História Nopau - O Nosso Santo Bateu - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Big Brother Brasil
Tags Bbb18 Nopau Breno Paula
Visualizações 291
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Inicio de tarde turbulenta


 

“O que às vezes chamam sedução, chamo competência.
Porque capacidade, habilidade, inteligência e sinceridade
nas relações... Isso também seduz.”

Paula. Pov

Estávamos apenas conversando amenidades depois de ter almoçado

Teteto- quer dizer que as duas estão solteiras?

P- sim! Vai dizer que também estão?

Jordan- só não o Danillin o resto

B- é noix padrin

Danillo- olha a ruiva do banheiro não, fica ai

Jes- ruiva do banheiro?

Teteto- é resenha de uma menina que o Breno pegou uma vez, ai ela apaixonou e não larga do pé dele, nas festas bebe e acha de ir conversar com ele no banheiro

B- tipassim a menina é doida, misericórdia! Quero mais nada com ela não, tenho outros planos...

Ergui os olhos e ele estava me encarando com aquele olhar quente, sustentei seu olhar firmemente e molhei os lábios que ficaram secos de repente. Vi que ele seguiu o movimento da minha linga e meu sangue esquentou, fazendo meus batimentos se acelerar. Nem vi quando Teteto perguntou algo

P- Oi, me desculpa eu estava com os pensamentos longe . Oque perguntou?

T- eu perguntei se você tem algum apelido?

Ele me olhava divertido, eta será que perceberam essa troca de olhares? Se bem que não fui nada discreta

P- bem, minha irmã me chama de Paulinha, quando era mais nova eu não gostava muito, mas acabei acostumando

B- Paulinha, eu gosto, acho que vou adotar também

Sorri tomando um pouco do suco

P- todos vocês podem, já considero meus amigos

Jor- ta ai, gostei!

 Teteto-  vixx! Foi falar diabo  

Todos olharam na mesma direção que ele, Ana Clara entrava no restaurante junto com Marmohd e uma morena que não conhecia

B- misericórdia

Ouvi Breno continuar resmungando coisas que não estava entendendo, na verdade não estava entendendo nada, mas resolvi não perguntar nada

Jes- bom, acho que aqui já deu né? Hora de ir

B- oque que essa demonia quer meu paiterno?

Danillo riu e eu fingi que não ouvi respondendo a Jes

P-  exatamente, afinal sábado é só depois de amanhã  

Antes que nos levantássemos Ana se aproximou da mesa com uma cara meio estranha, mal falou comigo e ao outros que estavam na mesa, pois seu objetivo era ter uma conversa séria com o Breno.

P- te espero lá fora

Tinha que voltar com ele já que havia deixado o carro na empresa

Teteto- eu também vou indo! Até mais, prazer te conhecer Jessica

J- digo o mesmo

B- até mais povo

Jordan- até

Danillo- fica esperto padrin

Revirei os olhos saindo logo atrás de Jessica

P- vai de que Jes?

Jes- o Jordan vai me deixar lá

P- ahh tá certo, tchau!

Danillo- vou ficar aqui com você, pra não finar sozinha

P- obrigada!

Sorri pra ele que sorrio de volta

Danillo- minha namorada vai gostar de você

P- Sério? Tenho que conhecer ela

Danillo- sábado eu apresento vocês duas

Breno saiu com o rosto um pouco vermelho, devia ser pelo nervosismo

B- partiu?

P- sim, vamos

D- tchau

P- tchau Danillo

B- ate mais padrin

Voltamos pra empresa e eu percebi a secretaria um pouco nervosa na recepção, no mesmo instante ela nos avisou que uma das sócias queria conversar com nós dois, que era muito importante e que ambos não íamos gostar nenhum pouco.

Entramos na nossa sala encontrando ela sentada e bastante séria.

B- o que aconteceu?

Marta- e algo um tanto desagradável, mas acho que deve alerta-los antes que vocês ouçam por ai pelos corredores  

P- mas oque é?

Marta- agora no almoço surgiu o boato que Paula só conseguiu a vaga aqui por estar dormindo com você

 Dizer que havia ficado espantada com aquilo seria mentira, pois já tinha ouvido coisas parecidas algumas vezes...

P- chega a ser inacreditável que as pessoas pensem dessa forma ainda

B- a senhora sabe quem espalhou esses comentários?

Breno estava visivelmente nervoso

Marta- sim, a secretaria do Claudio

Breno- me desculpe por isso Paula

P- você não tem culpa, afinal você apenas me cedeu um espaço aqui

Marta- verdade

B- você sabe que é inveja, ela não tem a sua capacidade e nem metade da sua beleza

Marta sorrio de canto e eu estava adorando os elogios   

Marta- bom, acho que devem conversar com ela... Vou indo

P- obrigada por nos avisar

Marta- nada

A senhora saiu da sala fechando a porta e eu me sentei na minha cadeira

B-  ela esta falando por ai que pelo fato de irmos almoçar juntos todos os dias

P- ela acha que ao invés de irmos almoçar nós...

Não acabei o raciocínio, a imagem de nós dois na cama veio forte em minha mente e eu senti meu rosto arder

B- sim, não é difícil imaginar que isso passa pela mente de algumas pessoas, afinal você e uma mulher desejável

Humm quer dizer que me acha desejável

 Nesse momento Carlos entrou todo sério e rígido

Carlos- antes que fossem me procurar ou procurar a Vanessa e tirar tudo a limpo, eu resolvi manda-la embora, afinal isso aqui e um escritório de respeito e eu não admito esse tipo de coisa

Paula- ok, talvez uma boa conversa esclareceria as coisas, mas se resolveu fazer assim

B- é, afinal a secretaria era sua

Carlo- justamente, peço desculpas por qualquer constrangimento... Irei avaliar as próximas candidatas

P- certo

Ele deu meia volta e saiu fechando a porta

P- que inicio de tarde e esse, misericórdia!

B- tipassim primeiro uma louca que não tenho mais nada vem atrás de mim, e agora essa outra doida...

Não aguentei e ri dele, ele riu também

B- você ficou de boa mesmo com essa historia?

P- não acho normal saírem falando sobre a vida pessoal das pessoas, mas eu já ouvi esse tipo de comentário... Tipo, ah ela só conseguiu porque a família tem dinheiro, ou só conseguiu porque é bonita e por ai vai

B- as pessoas são sem noção demais padrin   

 

 


Notas Finais


Gostaram da Paula narrando?

Querem que continuem assim?

Próximo é o padrin <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...