1. Spirit Fanfics >
  2. Noite de festa >
  3. Capítulo único

História Noite de festa - Capítulo 1


Escrita por: ItsaDiluc

Notas do Autor


Não sei o que comentar....to morrendo de vergonha por ter escrito isso aqui, só que espero que gostem e é minha primeira que colocar algo apimentado em alguma coisa. E o casal que queria fazer era entre o sukuna e o megumi e acabando dando nisso

A imagem da capa não é de minha autoria, então os créditos vai para o criador ou criadora do desenho.

Capítulo 1 - Capítulo único


Ryomen sukuna se encontrava muito cansado sobre o seu trabalho, ser dono de uma impresa muito grande de modelo estava sendo muito cansativo e quase nem tempo tinha para se divertir com os amigos e isso está o matando. Cada dia vai piorando até que em um dia seu amigo em especial, conhecido por Satoru gojo tinha ido em sua sala para poder saír um pouco juntos e como fazia muito tempo que não saía com o amigo, decidiu que naquele dia ia dar um tempo no trabalho para aproveitar e aceitando de bom grato o pedido dele.

[...]

Já era quase uma 02:52 da manhã e eles estão numa boate, luzes, gritarias, músicas alta e muitas pessoas se pegando que nem condenado, por agora sukuna apenas estava a tomar sua bebida já que gojo o deixou sozinho para ficar nos pegar com o irmão do mais velho, antes deles terem saindo o gojo tinha convido o irmão mais novo de sukuna que aceitou ir e poder ver como está o irmão.

Porém não demorou tempo muito para seu irmão itadori puxar o seu namorado a um canto daquela boate e se pegarem, naquele momento o que era mais importante era a sua bebida, sentia o álcool descendo em sua garganta e era a melhor coisa de sentir.

Distraído sukuna não pode perceber uma presença ao seu lado e só pode perceber quando essa pessoa o tocou pelo o ombro, chamandou, ouvindo uma voz muito conhecida por ele, virou para a pessoa e revelando um garoto de cabelo espetados, olhos azuis e suas roupas ficam completamente boas no garoto, apenas composta por uma camisa branca, calça jeans com pequenos rasgo na mesma e seu costumeiro sapatênis.

- Ah, quanto tempo que não te vejo! - diz o garoto de cabelos pretos santado perto dele que se deixou sorrir.

- Fushiguro! Não sabia que o veria por aqui- comentando recebendo um sorriso de fushiguro megumi que se encontrava ao seu lado - antes que me perguntem como vim para aqui foi a maki veio me convidar junto com a nobara. Daí como tava no tédio vim tentar me divertir e então achei você aqui - gargalo baixo - e já você? Como veio parar aqui? Não era para estar trabalhando? - perguntava, enquanto chamava pelo barman dali e foram atendido rapidamente. 

- Sobre isso- levou a mão apenas a nuca passando a mão por lá- gojo me chamou. Veio me dizer que eu deveria descansar e se divertir, então convidou para esse lugar e aceitei - Deu um gole em sua bebida e fushiguro também já tinha recebido a sua bebida e começou a beber a mesma - E sobre a última pergunta quem está trabalhando no meu lugar é o nanami.

- Tenho dó dele - comenta fushiguro após terminar de beber a sua bebida e com isso fez sukuna rir.

- E como vai indo o seu trabalho? - pergunta ryomen curioso sobre fushiguro e o viu suspira - tá indo de boas. Só as vezes que a maki vem me encher o saco no trabalho para pode saí cedo, me colocando em seu lugar só para se ferrar...- megumi deitou sua cabeça sobre a mesa do barman, porém, deitou virando com o rosto para ryomen.

Ficaram conversando e rindo, como fazia muito tempo que não falavam um com o outro deu para colocar a conversa em dia, o que ocorreu uma aproximação meio que desesperada por eles, seus lábios colados, ambos se beijando com gosto. Um beijo selvagem e pegajoso.

- Sabe... - falou megumi com uma voz sexy e então se aproximou do ouvido do mais velho- a um bom tempo que nós dois não se divertimos juntos, não? - nem esperou uma resposta vinda dele e já estavam saindo daquela boate e indo embora para casa de ryomen.

[...]

Ryomen sukuna tava amando ouvir o garoto de cabelo pretos o chamando, era música para os seus ouvidos, isso simplesmente o deixava louco quando o fudia com fushiguro megumi, não era diferente, gostava de ser tocado e amado pelo de cabelos rosados, ele amava quando o outro ia mais fundo dentro dele.

- p-por f-favor mais r-rápido - pediu ao sentir que iria chegar em seu limite, puxando o mais velho para um beijo apaixonante e que fora retribuído da mesma forma. 

Movia-se mais rápido e mais fundo e masturbando junto o membro do garoto não demorou para ambos gozarem juntos. Megumi sentiu ser preenchido pelo outro e apaixonado e sukuna também não era diferente.

Sukana deitou ao lado dele e puxou o para que poça deitar a cabeça em seu peitoral.

- sabe acho que não vou conseguir andar amanhã...

- poha! Sério que você veio comentar isso! Eu achei que ia dizer "eu te amo", fui um completamente um iludido agora- ambos caíram na gargalhada.

- para de ser idiota! Claro que te amo

- sei esse amor. Esse é amor por meu pau isso sim - Ele apenas sentiu um tapa no peito e riu também caíram no sono.


Notas Finais


Agora vou ali no cantinho morrer de vergonha. Os erros de português serão arrumados e espero que não tenha o incomodado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...