorar para chegar em casa, mas ela mentiu para não dar trabalho ao homem

- Vem, eu te levo - ele disse sem mais nem menos e desligou o café, saiu da cozinha e pegou as chaves do carro

Eu não sei se posso confiar nele, mas eu não tenho muito o que fazer - pensou enquanto o seguia


Eles entraram no carro e Sasuke deu partida, Sakura o guiou até a sua casa e ele viu que era longe sim, mas não disse nada.

- Pronto, está entregue - ele sorriu vendo a mulher retirar o cinto

- Muito obrigada - ela sorriu pondo um mecha de cabelo atrás da orelha 

Sakura abriu a porta e antes de fechar disse:

- Nos vemos por aí - fechou e saiu

Nos vemos... - ele respondeu em sua própria mente e deu partida no carro


Quando Sakura abriu a porta viu sua casa revirada, o tapete fora do lugar, o sofá estava torto, a porta do quarto entreaberta e algumas coisas no chão. Suspirou ao lembrar do começo da noite do dia anterior e começou a chorar incontrolávelmente, Sakura não tinha para quem ligar, seus pais moravam em outro país, ela não tinha amigos e muito menos amigas. Seu chefe do trabalho não a ajudaria pois ele não era o tipo de homem mais legal do mundo, já tentou topar em sua bunda sorrateiramente, e por fim seus colegas de trabalho não eram muito próximos a ela. Sakura estava sozinha naquela grande casa escura e triste. 

Sakura além de ser tachada como vagabunda por Sasori, uns seis meses antes ela havia descoberto uma traição, ficou em choque mas não disse nada pois o amava muito. Sakura tinha uma grande dependência emocional em cimq dele. Então viver sem ele seria um grande desafio para ela.

Primeira fase da traição: Negação 

Sakura se lembrou da garota que ele a havia traído, uma loira de olhos castanhos ou coisa assim. Sakura não conseguia acreditar nisso, ela tinha dado amor e carinho e ele a traiu?

- POR QUE? - ela gritou sozinha naquela casa fria e triste - por que? eu sempre te dei amor - Sakura andou a passos largos e furiosos até o quarto, chutou a porta que ja estava um pouco aberta e começou a procurar algo de Sasori, achou um perfume. - AAAHHH - jogou o frasco na parede e o quebrou, o cheiro agora invadia todo o quarto, o que a deixava mais brava ainda.

Sakura começou a dar chorar desesperadamente, sua pernas falharam e ela caiu do chão. Sakura não conseguia acreditar naquilo. Na época ela fingiu que não tinha descoberto, mas agora tudo estava claro, ele era um filho da puta, um maldito de um filho da puta.


Sasuke pensou em ir para casa mas decidiu ir direto para a mansão de seu amigo Uzumaki. Naruto morava numa casa tão grande por que morava com a prima Karin.

- Fala aí cara - Naruto levantou a mão e Sasuke bateu e depois eles deram um abraço 

- Não sei o que eu estou fazendo aqui, mas prefiro estar aqui do que na minha casa. - ele disse

- Por que? - Naruto perguntou mas logo lembrou de Sayuri e do rolo que deu na noite passada - Ah, você fala da loira filha da puta?

- Sim, como você ficou sabendo se eu nem disse nada para o pessoal? - Ele disse ao mesmo tempo que eles entravam em casa

- Você acha mesmo que ela ficou calada sobre o término? Fez o maior escândalo - mostrou o celular e abriu os status do WhatsApp da garota - Disse que a Ino era uma vagabunda, prostituta e tudo mais... - Passou uma das fotos e mostrou agora um vídeo que mostrava ela chorando com o rímel escorrendo - E ainda disse que você era um canalha e bla bla bla - Os dois foram em direção a cozinha

- Tsc. Essa garota tem problema, eu nunca a traí, você sabe disso - Ele disse e Naruto acentiu com a cabeça 

- Eu sei, a Ino sabe, todos nós sabemos - Guardou o celular - Mas e você... está bem com isso tudo? - disse olhando-o enquanto fazia sanduíches para os dois

- Sinceramente - Juntou os braços na mesa de mármore e colocou a cabeça sobre eles - Não 

- Eu sinto muito, mas pensa que você não perdeu, você se livrou... aquela garota era um saco, vivia tendo crises de ciúmes, falava mal da Karin, da Ino e até da coitada da Temari... - Disse oferecendo um sanduíche que Sasuke pegou na hora

- Eu sei - mordeu - Mas eu gostava dela taligado? - Falou com dificuldade por que estava de boca cheia 

- Eu entendo - Tentava consolar o amigo

- Mas ontem eu fiz a maior burrice da minha vida, nem sei o que estava se passando pela minha cabeça - riu 

- O que? - ele questionou



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...