História Noites de prazer ( imagine Jungkook) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hentai, Hot, Jimin, Jungkook, Romance, Taehyung
Visualizações 211
Palavras 1.854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente então vou avisando que o capítulo não tá leve de verdade, então estou avisando para as pessoas que são sensíveis que é melhor pular ou deixar pra lá porquê a fic vai ter muito disso, vai ter muita parte boa também avisando ❤️❤️ LEMBRANDO QUE NÃO ESTOU MOSTRANDO A VIOLÊNCIA DE FORMA POSITIVA E NEM COMO INCENTIVO, É SO UMA HISTÓRIA.
Então boa leitura ❤️

Capítulo 9 - O pior - CAPÍTULO PESADO-


Fanfic / Fanfiction Noites de prazer ( imagine Jungkook) - Capítulo 9 - O pior - CAPÍTULO PESADO-

Acordei e me sentei na cama ainda sonolenta tentando entender onde eu estou, me veio a mente lembranças da noite passada e olhei para o lado procurando Jeon mas ele não estava. E lá eu me encontrava nua de olhos fechados lembrando de cada toque, cada palavra obscena e cada beijo da noite anterior e não pude deixar de escapar um sorriso bobo. Eu tinha finalmente perdido a virgindade e para algumas pessoas não é grande mas para mim era, lembrei-me também de Jungkook perguntando se poderíamos ser um casal normal e bom pensando bem com o tempo eu possa gostar dele. 

Me levantei e vesti uma blusa de Jeon que estava jogada em uma cadeira no quarto , logo aparece o bendito capeta saindo do banheiro com apenas uma toalha enrolada na cintura. Fui até ele para dar um beijo de bom dia e Jeon simplesmente me empurrou para o lado.

Jungkook - Arrume a cama, troque os lençóis não quero esse cheiro de porra na minha cama- Fiquei confusa ao ouvir isso, por que eu tinha que fazer? - Estou indo para o trabalho Jimin está com uma cópia da chave peça o que quiser a ele e tente controlar esses seus hormônios - Provavelmente ele estava se referindo ao quase beijo com o Jimin e o beijo com o Tae, tudo bem ele estava certo.

S/n - Quanto aos lençois, por que a governanta não cuida disso? - Perguntei simples.

Jungkook - Vai questionar tudo que eu mandar você fazer? Só faça isso é uma tarefa que você pode fazer, tente ser menos inútil.

S/n - Fiz algo errado? Está chateado pelo beijo?

Jungkook - Não - Disse seco colocando uma blusa preta e uma calça social na cama, ele parecia  sincero, dei de ombros e fui caminhando até o banheiro - Onde está indo?

S/n - Vou tomar banho, por que?

Jungkook - Quem disse que eu deixei você tomar banho no meu banheiro? Vai ficar grudado esse seu cheiro lá e eu não quero, pegue sua roupa e tome banho no seu quarto. Mas antes tire a roupa de cama, Jimin sabe onde ficam os lençóis.

"Esse seu cheiro" ? O que foi que deu nele? Jeon terminou de se vestir e desceu, logo Jimin entra no quarto.

Jimin - Bom dia S/n, do que precisa? - Disse dando aquele sorriso charmoso de sempre.

S/n - Aparentemente - Respirei fundo, não que eu me importasse de tirar a roupa de cama, mas o modo que ele falou como se tivesse repulsa da noite anterior onde fizemos amor - Roupas de cama, Jeon quer que eu troque.

Jimin - Por que não toma um banho, coloque uma roupa? Deixa que eu arrumo isso aqui - Se aproximou e colocou a mão em meu braço- Você parece um pouco abatida, pode ir. A fique no quarto Jeon não vai gostar de te ver passeando pela casa.

S/n - Tudo bem, obrigada Jimin - Apenas dei um sorriso como agradecimento e fui para o meu quarto.

Entrei naquele cômodo frio e fui para a banheira passando um bom tempo lá, a fome bateu e sai do meu banho um pouco mais relaxada. Coloquei um shortinho de moletom cinza e uma blusa de manga longa preta, coloquei uma calcinha mais confortável e fiquei sem sutiã mesmo. Como sempre dei dois toques na porta e Jimin me acompanhou até a cozinha onde ele mesmo fez o café e serviu a mesa com pães e frutas.

