História Norgatha - Amor entre mundos diferentes - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias ParaNorman
Personagens Agatha "Aggie" Prenderghast, Alvin, Courtney Babcock, Mitch Downe, Neil Downe, Norman Babcock
Tags Paranorman Norgatha
Visualizações 27
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora gente! Prometo que o próximo cap saí mais cedo!
Boa leitura!! ;3

Capítulo 6 - Quem dera....


Pov Norman 

Minha visão está embaralhada e eu não consigo ver quase nada mas ai vejo uma luz e aí consigo encherga direto e a primeira coisa que vejo é dois pares de olhos azuis ne olhando preocupados

???: Norman? Vc está bem? - quando olho bem vejo que é Agatha -

- S-sim.... Eu estou bem onde estou? - olho ao redor do quarto e vejo que é um quarto feminino, tinha a cor rosa claro com pinturas abistratas de todas as cores possíveis também tinha uns bichos de pelúcia uma Tv com vídeo-game e alguns jogos em um balcão em baixo da Tv, eu estava em uma cama de solteiro com lençóis rosas com detalhes brancos que ficava perto de uma janela e do outro lado da cama tinha um criado mudo onde tinha uma fotografia, um abajur e com Notebook da cor roxa e em frente da cama tinha um armário e do lado do armário uma porta que suponho levar ao banheiro -

Agatha: No meu quarto, meus pais saíram com meus irmãos então não tive que falar sobre vc estar desmaiado - falou ela e ..... Agora que eu percebi eu estava só de calça sem blusa e meu peito estava enfaixado assim como meus dois braços e minha testa e também percebi que..... MINHA CABEÇA ESTAVA NO COLO DA AGATHA!!!! -

Tentei me levantar mas senti uma dor e mãos macias femininas me deitando delicadamente novamente onde eu estava, suspirei estava tão confortável ali..... Meu Deus! Eu sou um tarado!

Agatha: melhor vc descansar.... Já liguei pro seus pais e disse que vc se machucou escorregando na biblioteca fazendo alguns liros caírem em vc - falou Agatha e eu fiquei impressionado ela pensa bem rápido.... Pera mas.... -

- Como vc conseguiu o número de meus pais? - perguntei a fitando -

Agatha: É-é que e-e-eu .... - ela ficou meio acanhada e vi que ela corou desviando o olhar, ela deve ter pegado minha agenda -

Coloquei minha mão em sua bochecha e fiz ela me olhar 

- Vc pegou minha mochila certo? - perguntei e ela surpresa cora mais e assentiu - não se preocupe, mesmo tendo nos conhecido ainda hj sinto que nos conhecemos a anos atrás e consequentemente confio em vc - falei e nós dois coramos -

Agatha: O mesmo - falou e logo soltamos uma risada -

PI PI PI

Parecia o carro do meu pai! Me levantei com a ajuda da Agatha, tentei fazer ela desistir mas ela insistiu, e após pegar minha mochila descemos as escadas com cuidado(Eu ainda estava sem camisa *-*) e fomos pra fora da casa e era realmente meu pai e minha mãe, minha mãe saiu preocupada do carro ao me ver mancando 

Mãe: Filho! Vc está bem?! 

- Sim mãe, estou melhor - falei fitando Agatha que devolveu o olhar corada ,não sei por que mas amo fazer ela corar! -

Mãe: Me de sua mochila - ela pegou minha mochila e olhou pra Agatha e sorriu - obrigado por cuidar dele querida -

Agatha: Não foi nada - respondeu ela sorrindo, minha mãe sorriu ainda mais e logo voltou pro carro para a gente se despedir - Tem certeza que não quer minha ajuda para ir pro carro? - perguntou ela preocupada e eu sorri tentando acalma-la o que parece ter funcionado -

- Não se preocupe já estou bem melhor graças a vc - falei e ela corou levemente - obrigada Agatha... - falei a fitando intensamente e ela devolvia o olhar -

Agatha: De nada..... - nós nos aproximámos mais já podiamos sentir a respiração um do outro até que meu pai buzinou e tivemos que nós separar - t-tchau! - ela me deu um beijo na bochecha e dessa vez fui eu quem corei -

- Tchau... - falei sorrindo e fui pro carro e assim que fechei a porta fomos embora -

Pai: Sua namorada? - pergunta ele ainda olhando pra estrada -

 

 

 

 

- Quem dera....- sussurrei fitando a janela -

 

Continua....


Notas Finais


Obrigado por tudo meu Deus! Espero ter uma noite tranquila e graciosa!
Bye Bye!! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...