1. Spirit Fanfics >
  2. Nos Mínimos Detalhes. >
  3. Uma rosa murcha.

História Nos Mínimos Detalhes. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


A história antiga foi apagada, e repostada da maneira correta.

(Desculpe os erros, a história não foi revisada.)

Capítulo 1 - Uma rosa murcha.


Fanfic / Fanfiction Nos Mínimos Detalhes. - Capítulo 1 - Uma rosa murcha.

Ok, vamos lá. Eu apaguei a outra história por um motivo.

O enredo, era baseado em uma série, e não em mim.

Então, eu vou escrever aqui, sobre mim. Sobre como eu me sinto.

Vamos por parte, ta bom?




• tristeza.




Uma aulinha sobre "tristeza".

Bem, eu não acho que preciso falar sobre isso. Todos nós sentimos não é?

Eu vou falar sobre como eu me sinto. Tudo bem?

Ok... Tristeza... Parece que todos os fatores que nos machucam se tornam um, e acaba que o peso e o sentimento fica quatro vezes pior.

As vezes, o sentimento de tristeza é mútuo. Você pode se sentir triste sem motivo, sem um "Por que". Nem sempre precisa de um motivo pra você estar triste, as vezes você só sente.

E esse sentimento é tão ruim. Ele pode contribuir pra tantos fatores. Tantas coisas...

E nem sempre você vai saber explicar. As vezes você quer explodir e mandar todo mundo ir tomar no cu, ou você pode se encolher e chorar.

Ultimamente tudo me abala. Desde séries, palavras e até objeções.

E as vezes, é preciso desejar desaparecer, pra que entenda que não pode.

Mais e a dúvida? E a dúvida de "Eu posso? Eu posso ser feliz de novo? "
E a vontade de descobrir se isso é verdade?

Isso te mata. Te mata devagar.

E pode ser que você já se sinta triste faz tempo, e nem percebeu. Procure em sua mente, e volte um pouco.

Pense nas vezes que algumas palavras pequenas te abalaram, ou que atos insignificantes foram extremamente significantes pra você.

Então você vai ver que esse sentimento não é novo.

E que ele te da a mão já faz um bom tempo.

Ele só se intensificou, e ficou pior com o tempo.




• Mudanças de humor.



O meu humor parece a natureza.

Esta mudando constantemente.

Um dia pode ser ótimo, perfeito e maravilhoso, e no outro, eu posso desejar estar morrendo.

Um dia eu poso levantar cedo, tomar banho, lavar o cabelo, pintar, dançar, escrever capítulos para as minhas histórias, fazer a comida e sorrir muito.

No outro, eu posso acordar com uma dor no peito, olhos inchados, e olheiras fundas. Eu posso me levantar e ir pra outro lugar, apenas pra me deitar novamente, por que não sinto vontade de fazer nada. Eu posso colocar os fones de ouvido com uma música calma e lenta, encontrar a melhor posição pra apenas dormir, e não fazer nada.

O meu humor varia em acontecimentos.

Eu posso estar bem o dia todo, mais isso pode mudar em um certo momento.

Acontece.

As vezes, uma conversa me deixa mal, e quem sabe vontade de chorar.

Ultimamente, eu só sinto vontade de chorar. Sim, chorar. Eu só sinto vontade de chorar até engasgar.

E quem sabe, eu não faça isso quando estou sozinha no quarto de madrugada.

Meu cérebro tem um arquivo especial, em que ele separa tudo o que me faz mal, e me mostra com o decorrer dos meus pensamentos.

E se você procurar, você vai ver que já sentia isso faz tempo.

Esses sentimentos ruins de mudança de humor.

Só ficou pior com o tempo.


• Solidão.



O sentimento de se sentir sozinho.

E que te assombra mais que tudo.

Talvez esse seja o motivo principal que me levaria ao suicídio. Não, eu não vou fazer isso.

Mas se eu fosse, eu teria certeza que seria por causa da solidão.

Você pensa em não ter ninguém. Uma pergunta, você tem com quem contar sobre você? Você tem com quem falar sobre seus sentimentos e sobre o que você sente? Tem?

