História Nós dois e você - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chankaisoo, Chansoo, Kaisoo, Poliamor baeksoo
Visualizações 134
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiee galera !
Demorei quase uma semana para atualizar mas voltei .

Boa leitura ~

Capítulo 7 - Eu posso soletrar , cê ' quer ?


Fanfic / Fanfiction Nós dois e você - Capítulo 7 - Eu posso soletrar , cê ' quer ?

NÓS DOIS E VOCÊ 

      EU POSSO SOLETRAR,  CÊ ' QUER ?

 NARRADORA POV'S《


Yifan era a unica companhia de Kyungsoo naquele lugar . O chinês sabia do grande apreço que o outro tinha pelo tal Kim MinSeok,  o qual o havia traído da pior forma possível.  Eles caminhavam lentamente até o túmulo do Kim , mesmo com toda a insistência do chinês em dizer que o outro não merecia ,Kyungsoo insistiu em colocar no túmulo deo Kim pelo o menos um pequeno buquê de copos de leite, para o antigo "amigo". Palavra está que se tornou escassa na opinião do Do .

Yifan tentava de todas as formas levar adiante uma conversa com Kyungsoo,  mas este outro estáva sempre imerso em seus obscuros pensamentos.  O Do olhou para as flores em sua mão,  há eram lindas , igual ao sorrido do falecido Kim . Ele escolheu copos de leite , pois assim como , rosas brancas , lisiantos, crisântemos e lírios brancos , a flor de copo de leite , simbolizava a pureza,  a paz e a calmaria que só ela exala .

O menor abaixou-se e colocou o buquê sobre o túmulo do Kim. Kyungsoo,  não guardava mágoa,  raiva ou qualquer sentimento ruim,  apenas o sentimento de saudade do outro . O Do , respirou fundo e fechou os olhos deixando as palavras fluirem por si próprias.

"Oi Min hyung , tudo bem com você? Sabe , eu não estou mais tão decepcionado contigo,  pelo contrário,  eu sinto muito a sua falta . Todos nós erramos , todos nós pecamos e todos nós temos uma parcela de culpa em alguma coisa , eu vivo dizendo isso para o Yifan. Você errou feio comigo , mas eu resolvi lhe perdoar , você pode ter errado , mas eu nunca irei esquecer de tudo o que você fez por mim . Espero que algum dia quando nos encontrarmos de novo , tudo possa ser esclarecido . 

Eu trouxe para você esses copos de leite, eles me lembram muito o teu sorriso,  a sua aura invejável,  a sua alegria sem fim e essa sua personalidade banal que me fazia tão feliz . Poxa , por quê você tinha que ter me deixado ?"

O chinês ouvia tudo achando as atitudes do Do as mais nobres . Quem em sã consciência perdoaria alguém que tentou o matar ? Apenas Kyungsoo mesmo para ter um coração tão puro assim . O Do foi na direção do Wu e se aconchegou nos braços do outro deixando lágrimas silenciosas escorrerem por seu rosto . Um pigarrelo foi ouvido e logo as dois olharam na direção a qual veio o som se deparando com Byun Baekhyun. 

"Eu ainda não acredito no que vejo"

"Quem é você?" O chinês pergunto olhando o Byun de cima a baixo. 

"Sou Byun Baekhyun,  namorado de Kyungsoo "

"Ex-namorado , Baekhyun "

"Você me deixou para ficar com esse cara ?"

"Soo , vamos embora ?"  Yifan vem do o clima que estava se instalando no local tentou apaziguar tudo caminhando com o menor junto a si .

"Não irá me responder Kyungsoo?"

"Baekhyun, eu não lhe devo satisfação alguma "

"Mas eu sou o seu namorado e-"

"Ex-namorado,  eu posso soletrar isso , cê' quer ?"

O Byun puxou abruptamente o braço de Kyungsoo o puxando para si , fazendo Yifan revirar os olhos de tédio,  será que na vida de Kyungsoo tinha alguém normal igual a si ? O chinês, apenas neutralizou o Byun e saiu as pressas juntamente de Kyung daquele local .