S/n - Já comeu?

Jimin - Já sim, Jeon entretanto nem tocou na comida - Disse em um tom  meio  desapontado com o "amigo''.

S/n - Ele está tão estranho, ontem tivemos uma noite legal e hoje virou outra pessoa- Disse relembrando da sua frieza hoje de manhã.

Jimin - Desculpe desaponta-la mas ele não virou outra pessoa ele só voltou ao seu normal.

Jimin estava certo ou ele só estava irritado a segunda opção é o que eu quero aceitar. O café passou, eu e Jimin continuamos a conversar, pela primeira vez eu fui ao jardim que eu nem sabia que existia.

Jimin - Aqui é um lugar tão calmo e sereno, gosto de vir aqui para pensar - Ele olhou para o céu um pouco intrigado - S/n?

S/n - Hum? - Murmuro olhando para ele.

Jimin - Ele te forçou a transar ontem? - Perguntou e logo abaixou a cabeça parecendo estar envergonhado, eu senti um tom de preocupação na sua voz talvez por aquele fato anterior.

S/n - Na verdade não Jimin, eu quis- Ele arqueou a sobrancelha em surpresa- Queria perder logo essa bendita virgindade, uma hora ou outra iria acontecer - Digo me deitando na grama verde e olhando para o céu onde as nuvens escondiam o sol.

Jimin - Você era virgem?

S/n - Não era óbvio? - Ele deu uma risada e balançou a cabeça negativamente -Jimin quando eu cheguei aqui eu não tinha nem beijado - Mais uma vez ele gargalhou e murmurou um 'eu não acredito' - Não pense que eu era uma santa eu só me satisfazia sozinha.

Jimin - ... Eu não sabia desse seu lado safado - Disse em meio às risadas.

S/n - Ata viu Senhor Jimin, você nunca se masturbou ? - Ele me olhou incrédulo.

Jimin - É claro, mas nenhuma menina já disse isso para mim.

S/n - Acho que nos meninas temos vergonha de admitir, só isso.

Jimin continuou conversando comigo até a noite onde acabamos assistindo um filme e adormecemos no sofá. Acordo com o barulho da porta abrindo e eu esperava que era o Jeon, fui andando rápido até ele com Jimin ao meu lado. Quando chegamos até a porta lá estava Jungkook aos beijos com uma loira alta, Jimin olhou para meu rosto que tinha um semblante triste e me lançou um olhar de pena. Jimin fez um barulho para anunciar que eles não estavam sozinhos e Jeon apenas olhou com indiferença para mim.

Jungkook - Jimin saía! - ChimChim como apelidei apenas pegou na minha mão e apertou de leve e saiu- Por que não está no seu quarto?

S/n - Estava assistindo filme com Jimin e adormeci no sofá , quem é ela Jungkook?

Jungkook - Quando eu te dei a liberdade de ser tão informal? É Sr. Jeon para você e ela é uma mulher linda que trabalha na minha empresa .

S/n - E o que essa "mulher linda que trabalha na sua empresa" está fazendo aqui? - Perguntei irritada ele tava beijando aquela vadia na minha frente e não quer nem disfarçar.

Jungkook - Você fala como se a casa fosse sua, não que seja da sua conta mas ela veio dar pra mim, satisfeita ? - Aquele filho duma puta, ontem ele diz que queria gostar de mim e agora vai fuder essa loira? A mas não mesmo.

S/n - Ela vai dar pra você? - Pergunto já querendo explodir - Ontem você me disse que queria ser como o casal do filme o que aconteceu hein ? Eu me entreguei a você e você fingi que não é nada? - Ele olhou pra mim e sorriu .

