História Noivo Cadáver - Jikook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Jeon Jungkook, Jikook, Jimin, Jungkook, Kamaitachi, Kookmin, Morte, Noiva Cadáver, Park Jimin, Yaoi
Visualizações 91
Palavras 260
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Necrofilia
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Vamos se ver no final, sim? Indico escutar a música Noiva Cadáver do Kamaitachi! Boa leitura.

Capítulo 1 - Noivo Cadáver


Fanfic / Fanfiction Noivo Cadáver - Jikook - Capítulo 1 - Noivo Cadáver

Jungkook abraçava o corpo frio do garoto que tanto amava, aproveitando a sensação que antes era quente e agora era congelante.

Segurava na cintura delicada do garoto, que se encontrava com o rosto que antes era vivo apoiado em seu ombro. Uma música calma tocava, e Jeon só aproveitava para se remexer com delicadeza no ritmo desta.

“Eu te abraço

Como se você estivesse vivo*

Eu danço com seu corpo nessa noite sempre fria”

Selou a bochecha do outro, admirando o olhar deste. Sempre foram tão belos, e mesmo sem o brilho de antes ainda estavam maravilhosos.

Com delicadeza, botou sentado o corpo mole na poltrona, se agachando na frente deste e observando o rosto delicado de seu garoto. Era tão belo... O maior não conseguia parar de admirar ele.

“A lua tão brilhosa que reflete a nebulosa

No seu olhar

E seu olhar

Tão fixado nos meus olhos

Que meus olhos não param de admirar

E adimirar

Que mesmo estando morto* sua beleza continua aqui

No mesmo lugar”

E então, apoiado na coxa bonita de seu namorado morto, Jungkook chorou. Chorou como nunca havia chorado.

A culpa o corroía, mas sabia que era melhor para seu amado menino na qual era apaixonado loucamente ficar longe deste mundo cruel.

Iria sentir saudades da voz, do sorriso, do brilho no olhar... Mas tudo bem, aquele era o melhor para seu amado menino.

“O meu menino* é um anjo

Só fiz questão de devolver pro céu

Pra tentar livrar desse mundo sujo, imundo

Pra tentar livrar desse mundo tão cruel

O meu menino* é um anjo

Só fiz questão de devolver pro céu

Pra tentar livrar desse mundo sujo, imundo

Pra tentar livrar desse mundo tão cruel”


Notas Finais


Eu chorei escrevendo essa one-shot! Foi bem curtinha gente, desculpa :(
Mas espero que tenham gostado. Me sigam nas minhas redes sócias, estão todas no meu perfil, sim? Amo vocês <3

Aliás, faz tempo que não apareço aqui KKKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...