[...]

"JongDae , espero que você faça o serviço melhor do que seu namoradinho de merda " o Kim olhava para o senhor a sua frente com cautela,  analisando cada expressão do outro . Ele não podia falhar ném se quisesse , era questão de vida ou morte .

[...]

Chanyeol andava abruptamente por aquele saguão olhando tudo minuciosamente,  procurando um único defeito se quer , JongIn assistia tudo com tédio.  Para ele não fazia sentido algum aquilo tudo . Tudo bem que era uma festa de comemoração e tudo mais , mas a mania de perfeição do Park o enchia a paciência de todas as formas .

"Chanyeol,  está tudo nos conformes,  as mil maravilhas,  então para de ver defeito onde não tem !"

"Ah não?! Olha só aqueles arranjos ali , e aquela cortina ridícula que não contrasta nada com os tons de marfim das toalhas de mesa ."

"Cansei , se você quer passar o resto do seu dia aqui faça bom proveito , eu vou atrás de algo melhor para fazer" 

O Kim deixou para trás um Chanyeol,  irritado e carrancudo ,  balbuciando palavras quaisquer para si . Ele saiu daquele estabelecimento chato e caminhou por aquelas ruelas e casas que ali residiam . Era engraçado como a simplicidade daquele lugar o acalmava mesmo ele sendo alguém que normalmente aprecia apenas riquezas inestimáveis,  pessoas da mais alta classe , coisas de luxo , pessoas bonitas , essas coisas , poderia se encantar por aquela simples paisagem modificada pelo homem.  

O que o Kim nunca parou para pensar era que , as coisas mais simples são as mais importantes,  as mais especiais,  as mais inesquecíveis , como um simples pôr do sol de uma tarde qualquer de outono , ou então a alvorada,  que todos os dias preenchia a vida de pessoas de todos os níveis sociais , com suas cores mescladas que originavam mais outras várias cores marcantes.  O simples não serve apenas para ser apreciado , como também serve para ser vivido , coisa que nunca foi ensinado ao Kim muito menos ao Park .

Pobres coitados , a felicidade não se encontra apenas em bens materiais,  como também em pessoas. O Kim continuou a andar por toda a extensão de uma daquelas ruelas até chegar em um café qualquer que ném se quer tinha aquela fachada maravilhosa a qual estava acostumado , entrou no estabelecimento e se sentou numa mesa a qual ficava mais para o meio do estabelecimento.  A atenção do Kim , se voltou para as astrelicias que enfeitavam aquele lugar exótico.  Por fora o café parecia um lugar banal , mas por dentro era simplismente um local de várias belezas , as pessoas  a sua volta não se importavam com a sua presença,  era como se ninguém ali o conhecesse.  A cima da mesa , havia um vaso até bonitinho com uma florzinha delica . O Kim não entendeu qual era o lance do borrifador até um garçom o explicar e anotar seu pedido . 

JongIn pegou o borrifador e borrifou de leve água naquela florzinha , que o fez ficar de boca aberta . Ao entrar em contato com a água  a flor perdia sua cor e deixava a mostra apenas as suas "veias" . Ela era parecida com o mais fino cristal de vidro que já havia visto de tão delicada que era .

"Realmente uma dádiva"

Seu café expresso havia chegado, o Kim bebericou com calma a bebida apreciando o gosto doce com um toque meio amargo descer por sua garganta , apreciando seu paladar . 

Uma fina garoa se fazia presente fora do estabelecimento, o Kim passou a língua sobre os lábios e chamou o garçom.  Depois de tudo pago o Kim foi embora,  prometendo a si mesmo voltar naquele estabelecimento pelo o menos uma vez por semana .

CONTINUA...


Notas Finais


Ficou curtinho mais a gente releva né? Bjs e não deem uma de leitor fantasma.
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...