1. Spirit Fanfics >
  2. Noites Encantadas... >
  3. Amor Único e Belo...

História Noites Encantadas... - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, escrever pelo celular não é tão ruim, o problema é o corretor que não me ajuda kkkkk
Boa leitura.

Capítulo 22 - Amor Único e Belo...


Max...

Eu não tinha motivo para temer, afinal, eu estava apaixonado e não me importava com as pessoas, então por que teria medo da minha primeira vez? Affs, eu nunca imaginei que ficaria tão nevorso, mas era a hora...

-

3 meses atrás...

-- Eu te amo, me desculpe, eu sei, estraguei tudo. Nós somos melhores amigo e e...- Não me seguro, pego a cabeça do homem em minha frente e a puxo para um beijo.

Me separo sem ar, vendo o rosto corado em minha frente.

-- Eu também te amo, Colosso-- Digo e sinto lagrimas em meus olhos, que são limpadas por ele.

-- Eu acho que foi uma boa ideia eu ter pego o Animalizador.-- Minhas lagrimas sao substituidas por risadas, afinal, a tarde foi muito engraçada.

-- Foi ótima-- Falo e puxo seu rosto para mais um beijo.

Tempo atual...

E agora, cá estou eu, sentado sem roupa em minha cama, esperando o ser descer as escadas.

Haviamos preparado tudo para a noite, eu estava muito feliz até ver a hora se aproximar, agora, só queria sair correndo.

Todos haviam saido para uma viagem, eu havia fingido febre para ficar em casa. Colosso disse que me cuidaria se Hank transformasse ele em humano e agora aqui estamos nós, se preparando.

-- Colosso, desce logo!-- Grito nervoso.

-- Já vou, Maxy.-- Maxy, o apelido carinhoso que ele havia me dado.

Eu balançava minha perna sem parar e o Colosso não me ajudava com a demora.

-- Tô descendo!-- E a minha respiraçao acelera, ao ver o ser totalmente nu em minha frente.

A minha vontade era desmaiar e acabar com todo o plano, mas eu não poderia.

-- Está tudo bem?-- Colosso pergunta se sentando ao meu lado,  começando a massagear as minhas costas. 

Que vontade de dizer "não".

-- Não precisa ter vergonha-- Ele tira as minhas mãos de cima do meu membro.-- Até que é grandinho.-- É aí que eu olho para o seu, engolindo em seco. 

Sinto sua mão massageando meu membro, começando a me excitar.

-- Hoje você vai para o céu-- Sinto meu corpo arrepiar ao ele falar em meu ouvido.-- Mesmo sendo um diabinho-- A ela altura, eu já estava com o membro totalmente ereto-- Eu vou fazer você gritar-- Meu coração estava mais rápido que o do Billy-- Eu vou te transformar em uma putinha-- Eu gemo e fecho os olhos, acabando poe gozar em sua mão.

Vejo ele levar a mão até a boca e a lamber.

-- Deita!-- Colosso pede e eu obedeço, recebendo ele por cima de mim, que me ataca em um beijo com volúpia.

Ele desce a boca para meu pescoço, começando a chupar, enquanto sua mão direita, vai em direção ao meu membro, começando novamente os movimentos.

-- Aahn-- Gemo ao sentir uma mordida em meu pescoço, logo vendo uma mancha de sangue no local que ele havia mordido.

-- Me desculpe.-- Ele fala me dando um selinho-- Mas vai ter que aguentar.-- Ele fala me dando uma risadinha que me causa medo.

Ele desce os beijos para o meu colo, descendo até meu peito e brincando com os pelos do mesmo. 

-- Adorei.-- Ele fala começando a beijar todo o meu peitoral, indo em direção à barriga--Você é perfeito-- E ele chega em meu membro, lambendo a glande.

--Ahhhs-- Faço ao sentir ele colocar tudo na boca, começando a chupar com vontade, me levando a loucura que eu tanto queria.-- Meu Deus...-- Eu me contorcia por inteiro, absorvendo mais e mais do momento-- Eu acho...Eu a...-- Eu gozo com tudo em sua boca, ficando com um sorriso maior que a cara depois.

-- Parece que alguém está gostando.-- Ele fala subindo em cima de mim e segurando as minhas duas pernas, de uma forma que a entrada ficasse a mostra para ele ir.

Suspiro em medo ao ele se arrumar para entrar.

-- Calma, eu não vou te machucar.-- Colosso fala e eu sinto a cabeça entrando.

-- Ainns-- Sinto ele pegar o meu membro-- Colosso, para!-- E ele entra tudo, fazendo com que eu me arrependa.

-- Calma, Max.-- Colosso fala pegando meu rosto e selando nossos labios-- Pense em coisas excitantes e logo a dor irá passar.-- Eu não sabia se iria passar, mas se fosse para essa dor no cu passar, eu faria.

E Colosso começa a se movimentar, abrindo mais e mais as minhas pernas.

-- Colosso, minhas pernas não abrem mais!-- Grito e ele começa a rir, sem se importar com as minhas lagrimas.

Colosso chegava a fazer com que a cama batesse contra a parede, indo mais do que rápido.

-- Ahhnn-- Gemo em satisfação.

-- Não tá mais doendo?-- Ouço Colosso perguntar mas não digo nada, apenas pego o meu proprio membro e começo a me mastubrar.

-- Vai mais rápido!-- Falo e Colosso atende, indo mais rápido que antes, provocando gemidos altos vindos de nós dois.

-- Max, eu vou gozar!-- Colosso grita e eu almento os movimentos em meu membro-- Ahhhgggnnn!!!-- Colosso goza tudo dentro de mim, sendo seguido por eu, que gozo em seu peito.

Colosso se joga em meu lado, respiração acelerada, assim como eu.

-- Te amo.-- Colosso fala depoia de um minuto e eu o olho, com um sorriso enorme.

-- Também te amo-- Falo indo até ele e colocando minha cabeça em seu peito-- Eu te amo de mais-- Nunca pensei que fosse dizer isso...

-- Promete que sempre vai me amar, até se descobrirem?-- Levanto minha cabeça e olho em seus olhos.

-- Meu amor por você é único e nada pode acabar com ele.-- Falo lhe dando um beijo cheio de amor, um beijo que eu sempre daria, porque eu amo essa criatura. 





Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...