Bom, nem sempre você tem. As vezes não pode falar com seus pais, amigos, ou seja o cacete que estiver com você.

Você não pode.

Se sentir sozinho é horrível. Você não tem com quem compartilhar a sua dor. E o que você faz? Você guarda tudo pra si.

Com medo de julgamentos e hipocrisias.

Então esse é o sentimento de se sentir sozinho. Não sozinho fisicamente. Você pode ser a pessoa com mais amigos possível, mas pode se sentir sozinho sentimental mente, e psicológica mente.

E se você procurar, você vai ver que já sentia isso faz tempo.

O sentimento da solidão e de estar sozinho.

Só ficou pior com o tempo.



• Baixa alto estima, e insegurança.



Você começa a acreditar que não é o suficiente pras pessoas, e que não é bom.

Pensa sempre em que o seu único amigo pode te abandonar, e você perca a única pessoa que te entendia.

Ou você pode achar que não tem uma beleza aceitável.

Isso te causa coisas terríveis. As vezes, que te leve a ter Anorexia, e que te leva novamente a tristeza.

A baixa alto estima está em vários fatores, e te leva a muitas coisas.

E se você procurar, você vai ver que já sentia isso faz tempo.

Ela só vai ficando pior com o tempo.



Depressão.


A depressão se arrasta sobre você silenciosamente, no começo você escolhe lutar pelas pequenas coisas, mas normalmente escolhe ignorá-las.

É como uma dor de cabeça que você insiste em dizer que é temporária, vai passar, que é só mais um dia ruim

Mas não é. Você está preso nesse estado mental.

Você se acostuma a colocar uma máscara social e continuar a viver em meio as pessoas, porque é isso que você tem que fazer.

É isso que os outros fazem.

No entanto o problema não passa, e você luta pra levantar todo dia, e começa a ficar mais difícil a cada dia.

É ai que você caia mais fundo, e é ai que você vai se afastando aos poucos da fmília e amigos, e as vezes isolando-se completamente deles.

Toda a satisfação vai embora.

E as pequenas coisas que te alegravam são agora sem importância, e até as tarefas mais simples tornam-se dolorosas, e é ai que começa a faltar motivação.

Porque continuar tentando se nada te faz feliz?

Tudo te faz sentir-se ainda pior e você se vê preso em um círculo vicioso.

Subitamente você se encontra vivendo em câmera lenta.

Os dias se tornam Indistinguíveis.

É apenas um ruído branco, apenas um peso preenchendo a sua cabeça e se derramando sobre seu corpo.

Você sente que nunca será feliz novamente.

Você continua a recuar e destruir relacionamentos.

Você se envergonha de tudo o que fez, e de tudo que não fez.

Há uma parte de você que quer fazer as coisas direito, uma súbita positividade o faz querer sair e encontrar as pessoas, mas tudo passa rápido, porque você sabe que não vai funcionar de qualquer maneira.

Coisas que deixam seus amigos animadoso deixa indiferente, e você fica ciente do imenso abismo entre vocês.

Outro fracasso não é opção, então no fim você decide ficar sozinho na sua zona de conforto, onde ninguém faz nenhuma pergunta.

A baixa autoestima e a falta de propósito tornam-se insuportáveis.

Você finalmente percebe que não pode viver desse jeito, e duas coisas podem acontecer:

Ou você decide buscar ajuda, ou pode vir a tentar suicídio.



Ninguém sabe como você está se sentindo realmente. Ninguém sabe como eu estou me sentindo realmente.

E me sufoca ter que guardar todos os sentimentos pra mim.

Não ter ninguém pra falar:

"Hey, eu sou Assexual, e Arromântica! "

"Eu me sinto triste. "

"Eu me sinto solitária"

"Eu me sinto mal"

"Eu tenho depressão."

E isso é tão difícil, que nem sempre você consegue suportar. Nem sempre você consegue ser forte.

E tudo bem!

Por que a escolha de ser feliz é sua. 


Notas Finais


Agora entendem como eu realmente me sinto, e não só eu, mais várias pessoas.

Vou deixar o link de um vídeo, por favor, assistam.

https://youtu.be/PhbjucNfI6Y


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...