Jungkook - Você não é nada, aquele papo foi pra comer essa sua bocetinha virgem só isso - Se aproximou de mim e levantou meu queixo, eu estava em estado de choque e lágrimas insistiam em cair pelo meu rosto - Saiba o seu lugar nessa casa, eu vou te comer quantas vezes eu quiser, se eu mandar você vai obecer é simples- Sorriu mais umas vez- Ontem não valeu de nada então hoje eu preciso me satisfazer com essa gostosa, você realmente não tem talento pra... 

Antes que ele pudesse terminar a frase eu dei um tapa em seu rosto tão forte que fez ele virar para o outro lado, eu já não aguentava mais aquela humilhação e a loira assistia tudo olhando para mim com desprezo.

Loira - Você está bem Kook ? - Ela pergunta chegando perto de Jungkook e ele murmurou um "suba " ela estaria indo para o seu quarto.

Assim que ela saiu de nossas vistas, Jungkook olhou bem no fundo dos meus olhos e tentei correr sabendo que eu iria me ferrar de um jeito horrível. Esse plano foi por água a baixo, ele puxou meu cabelo para trás me fazendo cair de costas.

S/n - Jungkook.... Por favor - Ele me ergueu a altura de seus olhos e me devolveu o tapa no rosto arrancando um grito de mim - Jungkook... Eu te imploro não faça nada - Eu chorava tanto que parecia que eu estava caminhando para a morte ou uma surra violênta.

Jungkook - Você vai aprender de uma vez o que você significa nessa casa- Eu gritava " Eu já sei ,um nada "  mas ele continuou - Acho que você ainda não entendeu.

Ele me arrastou pelo cabelo até a porta do  meu quarto, Jimin tentou interferir mas não adiantou . Jungkook fechou a porta e eu me encolhi no quanto do quarto.

Jungkook - Venha aqui - Ele pegou uma cadeira e tirou seu cinto de couro-  ANDA  ou vai ser pior - Eu andei até ele chorando e pedindo a Deus para ter piedade de mim - Tira a roupa - Fiz o que ele pediu rápido e fiquei de calcinha já que estava sem sutiã- QUANDO EU DISSER TIRA A ROUPA É PARA TIRAR TUDO CARALHO - Ele rasaga a minha calcinha me deixando totalmente exposta para ele.

Jungkook se levantou e ficou atrás de mim e quando eu murmurei um 'por favor' ele meteu o cinto nas minhas costas me fazendo cair de joelhos chorando. Deu a volta e ficou na minha frente e meteu o cinto contra meus seios. Ele desistiu do cinto, parece que ele queira me dar uma lição para eu nunca mais ia esquecer.

Jungkook - De quatro - Fiz o que ele me pediu esperando alguns tapas porém ele abriu sua calça e tirou junto com a cueca - Se você tá achando que isso vai ser prazeroso está muito enganada, quer dizer pra mim vai.

 Ele entrou com tudo na minha entrada traseira e eu gritei, gritei para ele parar, àquela dor era de mais e Jungkook estava colocando tanta força que eu nem sei de onde ele estava tirando tanta raiva. Ele continua por tanto tempo que eu já estava sem forças para nada, as lágrimas em meu rosto secaram e eu nem gritava mais, parecia tudo anestesiado. Finalmente ele gozou na minha bunda e me jogou no chão e o alívio foi grande.

Jungkook - Se você acha que acabou sua vagabunda está muito enganada- Ele me largou lá no chão frio e saiu.

Não conseguia me levantar, Jimin depois de algumas horas entrou no quarto olhando se eu ainda estava viva depois de tanto gritar. 

S/n - Sai daqui, ele vai ver  na câmera e vai descontar tudo em você Jimin.

Jimin - Que se foda, espera um minuto.

Jimin pegou um cobertor e me enrolou no mesmo me pegou no colo como um bebê e me pôs na cama. Depois voltou com água e remédio que era pra dor segundo ele, me deu um beijo na testa e saiu. E o pior daquela noite foi ouvir os gemidos super altos de Jeon Jungkook e a loira. 



Notas Finais


Então pessoal pesado ( lembrando que é uma história ficcional, mas a violência está presente em mtos relacionamentos).
A s/n tadinha ainda vai sofrer muito mas o troco depois vai ser mil vezes pior.
Beijo no coração de vocês 🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...