1. Spirit Fanfics >
  2. Noona, você tem namorado? >
  3. Único

História Noona, você tem namorado? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Meu deus, hoje é dia 24/03/2020 vocês sabem o que quer dizer????? SIM HOJE FAZ 1 ANO DE 3RACHADAS OMG MEU CLÃ, MINHA GANGUE, MINHAS NAMORADAS, ESPOSAS, TUDO!!!!!

OK! Eu escrevi uma one pra comemorar esse dia inspirado na música "WOW" dos 3racha, cujo, nossa inspiração pra gangue desde o nosso primeiro couple 😔✊

ster de changbin, samantha de jisung e luiza de chan, amigoskkkkkkkkkkkkkkk foram tantas coisas que aconteceram em 1 ano entre nós três que não sei o que nos faz permanecer, só sei que não me arrependo de ter conhecido elas e criado um laço de amizade, eu amo essas meninas af

boa leitura! 💖

Capítulo 1 - Único


Caminhar pelos bairros de Seul nunca foi tão divertido quando hoje, agora.


Chan, Changbin e Jisung seguiam descaradamente uma moça que havia saído de uma loja de roupas. Sacolas em ambos os braços, um sorriso encantador e um corpo de tirar o fôlego.


Tudo nela era perfeito, desde os fios de cabelo até os sapatos que usava. Mas, o que se destaca mesmo na moça bonita era sua blusa cinza.


Jisung nunca havia visto uma blusa tão linda como aquela e, estava ainda mais perfeito nela, somente nela.


— Hyung, Hyung, Hyung…! — Jisung cutucava o ombro de Changbin afoito e mal se importava se ele iria levar um soco no olho. — Olha ali, olha ali, ela é muito bonita. Wow eu realmente quero namorar com ela!


— Onde?


— Ali, ali, ali.


— Cadê?


— A vestida de cinza, a de cinza, a de cinza!


— Wow…! — Risos de Chan e Changbin se mesclavam ruborizando as bochechas de Jisung até se tornarem vermelhas e coradas.


— Ele é quente… ela é linda. — Os três amigos falam em uníssono.


Foi aí que os três perceberam estar paquerando a mesma moça.


— Bó! — Changbin fechou as mãos, fazendo os outros dois entenderem.


— PEDRA, PAPEL, TESOURA! — gritaram, tomando impulso com as mãos e jogando-as com a posição escolhida.


Os 2Chan, jogaram pedra, enquanto Jisung…


— É muito fácil ganhar de você, Jisung. Você sempre joga tesoura. — Changbin riu


— Pipipi popopo.


Jisung sentiu mãos empurrarem suas costas e ele voou da cadeira até em frente a menina parada. Sugou o ar pelas narinas e encheu o peito soltando tudo se uma vez com sua frase mediana.


— Com licença, noona, mas você por acaso tem namorado?


 Jisung viu a menina levar um pequeno susto e seus lábios bem desenhados se abriram, mas nada saiu. Ele percebeu que havia a deixado chocada. 


— M-me desculpe, acho que fui muito direto… eu só estou nervoso, então digo essas coisas sem sentido… eu ainda estou no ensino médio e tenho 18 anos e a última coisa que a noona quer é um empata foda, mas em questão de segundos eu pensei muito sobre isso. Eu vou focar em te entregar o meu coração inexperiente, mas estou suando tão frio que pareço ter voltado nos meus anos de um aluno do fundamental. 


Jisung encarava os olhos da sua noona com tremenda paixão e desejo, sentindo um calafrio sobre seu corpo e pelos olhos mareados da menina sabia que ele havia feito efeito, mesmo que fosse uns 10 por cento.


— De cima a baixo, meus olhos não saem de você. Suas curvas perfeitas e os caras te perseguem e te provocam.


Jisung perdeu a voz.


Com um sorriso de lado, de repente a noona vê o amigo do dongseng se aproximar.


Pelo crachá grudado na farda escolar que um dia já pertenceu a ela pode ver. Seo Changbin.


— Me desculpe, ele deu em cima de você e você deve estar cansada, mas ele ainda é um pintinho. Essas crianças idiotas que não desgrudam de você, aish. 


Ele protesta intrigado ainda mantendo o olhar com o da bela moça. 


— Eu não ligo para cabelos longos, mas os seus são totalmente diferentes. O jeito que você me mede e finge que não liga pra mim, me atiça e eu me sinto apaixonado por você. Se topar, poderá ser minha Fiona e eu serei seu Shrek, um casal estiloso e swag. Posso me fazer de sonso para deixar que a senhorita cuide de mim como se fosse a minha dona. Andaremos na rua com um tapete vermelho embaixo de nossos pés e todos sentiram inveja de você. 


— Meninos na puberdade e seus instintos. Tsc.  


Chan chegou com as mãos no bolso e parou ao meio de seus meninos. 


— Vou te salvar desses meninos encrenqueiros, minha posse é tão alta quanto de um prédio, esses dois vivem em minhas custas, mas eu não ligo… eu sou um Hyung legal que tem muito pra gastar. Posso te levar a um restaurante de classe alta. Jantaremos uma completa refeição hoje, gosto de coisas quentes, me diga, você gosta quente também? Para uma boa impressão, deixe-me abrir a porta pra você. O homem de ferro está por aí, mas eu sou melhor que o Tony.


— Exibido… — Jisung e Changbin murmuram...


Notas Finais


Até logo! ~ Niny. 🐰

to: @Seung_mean is samantha and @WONDERLA4ND is luiza


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...